Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/11475
Title: Estado nutricional e qualidade de vida em idosos institucionalizados com sinais depressivos na cidade de Campina Grande - PB.
Other Titles: Nutritional status and quality of life in institutionalized elderly people with depressive signs in the city of Campina Grande - PB.
???metadata.dc.creator???: PAIVA, Rebeca da Silva.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: DONATO, Nilcimelly Rodrigues.
???metadata.dc.contributor.advisor-co1???: SANTOS, Gracielle Malheiro dos.
???metadata.dc.contributor.referee1???: MELO, Marilia Ferreira Frazao Tavares de.
???metadata.dc.contributor.referee2???: BARBOSA, Mayara Queiroga.
Keywords: Depressão;Estado Nutricional;Idosos;Qualidade de Vida;Depression;Nutritional Status;Senior citizens;Quality of Life
Issue Date: 2014
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: PAIVA,Rebeca da Silva. Estado nutricional e qualidade de vida em idosos institucionalizados com sinais depressivos na cidade de Campina Grande - PB. 2014. 64 fl. (Trabalho de Conclusão de Curso – Monografia), Curso de Bacharelado em Nutrição, Centro de Educação e Saúde, Universidade Federal de Campina Grande, Cuité – Paraíba – Brasil, 2014.
???metadata.dc.description.resumo???: A atual sociedade vem se preocupando cada vez mais com as condições de saúde, qualidade de vida e nutrição. Porém, com o estilo de vida, podemos observar que as pessoas estão sendo cada vez mais acometidas por doenças psíquicas como a depressão na fase geriátrica, com prevalência maior em idosos institucionalizados, uma vez que acontece o distanciamento da sociedade. Logo, este estudo objetivou-se avaliar a relação entre sinais depressivos, estado nutricional e qualidade de vida em idosos institucionalizados, residentes no asilo São Vicente de Paulo, na cidade de Campina Grande- PB. A subamostra deste estudo foi composta por 13 idosos portadores de sinais depressivos. Todos os participantes responderam o questionário Escala de Depressão Geriátrica (GDS) e nos momentos posteriores, os idosos foram submetidos à avaliação antropométrica: peso, altura, circunferência da cintura (CC) e circunferência do quadril (CQ), e por fim, foi aplicado um questionário para o cuidador do asilo responder com informações pertinentes sobre a qualidade de vida destas pessoas de terceira idade. De acordo com os sinais indicativos de depressão, conforme a escala constatou-se que 61, 4 % apresentavam sinais leves e 38, 4 % severos. Foi observado a maior prevalência de participantes do sexo feminino, na qual a maioria apresentava idade de 71-80 anos (38, 5 %). Foi verificado que 53, 8 % da população de estudo apresentou eutrofia, 27 % com excesso de peso e 18 % com estado de magreza. As pessoas que não apresentaram perda de parentes e amigos foram superiores aos que apresentaram tal perda, com a maior prevalência de eutróficos (38, 4 %). Do total das população, a maioria apresentou renda socioeconômica de um salário mínimo (61, 5 %). Pode-se concluir que são necessários mais estudos relacionados a sintomas depressivos, qualidade de vida e estado nutricional.
Abstract: Society nowadays has been increasingly concerned with health conditions, quality of life and nutrition. However, considering the lifestyle, we can observe that people are increasingly being affected by mental illnesses such as depression in the geriatric stage, with the highest prevalence occurring in the institutionalized elderly, since it implies distancingfrom society. Therefore, this study aimed to evaluate the relationship between signsof depression, nutritional status and quality of life in institutionalized elderly who are residents in the nursing home St. Vincent de Paul (referred to in Portuguese as São Vicente de Paulo), in the city of Campina Grande – PB. A subsample of this study consisted of 13 elderly patients presenting signs of depression. All participants completed the Geriatric Depression Scale (GDS) questionnaire and then the elderly underwent anthropometric measurements,including weight, height, waist circumference (WC) and hip circumference (HC), and finally a questionnairewas applied tothe caregiverresponsible forthe asylum in order to assess relevant information about the quality of life of the seniors. Accordingto the signs indicative of depression basedon the scale,it was possibleto observe that 61, 4% had lightsigns, whereas 38, 4% of the participants presented severesigns. Therewas a higher prevalence of female participants, whoseage rangedfrom 71 to 80 years (38, 5%). It was also found that 53, 8% of the study population showed normal weight, 27% were overweight and 18% presented state of thinness. Participants who did not show loss of relatives and friends were higher than thosewho havefaced such a loss, with the highest prevalence of normal weight (38, 4%). Of the total population, the majority showed socioeconomic income of a minimum wage (61, 5%). It can be concluded that more studies related to depression symptoms, quality of life and nutritional status are needed.
Keywords: Depressão
Estado Nutricional
Idosos
Qualidade de Vida
Depression
Nutritional Status
Senior citizens
Quality of Life
???metadata.dc.subject.cnpq???: Análise Nutricional de População
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/11475
Appears in Collections:Curso de Bacharelado em Nutrição

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
REBECA DA SILVA PAIVA - TCC NUTRIÇÃO 2014.pdfREBECA DA SILVA PAIVA - TCC NUTRIÇÃO 2014851.44 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.