Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/11315
Title: Prevalência de quedas em idosos cadastrados na Atenção Primária à Saúde.
Other Titles: Prevalence of falls in elderly people registered in Primary Health Care.
???metadata.dc.creator???: RODRIGUES, Danielly Barbosa.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: DANTAS, Rosimery Cruz de Oliveira.
???metadata.dc.contributor.referee1???: BATISTA , Jéssika Lopes Figueiredo Pereira.
???metadata.dc.contributor.referee2???: FREITAS , Fabiana Ferraz Queiroga.
Keywords: Saúde do idoso;Envelhecimento;Quedas;Elderly Health;Aging;Falls
Issue Date: 4-Dec-2019
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: RODRIGUES, Danielly Barbosa. Prevalência de quedas em idosos cadastrados na Atenção Primária à Saúde. 2019. 44f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Enfermagem) - Centro de Formação de Professores, Universidade Federal de Campina Grande, Cajazeiras, Paraíba, Brasil, 2019.
???metadata.dc.description.resumo???: O processo de envelhecimento apresenta diversas singularidades, que são caracterizadas pelas interações estabelecidas entre os processos cronológicos, biológicos, psicológicos e sociais. No idoso, essas condições, favorecem a ocorrência de queda, definida como uma alteração inesperada e não intencional que resulta na mudança do posicionamento inicial do indivíduo para um nível abaixo do normal, resultando em trauma que vai do leve ao grave, podendo ocorrer fraturas e até mesmo o óbito do idoso. O objetivo do estudo consistiu em identificar a prevalência de quedas na população idosa acompanhados pela Atenção Primária à Saúde. Trata-se de um estudo transversal, de abordagem quantitativa que contemplou idosos não institucionalizados, assistidos nas Unidades de Estratégia de Saúde da Família. A amostra foi constituída de 350 idosos, em virtude de problemas logísticos. Análise estatística descritiva, utilizando proporção e média. Projeto aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal de Campina Grande, campus Cajazeiras, parecer sob número 2.517.912. Os dados revelaram que a maioria dos participantes era do sexo feminino (57,1%), da raça/cor branca (50,0%), casado (57,7%), da religião (85,7%). No tocante a quedas nos últimos três meses, 21,4% caíram, dos quais 26,7% tiveram necessidade de hospitalização e 26,7% apresentaram restrição de algum tipo de atividade do seu dia-a-dia em decorrência da queda. Os idosos, principalmente as mulheres, após cair, desenvolvem comportamentos que interferem diretamente na qualidade de vida e nas atividades para o autocuidado e os afazeres domésticos, uma vez que esta é a ocupação da maioria. Além disso, a existência de múltiplas complicações, comprometimento físico, decorrente de fraturas, agravos psicoemocionais e o medo de voltar a cair, são responsáveis por prejudicar a mobilidade funcional do idoso, deixando-os dependentes diante de suas atividades de vida diária. O estudo alcançou resultados satisfatórios, tendo em vista que grande parte dos idosos não apresentaram episódios que quedas nos últimos três meses. Neste cenário, o Enfermeiro tem papel fundamental na promoção e prevenção de saúde quanto aos riscos de quedas em idosos, uma vez que, com seu papel natural de líder, estimula toda a equipe a se envolver nas ações.
Abstract: The aging process presents several singularities, which are characterized by the interactions established between the chronological, biological, psychological and social processes. In the elderly, these conditions favor the occurrence of falls, defined as an unexpected and unintended change that results in the individual's initial positioning being shifted to a level below normal, resulting in trauma ranging from mild to severe, with fractures and injuries. even the death of the elderly. The objective of the study was to identify the prevalence of falls in the elderly population accompanied by Primary Health Care. This is a cross-sectional study with a quantitative approach that included non-institutionalized elderly, assisted in Family Health Strategy Units. The sample consisted of 350 elderly, due to logistical problems. Descriptive statistical analysis using proportion and mean. Project approved by the Research Ethics Committee of the Federal University of Campina Grande, campus Cajazeiras, opinion under number 2.517.912. Data revealed that most participants were female (57.1%), white / race (50.0%), married (57.7%), and religion (85.7%). Regarding falls in the last three months, 21.4% fell, of which 26.7% needed hospitalization and 26.7% had restriction of some kind of daily activity due to the fall. The elderly, especially women, after falling, develop behaviors that directly affect the quality of life and activities for self-care and household chores, since this is the occupation of the majority. In addition, the existence of multiple complications, physical impairment resulting from fractures, psycho-emotional injuries and the fear of falling again, are responsible for impairing the functional mobility of the elderly, leaving them dependent on their activities of daily living. The study achieved satisfactory results, considering that most of the elderly did not present episodes of falls in the last three months. In this scenario, the nurse plays a fundamental role in health promotion and prevention regarding the risks of falls in the elderly, since, with their natural role of leader, encourages the entire team to be involved in the actions.
Keywords: Saúde do idoso
Envelhecimento
Quedas
Elderly Health
Aging
Falls
???metadata.dc.subject.cnpq???: Enfermagem.
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/11315
Appears in Collections:Curso de Bacharelado em Enfermagem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DANIELLY BARBOSA RODRIGUES. TCC. BACHARELADO EM ENFERMAGEM. 2019.pdfDanielly Barbosa Rodrigues. TCC. Bacharelado em Enfermagem. 2019.951.61 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.