Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/11327
Title: Desempenho operacional do módulo 2 da estação de tratamento de esgotos de mangabeira na grande João Pessoa.
Other Titles: Operational performance of module 2 of the mangabeira sewage treatment station in greater João Pessoa.
???metadata.dc.creator???: BARACUHY, Manuela Pontes.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: COURA, Mônica de Amorim.
???metadata.dc.contributor.advisor2???: OLIVEIRA, Rui de.
???metadata.dc.contributor.referee1???: CAVALCANTI, Paula Frassinetti Feitosa.
???metadata.dc.contributor.referee2???: ATHAYDE JÚNIOR, Gilson Barbosa.
Keywords: Lagoas de Estabilização em Série;Remoção de Matéria Orgânica;Remocão de Coliformes Termotolerantes;Estacão de Tratamento de Esgotos - Mangabeira - João Pessoa (PB);Lagoas Anaeróbias;Efluentes;Lagoa Facultativa Secundária;Series Stabilization Ponds;Removal of Organic Matter;Removal of Thermotolerant Coliforms;Sewage Treatment Station - Mangabeira - João Pessoa (PB);Anaerobic Lagoons;Effluents;Optional Secondary Lagoon
Issue Date: Mar-2006
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: BARACUHY, Manuela Pontes. Desempenho operacional do módulo 2 da estação de tratamento de esgotos de mangabeira na grande João Pessoa. 2006. 106f. (Dissertação de Mestrado em Engenharia Civil e Ambiental), Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil e Ambiental, Universidade Federal de Campina Grande - Paraíba - Brasil, 2006.
???metadata.dc.description.resumo???: Este estudo avaliou o desempenho operacional do Modulo 2 da Estação de Tratamento de Esgotos de Mangabeira na Grande João Pessoa (7°10"Sul; 34°49"Oeste), estado da Paraíba, nordeste do Brasil, que foi inicialmente projetado para funcionar com reatores com lodo em suspensão, contando com uma lagoa aerada com mistura completa, seguida por uma aerada facultativa e, por ultimo, uma lagoa de maturação, mas, em virtude de uma nova politica administrativa da empresa encarregada de sua operação, o sistema foi trans form ado e passou a operar com duas lagoas anaerobias seguidas de uma lagoa facultativa secundaria, Amostras do esgoto bruto (EB) afluente e efluentes das lagoas anaerobia 1 (LA1), anaerobia 2 (LA?) e facultativa (LF) foram coletadas semanalmente por um período de oito meses (marco a novembro de 2005), tendo sido analisadas as variáveis pH, DBOs , DQO, oxigênio dissolvido, temperatura, sólidos suspensos, condutividade elétrica, alcalinidade total, acidez total e o indicador de contaminação fecal coliformes termotolerantes. A concentração da biomassa de algas e cianobactérias expressa como clorofila "a", foi determinada em amostras dos efluentes da segunda lagoa anaerobia e da lagoa facultativa secundaria. Também. foi estudada a variabilidade da vazão afluente a LA1 e foram realizados dois estudos com vistas a caracterização das variáveis de qualidade do afluente e dos efluentes do sistema ao longo do ciclo diário. Com os resultados obtidos da monitoração da vazão e da DBOs media (264mg/l) afluente ao Modulo 2, foi possível estimar a vazão media diária de 35,52 1/s, a carga orgânica volumétrica de 57,74gDBOs/m3.dia. valores que estão abaixo dos previstos em projeto para o final do piano, e o tempo de detenção hidráulica real de 28,41 dias para o sistema, que e superior ao de projeto. Essas características operacionais mostram que o sistema esta operando com folga. Com a monitoração foi observado que o desempenho do sistema e compatível com os de outros sistemas regionais (Campina Grande e Guarabira) de configurações semelhantes e que a serie de lagoas anaerobias foi eficiente, sendo que a maior eficiência de remoção ocorreu na primeira lagoa da serie. A mudança promovida na configuração do sistema foi satisfatória, entretanto o efluente ainda não atende as exigências para ser lançado no corpo receptor.
Abstract: This study evaluated the operational performance of the Module 2 of the Sewage Treatment Plant of Mangabeira in the City of Joao Pessoa (7°10"South; 34°49"West), Paraiba state, northeast Brazil which was designed and initially operated with three reactors in series, being the first an aerated pond with complete mixture, followed by a facultative aerated pond and a maturation pond, but, nowadays, as a consequence of a new managing policy, it is made up of three stabilization ponds in series, being two anaerobic and a secondary facultative one. Samples of the influent raw sewage (EB) and effluents of the ponds anaerobic 1 (LAj), anaerobic 2 (LA2) and facultative (LF) were weekly collected during a period of eight months (between March and November 2005), having been analyzed the variables pH, BOD5, COD, dissolved oxygen, temperature, suspended solids, electrical conductivity, total alkalinity, total acidity, and the fecal indicator thermotolerant coliform. Algae and cyanobacteria biomass in terms of chlorophyll "a" was estimated only in samples collected from the effluents of both the second anaerobic and the facultative ponds. Influent flow-rate fluctuations were monitored and two studies on daily variation of variables in raw sewage and pond effluents were also carried out. Based on the flow-rate mean value of 35.52 1/s, the influent BOD5 mean value (264mg/L) and the geometric characteristics of the ponds the actual total hydraulic retention time of 28.41 days and the volumetric organic loading of 57.74gDB05/mJ.dia, for the first anaerobic pond, were estimated demonstrating that the treatment system is still operating underloaded. The analysis of monitoring data showed that the performance of Module 2 was similar to those of regional (Campina Grande and Guarabira) systems with nearly the same configuration. It was, also, demonstrated that from the point of view of the variables analyzed herein the design of two anaerobic ponds in series may improve the general performance of a series of ponds. Therefore, the adaptation of the reactors to a new configuration proved to be satisfactory, however the final effluent doesn't comply yet with the requirements for discharge into receiving water bodies.
Keywords: Lagoas de Estabilização em Série
Remoção de Matéria Orgânica
Remocão de Coliformes Termotolerantes
Estacão de Tratamento de Esgotos - Mangabeira - João Pessoa (PB)
Lagoas Anaeróbias
Efluentes
Lagoa Facultativa Secundária
Series Stabilization Ponds
Removal of Organic Matter
Removal of Thermotolerant Coliforms
Sewage Treatment Station - Mangabeira - João Pessoa (PB)
Anaerobic Lagoons
Effluents
Optional Secondary Lagoon
???metadata.dc.subject.cnpq???: Recursos Hídricos
Engenharia Sanitária
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/11327
Appears in Collections:Mestrado em Engenharia Civil e Ambiental.

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MANUELA PONTES BARACUHY - DISSERTAÇÃO PPGECA 2006.pdf Manuela Pontes Baracuhy - Dissertação PPGECA 2006. 14.5 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.