Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/11470
Title: Avaliação da produtividade primária bruta da caatinga do semiárido paraibano.
Other Titles: Evaluation of the gross primary productivity of the caatinga in the semi-arid region of Paraíba.
???metadata.dc.creator???: SILVA, Karlla Karem da.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: BRAGA, Célia Campos.
???metadata.dc.contributor.referee1???: SILVA , Bernardo Barbosa da.
???metadata.dc.contributor.referee2???: BORGES, Valéria Peixoto.
Keywords: Produtividade Primária Bruta (PPB);Meteorologia de Meso e Grande Escala;Dióxido de Carbono;Sensoriamento Remoto;Gross Primary Productivity (PPB);Meso and Grande Escala Weather;Carbon Dioxide;Remote Sensing
Issue Date: 29-Mar-2019
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: SILVA, K. K. da. Avaliação da produtividade primária bruta da caatinga do semiárido paraibano. 2019. 64 f. Dissertação (Mestrado em Meteorologia) – Pós-Graduação em Meteorologia, Centro de Tecnologia e Recursos Naturais, Universidade Federal de Campina Grande, Paraíba, Brasil, 2019.
???metadata.dc.description.resumo???: A vegetação é uma das grandes responsáveis pela fixação do dióxido de carbono (CO2) atmosférico, que se dá pelo processo de fotossíntese. Esse gás em excesso na atmosfera pode causar um superaquecimento da mesma, consequentemente um desequilíbrio climático no globo. Uma das variáveis utilizadas para quantificar o carbono, que um ecossistema absorve é a Produtividade Primária Bruta (PPB), a qual pode ser estimada através de sensoriamento remoto e/ou por meio de torres micrometeorológicas, utilizando o método Eddy Covariance. Neste contexto, o objetivo deste estudo foi quantificar e analisar a captura de CO2 absorvido pela vegetação caatinga, para duas microrregiões do semiárido paraibano, utilizando dados de sensoriamento remoto do sensor MODIS/Terra e de torre micrometeológica instalada em áreas de caatinga conservada a saber: Área 1 Agreste paraibano na vizinhança de Campina Grande, e Área 2 em Sumé, no Cariri paraibano no período de 2013 a 2017. Para isso, calculou-se a PPB pelo método de Monteith (1972), o qual utiliza como variáveis determinantes a radiação fotossinteticamente ativa absorvida pela vegetação e a eficiência de uso da luz. Em seguida, fez-se a validação dos dados estimados com os medidos na torre micrometeorológica para a Área 1, localizada no Instituto Nacional do Semiárido (INSA) e com o produto MOD17A2H na Área 2. Os resultados obtidos apresentaram maior correlação entre PPB e IVDN estimados na Área 1. Observou-se ainda, que o parâmetro que mais influenciou na PPB foi a precipitação, pois no período estudado a caatinga teve maior emissão do que captação de carbono, possivelmente ocasionado pela baixa precipitação e altas temperaturas. Embora, com pouca condição para fotossintetizar, a caatinga apresentou absorção do CO2, evidenciando assim, sua importância para o controle dos gases de efeito estufa.
Abstract: The vegetation is one of the great responsible for the fixation of the atmospheric carbon dioxide (CO2), which is given by the process of photosynthesis. This excess gas in the atmosphere can cause an overheating of the same, consequently a climatic imbalance in the globe. One of the variables used to quantify the carbon that an ecosystem absorbs is Gross Primary Production (PPB), which can be estimated through remote sensing and / or through micrometeorological towers using the Eddy Covariance method. In this context, the objective of this study was to quantify and analyze the capture of CO2 absorbed by the caatinga vegetation to two microregions of the Paraiba semi-arid region, using remote sensing data from the MODIS/Terra sensor and a micrometeological tower installed in areas of conserved caatinga: Area 1 Agreste in the vicinity of Campina Grande, and Area 2 in Sumé, in Cariri, Paraíba, from 2013 to 2017. PPB was calculated by the Monteith method (1972), which uses as determinant variables the photosynthetically active radiation absorbed by the vegetation and the efficiency of light use. Then, the data were validated with those measured in the micrometeorological tower for Area 1, located in the National Institute of the Semi-Arid (INSA) and with the product MOD17A2H in Area 2. The results obtained showed a higher correlation between PPB and IVDN estimated in Area 1. It was also observed that the parameter that most influenced the PPB was precipitation, because in the period studied the caatinga had a higher emission than carbon capture, possibly caused by low precipitation and high temperatures. Although, with little condition to photosynthesize, the caatinga presented CO2 absorption, evidencing its importance for the control of greenhouse gases.
Keywords: Produtividade Primária Bruta (PPB)
Meteorologia de Meso e Grande Escala
Dióxido de Carbono
Sensoriamento Remoto
Gross Primary Productivity (PPB)
Meso and Grande Escala Weather
Carbon Dioxide
Remote Sensing
???metadata.dc.subject.cnpq???: Meteorologia
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/11470
Appears in Collections:Mestrado em Meteorologia.

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
KARLLA KAREM DA SILVA - DISSERTAÇÃO (PPGMet) 2019.pdf2.42 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.