Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/11035
Title: Produção de celulases por fermentação semi-sólida em bagaço de pedúnculo do caju utilizando Trichoderma reesei LCB 48.
Other Titles: Production of cellulases by semi-solid fermentation in cashew stalk bagasse using Trichoderma reesei LCB 48.
???metadata.dc.creator???: LINS, Simone Aparecida da Silva.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: OLIVEIRA, Líbia de Sousa Conrado.
???metadata.dc.contributor.referee1???: SILVA, Flávio Luiz Honorato da.
???metadata.dc.contributor.referee2???: OLIVEIRA, Laércio Gomes de.
???metadata.dc.contributor.referee3???: COELHO, Glauciane Danusa.
???metadata.dc.contributor.referee4???: GOMES, Josivanda Palmeira.
Keywords: Bagaço do Caju;Semissólida;Enzima Celulase;Caju;Fermentação;Resíduos Agroindustriais;Trichoderma Reesei;Pedúnculo do Caju;Cashew Bagasse;Semi-solid;Cellulase Enzyme;Cashew;Fermentation;Agro-industrial Waste;Cashew Stalk
Issue Date: Mar-2012
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: LINS, Simone Aparecida da Silva. Produção de celulases por fermentação semi-sólida em bagaço de pedúnculo do caju utilizando Trichoderma reesei LCB 48. 2012. 77f. (Dissertação de Mestrado em Engenharia Química), Programa de Pós-graduação em Engenharia Química, Centro de Ciências e Tecnologia, Universidade Federal de Campina Grande - Paraíba - Brasil, 2012.
???metadata.dc.description.resumo???: As celulases, dentre muitas enzimas, vem se destacando, em diversos nichos de atuação, tais como alimentício, detergentes, farmacêutico, têxtil, celulose e papel e no tratamento de efluentes e resíduos. Atualmente, a maioria das celulases microbianas comercialmente utilizadas são produzidas pela especie Trichoderma, em especial o Trichoderma reesei com capacidade comprovada de produção de enzimas celulolíticas. Estudos vem sendo desenvolvidos com objetivo de produzir essa enzima através de um processo de fermentação semi-solida a partir de resíduos agroindustriais lignocelulósicos, diminuindo assim os custos de produção da enzima, e agregando valor ao resíduo. O objetivo desse trabalho foi produzir celulases a partir do bagaço do pedúnculo do caju utilizando o Trichoderma reesei LCB 48. Foi realizada a caracterização do resíduo visando conhecer a composição química do bagaço do caju com relação aos nutrientes presentes, uma vez o mesmo foi utilizado como substrato durante o processo fermentativo para a produção das celulases. O estudo da produção dessas celulases foi realizado através do planejamento experimental fatorial 22 com quadruplicata no ponto central. O bagaço do pedúnculo do caju lavado inoculado com T. reesei foi avaliado quanto a produção de celulases com teores de umidade iniciais de 45, 55 e 65% e em presença de nitrogênio inorgânico (sulfato de amônio) nas concentrações 0,5, 0,75 e 1%. A fermentação se desenvolveu ao longo de 238 horas durante os quais foram analisados os parâmetros pH, umidade, AR e atividade enzimática expressa em CMCase. Através da caracterização do resíduo do bagaço do pedúnculo do caju confirmou-se que este substrato tem potencial para ser utilizado na fermentação para produção de enzimas celulolíticas, principalmente por ter apresentado um percentual de celulose satisfatório, por que esse e conhecidamente um excelente indutor dessas enzimas. O pico de produção de enzima celulase expressa em CMCase foi obtida com 238 horas sendo esta com o valor de 0,71 U/g (0,095 U/mL), nas condições de 45% de umidade inicial e 1% de fonte de nitrogênio. A utilização da metodologia de planejamento experimental permitiu observar que a umidade inicial do substrato e uma variável determinante na produção das enzimas CMCases, e que o nível minimo de umidade (45%) proporcionou os maiores valores de produção de CMCase.
Abstract: Cellulases, among many enzymes, have been highlighted in several activities niche, such as food, detergents, pharmaceuticals, textiles, pulp and paper and wastewater treatment of effluents and residues. Currently, most commercially used microbial cellulases are produced by the species Trichoderma, in particular, Trichoderma reesei with proven ability for the production of cellulolytic enzymes. Studies have been developed in order to produce this enzyme through a process of solid state fermentation from lignocellulosic agroindustrial wastes, thus reducing the cost of enzyme production, and adding value to the residue. The aim of this work was to produce cellulases from the stalk of the cashew bagasse using Trichoderma reesei LCB 48. Characterizations were carried out aiming at the residue of the chemical composition of the pulp relative to the cashew nutrients, since it was used as substrate for the fermentative process for production of cellulase. The study of the production of cellulase was performed using the 2 factorial design with central point in quadruplicate. The stalk of the cashew bagasse washed inoculated with T. reesei was evaluated for the production of cellulases with initial moisture contents of 45, 55 and 65% and in the presence of inorganic nitrogen (ammonium sulfate) at concentrations 0.5, 0.75 and 1%. The fermentation was developed over 238 hours during which the parameters analyzed were pH, moisture, AR and enzyme activity expressed in CMCase. Through the characterization of the waste bagasse from the stalk of the cashew confirm that this substrate has the potential to be used in fermentation for production of cellulolytic enzymes, mainly because it presented a satisfactory percentage of cellulose, for that is known to be an excellent inducer of these enzymes. Peak production of cellulase enzyme expressed in CMCase was achieved with 238 hours this being with a value of 0.71 U/g (0,095 U/mL), under the conditions of 45% initial moisture content and 1% of nitrogen source. Using the methodology of experimental design allowed us to observe that the initial substrate moisture is a key variable in the production of enzymes CMCases, and that the minimum level of humidity (45%) showed the highest production values of CMCase.
Keywords: Bagaço do Caju
Semissólida
Enzima Celulase
Caju
Fermentação
Resíduos Agroindustriais
Trichoderma Reesei
Pedúnculo do Caju
Cashew Bagasse
Semi-solid
Cellulase Enzyme
Cashew
Fermentation
Agro-industrial Waste
Cashew Stalk
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/11035
Appears in Collections:Mestrado em Engenharia Química

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
SIMONE APARECIDA DA SILVA LINS - DISSERTAÇÃO PPGEQ 2012.pdfSimone Aparecida da Silva Lins - Dissertação PPGEQ 2012.8.87 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.