Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/1050
Title: Monitoramento de células experimentais de resíduos sólidos urbanos quanto a aspectos físico-químicos e microbiológicos.
???metadata.dc.creator???: ARAÚJO, Elaine Patrícia.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: MONTEIRO, Veruschka Escarião Dessoles.
???metadata.dc.contributor.referee1???: MORAIS , Crislene Rodrigues Silva.
???metadata.dc.contributor.referee2???: BARBOSA SOBRINHO, Ariosvaldo Alves.
???metadata.dc.contributor.referee3???: MELO, Marcio Camargo de.
???metadata.dc.contributor.referee4???: PAIVA, William de.
Keywords: Físico-químico;Células experimentais;Resíduos sólidos;Microbiológicos;Biodegradação;Microrganismos;Monitoramento;Physical-chemical;Experimental cells;Solid wastes;Microbiological;Biodegradation;Microorganisms;Monitoring
Issue Date: 30-Jan-2015
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: ARAÚJO, E. P. Monitoramento de células experimentais de resíduos sólidos urbanos quanto a aspectos físico-químicos e microbiológicos. 2015. 122 f. Tese (Doutorado em Ciência e Engenharia de Materiais) – Programa de Pós-Graduação em Ciência e Engenharia de Materiais, Centro de Ciência e Tecnologia, Universidade Federal de Campina Grande, Paraíba, Brasil, 2015.
???metadata.dc.description.resumo???: O estudo com células experimentais de Resíduos Sólidos Urbanos (RSU) permite avaliar a degradação dos diferentes tipos de resíduos sólidos por meio da ação dos microrganismos bactérias e fungos totais em um curto período de tempo, ao contrário do que ocorre em aterros sanitários tradicionais. Assim, o objetivo dessa pesquisa foi realizar o monitoramento de células experimentais de RSU quanto a aspectos físico-químicos e microbiológicos, preenchidas com resíduos da cidade de Campina Grande-PB, com o intuito de avaliar a eficiência dos processos degradativos. Para isso, realizou-se a construção, preenchimento e monitoramento de 2 (duas) células experimentais localizadas na Universidade Federal de Campina Grande (UFCG). Essas células foram preenchidas com RSU da Cidade de Campina Grande, coletados em locais e quantidades previamente selecionadas. As células foram instrumentadas com medidores de temperatura e recalque ao longo da profundidade, piezômetro e dreno de gás, além de 12 pontos de coleta de resíduos. Os períodos de monitoramento foram de: outubro de 2009 a outubro de 2011 na célula experimental I e de setembro de 2011 a setembro de 2013 na célula experimental II, onde amostras de resíduos sólidos foram retiradas de cada camada (superior, intermediária e inferior) para realização das análises físicoquímicas e microbiológicas. Foram realizadas análises de granulometria do solo para compor as camadas de base e cobertura, composição gravimétrica, volumétrica, pH, sólidos voláteis, teor de umidade, cloretos, alcalinidade, ácidos voláteis, precipitação e evaporação, contagem de bactérias aeróbias e fungos totais de acordo com normas e metodologias adaptadas com o propósito de observar o processo de degradação nas diferentes células experimentais. De acordo com os resultados obtidos verificou-se que as composições gravimétricas e volumétricas realizadas, nos diferentes períodos de tempo, foram típicas de cidades em desenvolvimento, com elevados teores de matéria orgânica e que o desenvolvimento dos parâmetros pH, alcalinidade, teor de umidade, concentrações de ácidos voláteis, sólidos voláteis e cloretos favoreceu o crescimento dos microrganismos bactérias aeróbias e fungos totais, em ambas as células estudas propiciando comportamento semelhante dos microrganismos, ao longo do tempo de monitoramento. Observou-se que os teores de pH nas duas células experimentais monitoradas foram favoráveis no crescimento desse grupo de bactérias e que os resíduos sólidos urbanos encontram-se em estágio avançado de degradação. A redução dos sólidos voláteis em todos os níveis de profundidade das células experimentais indicou a degradação da matéria orgânica. Pode-se concluir que as fases de degradação nas células experimentais I e II ocorreram de maneira mais rápida quando comparadas a aterros sanitários em decorrência da área/superfície ser maior que o volume dos resíduos, o que facilitou a interação do meio ambiente com atividade enzimática dos diferentes grupos de bactérias e fungos totais presentes nas diferentes camadas das células experimentais.
Abstract: The study with experimental cells of Municipal Solid Waste (MSW) allows evaluating the degradation of the different types of solid waste through the action of the microorganisms bacteria and total fungi in a short period of time, unlike what occurs in traditional landfills. Thus the objective of this research was to carry out the monitoring of experimental cells of MSW as the physical chemical and microbiological aspects, filled with waste from the city of Campina Grande-PB, in order to evaluate the efficiency of degradative processes. For this, realized the construction, the fill and monitoring of two (2) experimental cells located at the Federal University of Campina Grande. These cells were filled with RSU of the City of Campina Grande, collected in places and amo unts previously selected. Cells were instrumented with temperature gauges and repression along the deep, piezometer and gas drain, beyond 12 points of waste collection. The monitoring periods were: October 2009 to October 2011 in the experimental cell I and from September 2011 to September 2013 in the experimental cell II, where solid waste samples were taken from each layer (upper, middle and lower) for realization of the physicochemical analysis and microbiological. Were realized soil granulometry analyzes to compose the layers of the base and cover, gravimetric composition, volumetric, pH, volatile solids, moisture content, chlorides, alkalinity, volatile acids, precipitation and evaporation, the count of aerobic bacteria and total fungi of agreement with standards and adapted methodologies in order to observe the degradation process in the different experimental cells. According to the results obtained it was found that the gravimetric and volumetric compositions realized, in the differents time periods, were typical of cities in developing, with high contents of organic matter and that the development of the parameters pH, alkalinity, moisture content, concentrations of volatile acids, volatile solids and chlorides favored the growth of the microorganisms aerobic bacteria and total fungi, in both studied cells providing similar behavior of microorganisms, during the monitoring time. It was observed that the pH levels in the two experimental cells monitored were favorable in the growth of this group of bacteria and that municipal solid waste are at an advanced stage of degradation. The reduction of volatile solids in all depth levels of the experimental cells indicated the degradation of organic matter. It can be concluded that the degradation stages in the experimental cells I and II occurred more rapidly when compared to landfills due to the area/surface be greater than the volume of waste, facilitating the interaction of the environment with enzymatic activity of different groups of bacteria and total fungi present in the different layers of the experimental cells.
Keywords: Físico-químico
Células experimentais
Resíduos sólidos
Microbiológicos
Biodegradação
Microrganismos
Monitoramento
Physical-chemical
Experimental cells
Solid wastes
Microbiological
Biodegradation
Microorganisms
Monitoring
???metadata.dc.subject.cnpq???: Engenharia de Materiais e Metalúrgica
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/1050
Appears in Collections:Doutorado em Ciência e Engenharia de Materiais.

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ELAINE PATRÍCIA ARAÚJO – TESE (UAEMa) 2015.pdf3.53 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.