Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/10991
Title: Tratamento de resíduos sólidos perigosos contendo cromo através do processo de estabilização por solidificação.
Other Titles: Treatment of hazardous solid waste containing chromium through the solidification Portland cement.
???metadata.dc.creator???: SOUSA, Wellison Andrade de.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: BRITO, André Luiz Fiquene de.
???metadata.dc.contributor.referee1???: SOUZA, Wilton Lopes de.
???metadata.dc.contributor.referee2???: MUNIZ, Ana Cristina Silva.
Keywords: Resíduos Sólidos;Estabilização;Solidificação;Cimento Portland;Cromo;Resíduo Sintético;Resíduo Perigoso;Contaminantes;Solid Waste;Stabilization;Chrome;Synthetic Waste;Hazardous Waste;Contaminants;Solidification;Portland Cement
Issue Date: Sep-2010
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: SOUSA, Wellison Andrade de. Tratamento de resíduos sólidos perigosos contendo cromo através do processo de estabilização por solidificação. 2010. 93f. (Dissertação) Mestrado em Engenharia Química, Programa de Pós-graduação em Engenharia Química, Centro de Ciências e Tecnologia, Universidade Federal de Campina Grande - Campina Grande - Paraíba - Brasil, 2010.
???metadata.dc.description.resumo???: A estabilização por solidificação e usada como uma alternativa para transformar o resíduo perigoso (Classe I) em não perigoso (Classe IIA ou IIB), antes de dispor em aterro sanitário industrial. O objetivo do trabalho sera realizar o tratamento de resíduos sólidos perigosos contendo cromo pelo processo de estabilização por solidificação. O trabalho foi dividido em três etapas, na primeira o resíduo solido sintético contendo cromo foi produzido e classificado como perigoso (Classe I). Na segunda etapa, foi realizada a estabilização por solidificação do resíduo solido perigoso, com seus tratamentos contendo cromo, e avaliados através dos ensaios de integridade/durabilidade e imobilização dos contaminantes. Na terceira etapa foi determinada a rota de destinação do material estabilizado por solidificação. Neste trabalho foi adotado o planejamento 22 com 3 pontos centrais, os fatores adotados foram porcentagem de resíduo solido sintético e tempo de cura. Para o fator porcentagem de resíduo foram adotados 5%, 12,5% e 20% (ponto central 12,5% de resíduo), para o fator tempo foram adotados 1, 4 e 7 dias de cura (ponto central de 4 dias). Os resultados mostraram que o resíduo solido sintético produzido, contendo o metal cromo foi classificado como material perigoso (Classe I), estando acima do limite máximo permissível, para o ensaio de lixiviação, segundo a Norma Brasileira de Resíduos (NBR 10.005) [ABNT, 2004]. Apos o tratamento o material estabilizado por solidificação, passou de perigoso (Classe I), para não perigoso (Classe II), sendo avaliado através do ensaio de solubilização como Classe IIA (não inerte). Os materiais foram aprovados no ensaio de integridade/durabilidade, atingindo resistência a compressão acima de 10 MPa para todos os corpos de prova. Na eficiência de retenção do metal pesado cromo, os resultados mostraram-se satisfatórios, com retenção para todos os tratamentos acima de 99%. Segundo o protocolo de avaliação o material final foi classificado como estabilizado por solidificação com restrição.
Abstract: Solidification stabilization is used as an alternative to transform hazardous waste (Class I) into non-hazardous (Class IIA or IIB) before disposal in an industrial landfill. The objective of this work will be to treat hazardous solid waste containing chromium by the solidification stabilization process. The work was divided into three stages, in the first one the solid solid waste containing chromium was produced and classified as hazardous (Class I). In the second stage, solidification of the hazardous solid waste with its chromium-containing treatments was performed and evaluated by integrity / durability tests and immobilization of contaminants. In the third stage, the destination route of the solidified stabilized material was determined. In this work we adopted planning 22 with 3 central points, the factors adopted were percentage of synthetic solid residue and cure time. For the percentage factor of waste were adopted 5%, 12.5% ​​and 20% (central point 12.5% ​​of residue), for the factor of time were adopted 1, 4 and 7 days of cure (central point of 4 days). The results showed that the solid residue synthetic metal containing chromium metal has been classified as a hazardous material (Class I), being above the maximum allowable limit, for the leaching test, according to the Brazilian Waste Standard (NBR 10.005) [ABNT, 2004]. After treatment the material stabilized by solidification from hazardous (Class I) to non-hazardous (Class II), being evaluated by solubilization assay as Class IIA (non-inert). The materials have passed the integrity / durability test, achieving compressive strength above 10 MPa for all specimens. In heavy metal retention efficiency chrome, the results were satisfactory, with retention for all treatments over 99%. According to the evaluation protocol the final material was classified as stabilized by restriction solidification.
Keywords: Resíduos Sólidos
Estabilização
Solidificação
Cimento Portland
Cromo
Resíduo Sintético
Resíduo Perigoso
Contaminantes
Solid Waste
Stabilization
Chrome
Synthetic Waste
Hazardous Waste
Contaminants
Solidification
Portland Cement
???metadata.dc.subject.cnpq???: Engenharia Química
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/10991
Appears in Collections:Mestrado em Engenharia Química

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
WELLISON ANDRADE DE SOUSA - DISSERTAÇÃO PPGEQ 2010.pdf Wellison Andrade de Sousa - Dissertação PPGEQ 2010.9.63 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.