Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/1103
Title: Propriedades fisico-químicas e termofísicas do óleo de sementes de genótipos de mamoneira.
Other Titles: Physico-chemical and thermophysical properties of seed oil of castor genotypes.
???metadata.dc.creator???: ALMEIDA, Katcilânya Menezes de.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: PEDROZA, Juarez Paz.
???metadata.dc.contributor.advisor2???: BELTRÃO, Napoleão Esberard de Macêdo.
???metadata.dc.contributor.referee1???: DUARTE, Maria Elita Martins.
???metadata.dc.contributor.referee2???: MEDEIROS, Everaldo Paulo de.
Keywords: Cultura da mamoneira;Mamona;Óleo de sementes de genótipos de mamoneira;Biodiesel;Castor bean culture;Castor bean genotype seed oil
Issue Date: Feb-2009
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: ALMEIDA, Katcilânya Menezes de. Propriedades fisico-químicas e termofísicas do óleo de sementes de genótipos de mamoneira. 2009. 72f. (Dissertação de Mestrado em Engenharia Agrícola), Programa de Pós-graduação em Engenharia Agrícola, Centro de Tecnologias e Recursos Naturais, Universidade Federal de Campina Grande – Paraíba – Brasil, 2009.
???metadata.dc.description.resumo???: O presente trabalho tem, como objetivo, preencher as lacunas da informação e do conhecimento, no tocante às possíveis variações das propriedades químicas e físicas entre o óleo extraído dos genótipos modernos de mamona, comparando-os a genótipos asselvajados e, como atividades fundamentais, a extração do óleo de três diferentes genótipos de semente de mamoneira, duas cultivares modificadas (BRS Paraguaçu e BRS Energia) e cedidas pela Embrapa Algodão e um genótipo asselvajado encontrado em terrenos baldios, apenas a nível de comparação. As sementes sem qualquer tipo de prétratamento foram submetidas ao processo de extração a frio em prensa mecânica para obtenção do óleo. O óleo foi caracterizado através de análises físico-químicas (teor de água, índice de acidez, índice de saponificação, índice de peróxido e índice de refração) e termofísicas (densidade, ponto de mínima fluidez, viscosidade, calor específico, cinética de congelamento). Os dados foram analisados estatisticamente e, comparados através da Análise de Variância(ANOVA) por Delineamento Inteiramente Casualizado utilizando-se o programa ASSISTAT versão 7.0. As variáveis físico-químicas também foram submetidas à análise de componentes principais através do software Unscrambler 9.7, Camo. Fez-se a cinética de congelamento utilizando-se o programa Statistica, uma regressão não linear seguindo-se o modelo Quasi Newton através de uma equação exponencial, assim como a difusividade. O teor de umidade foi de BRS Paraguaçu, 0,7%; BRS Energia, 1,1% e Asselvajada, 0,9%, considerado-se uma porcentagem alta para óleo de mamona. Para índice de acidez obtiveram-se resultados entre 0,83 e 2,97 mg KOH/g todos, portanto, dentro dos padrões permitidos pela AOCS. Para índice de saponificação os valores foram de 130,2489 a 178,4153 mg KOH/g, próximos à média estabelecida de 180 mg KOH/g. O valor de índice de peróxido máximo obtido entre os óleos foi de 0,78 meq/lOOOg, bem abaixo do máximo permitido (IOmeq/lOOOg). O índice de refração ficou entre 1,4758 e 1,4771. O calor específico encontrado para cada genótipo BRS Paraguaçu, foi 0,2742 cal/g°C; BRS Energia, 0,3653 cal/g°C e Asselvajada, 0,2792 cal/g°C. O ponto de mínima fluidez ficou entre -18,17 a -18,47 °C. Para a variável densidade não foi observado nenhuma interação significativa entre os fatores estudados, ao contrário do que ocorreu para a viscosidade, e foram submetidas a uma análise de regressão da ANOVA através do software SAS. A cinética de congelamento apresentou comportamentos semelhantes para os três genótipos, com definição de apenas uma fase para as temperaturas -29, -100 e -196 °C, e nos genótipos BRS Paraguaçu e BRS Energia à temperatura de -196 °C foi feita uma divisão de fases, apenas para ajustar melhor o modelo à velocidade de congelamento. As difusividades apresentaram o comportamento esperado, aumentando com a diminuição do gradiente de temperatura
Abstract: The objective of this work was to give information in regards to the possible changes in the chemical and physical properties between the oil extracted from the modem genotypes of castor bean, and comparing them with the wild ones and, as fundamental activities, the extraction of the oil from three different genotypes of castor bean, two modified cultivars (BRS Paraguaçu e BRS Energia) and produced by Cotton Research National Center CNPA/EMBRAPA, in Campina Grande - PB, Brazil and other wild genotype caught in a vacant land, just for a standard comparison. The seeds did not receive any pre-treatment and the oil was extracted in a cold process using a mechanic press. The oil was characterized through physico-chemical analysis (water content, acidity index, saponification index, peroxide index and index of refraction) and thermo-physics (density, point of minimum flow, viscosity, specific heat, freezing kinetics). The data were statistically analyzed and compared by analysis of variance (ANOVA) for a randomized design using ASSISTAT program 7.0 version. The physico-chemical variables were also submitted of principal components using Unscrambler 9.7, Camo software. It was make freezing kinetics using statistic program, a non linear regression using Quase Newton model through an exponential equation, as well as the diffusivity. The BRS Paraguaçu humidity content was 0,7%, BRS Energia 1,1% and the wild one was 0,9% considered to be a high percentage for castor oil. Considering the index of acidity the results became between 0,83 and 2,97 mg KOH/g, it means that they are according to the patterns permitted by AOCS. To the saponifications index the values ranged from 130, 2489 to 178, 4153 mg KOH/g closed to the average established of 180 mg KOH/g. The value to the maximum peroxide index among the oils was 0,78 meq/lOOg, lower than the maximum permitted (10 meq/lOOOg). The index of refraction was between 1,4758 and 1,4771. The specific heat found to each genotype was: 0,2742 cal/g°C to BRS Paraguaçu; 0,3653 cal/g°C to BRS Energia and 0,2792 cal/g°C to the wild one. The point of minimum flow ranged from -18,17 to -18,47 °C. In relation to density variable there was no significam interaction between the factors studied, in the contrary to what was observed in the viscosity, and were submitted to regression analysis ANOVA using SAS software. The freezing kinetics presented similar behavior to the three genotypes, with a defmition of only one phase to the temperatures -29, -100 e -196 °C, and to the BRS Paraguaçu and BRS Energia genotypes to the temperature of -196 °C was made a division of phases just to adjust the model to freezing speed. The diffusivities showed the expected behavior, increasing with the decrease of the temperature gradient
Keywords: Cultura da mamoneira
Mamona
Óleo de sementes de genótipos de mamoneira
Biodiesel
Castor bean culture
Castor bean genotype seed oil
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/1103
Appears in Collections:Mestrado em Engenharia Agrícola.

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
KATCILÂNYA MENEZES DE ALMEIDA - DISSERTAÇÃO PPGEA 2009..pdfKatcilânya Menezes de Almeida - Dissertação PPGEA 2009.6.35 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.