Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/11503
Title: A gastronomia hospitalar como recurso para melhorar a aceitação de dietas infantis de pacientes do hospital e maternidade de Cuité - PB.
Other Titles: Hospital gastronomy as a resource to improve the acceptance of children's diets by patients in the hospital and maternity hospital in Cuité - PB.
???metadata.dc.creator???: SALVIANO, Itana Myrtes Morato.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: RODRIGUES, Raphaela Araújo Veloso.
???metadata.dc.contributor.referee1???: OLIVEIRA, Maria Elieidy Gomes de.
???metadata.dc.contributor.referee2???: BARBOSA, Mayara Queiroga.
Keywords: Gastronomia;Resto Ingesta;Dieta Hospitalar;Gastronomy;Intake rest;Hospital diet
Issue Date: 2014
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: SALVIANO,Itana Myrtes Morato. A gastronomia hospitalar como recurso para melhorar a aceitação de dietas infantis de pacientes do hospital e maternidade de Cuité - PB. 2014. 46 fl. (Trabalho de Conclusão de Curso – Monografia), Curso de Bacharelado em Nutrição, Centro de Educação e Saúde, Universidade Federal de Campina Grande, Cuité – Paraíba – Brasil, 2014.
???metadata.dc.description.resumo???: A gastronomia apresenta-se como uma importante ferramenta a ser utilizada pelos profissionais nutricionistas para melhorar a aceitação de dietas hospitalares, já que dentre os objetivos dessa ciência temos a preparação de refeições saborosas, aproveitando as mais diversas técnicas e métodos de preparo, de modo a melhorar as características sensoriais do alimento. A presente pesquisa objetivou avaliar o impacto da apresentação das dietas sobre sua aceitação pelos pacientes de um hospital municipal da cidade de Cuité/PB. A coleta de dados incluiu análise de 42 dias, sendo 21 dias utilizando a apresentação de dietas padrão (AP) do hospital e 21 dias após a mudança na apresentação das refeições (APEX). Para aferir a aceitação das dietas hospitalares foram mensurados o índice de rejeito e aplicados questionários com escala hedônica para os pacientes. No grupo AP, foi observado que o índice rejeito médio do cardápio A e B foi, respectivamente, 44,22% e 45,97%, sendo o maior valor apresentado 77,92%. Com a alteração para APEX, os valores médios de índice de rejeito (IR) diminuíram para 31,70% no cardápio A e 31,95% no B, sendo que o maior valor apresentado foi de 56,92%. Quanto as respostas nos questionários de aceitação da dieta, com a AP, 90% dos pacientes aprovaram a refeição do almoço e 10% desprovaram, contra 50% que aprovaram e 50% que desaprovaram a refeição do almoço na APEX. Mesmo com a diminuição significativa, os valores de IR após mudança na apresentação das refeições, continuaram acima dos parâmetros considerados aceitáveis. Tais resultados demonstram que outros aspectos podem estar determinando a baixa aceitação das dietas, sendo necessárias intervenções de outras naturezas no intuito de melhorar a ingestão das dietas hospitalares.
Abstract: Gastronomy presents itself as an important tool to be used by professional nutritionists to improve the acceptance of hospital diets, since among the goals of this science we have to prepare tasty meals, taking advantage of the most various techniques and preparation methods to improve the sensory characteristics of the food. This research aimed to evaluate the impact of the presentation of diets on their acceptance by patients of a municipal hospital in Cuité / PB. Data collection included analysis of 42 days, in which 21 days using the standard presentation of diets hospital (standard presentation – SP) and 21 days after the change in presentation of meals (experimental presentation – EXP). To gauge the acceptance of the hospital diets the rejectindexes (reject index – RI) were measured and questionnaires with hedonic scale were applied for patients. In the SP group, it was observed that the average reject indexof the menu A and B were respectively 44.22% and 45.97%, being the highest value presented 77.92%. With the change to EXP group, the average RI values decreased to 31.70% on the menu A and 31.95% in B. As for the responses in the questionnaire for the dietacceptance, with the SP, 90% of patients approved the meal lunch and 10% disapproved, compared with 50% who approved and 50% disapproved that the lunch meal at EXP. Even with the significant decrease in the RI values after change in presentation of meals, still above the acceptable parameters. These results demonstrate that other factors may be determining the low acceptance of the diets,being
Keywords: Gastronomia
Resto Ingesta
Dieta Hospitalar
Gastronomy
Intake rest
Hospital diet
???metadata.dc.subject.cnpq???: Nutrição
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/11503
Appears in Collections:Curso de Bacharelado em Nutrição

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ITANA MYRTES MORATO SALVIANO - TCC NUTRIÇÃO 2014.pdfITANA MYRTES MORATO SALVIANO - TCC NUTRIÇÃO 20141.41 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.