Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/1160
Title: Estudo epidemiológico e clínico dos casos de Acidentes ofídicos no Estado do Rio Grande do Norte
Other Titles: Epidemiological and clinical study of cases of Snaky Accidents in the State of Rio Grande do Norte
???metadata.dc.creator???: TAVARES, Aluska Vieira
???metadata.dc.contributor.advisor1???: LEITE, Renner de Souza
???metadata.dc.contributor.referee1???: LEITE, Renner de Souza
???metadata.dc.contributor.referee2???: CASTRO, . Francisco José Victor de
???metadata.dc.contributor.referee3???: FOOK, Sayonara Maria Lia
Keywords: Envenenamento;Ofidismo;Serpentes;Envenomation;Ophidism;Snakes
Issue Date: 20-Jul-2016
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: TAVARES, Aluska Vieira. Estudo epidemiológico e clínico dos casos de acidentes ofídicos no Estado do Rio Grande do Norte. 2016. 105 f. (Dissertação de Mestrado), Programa de pós graduação em Ciências Naturais e Biotecnologia, Centro de Educação e Saúde, Universidade Federal Campina Grande - Cuité - Paraíba - Brasil,2016.
???metadata.dc.description.resumo???: O acidente ofídico é um problema de saúde pública negligenciado em países tropicais e subtropicais. Este estudo é uma investigação transversal das características epidemiológicas dos acidentes ofídicos no estado do Rio Grande do Norte, Nordeste do Brasil, de 2007 a 2014.Os dados foram coletados na Secretaria de Saúde do Rio Grande do Norte, utilizando o banco de dados do Sistema de Informação de Agravos de Notificação. Um total de 3.019 casos foram analisados. Os acidentes foram notificados em 163 municípios do estado, com maior incidência nos pequenos municípios localizados na região central. Os casos ocorreram em todos os meses dos anos investigados, com maior frequência entre março e agosto. A maioria dos casos envolveu homens com idade entre 20 e 59 anos, trabalhadores e residentes rurais, com baixa escolaridade e raça parda. Os casos ocorreram com maior frequência em áreas rurais. Houve predomínio de acidentes com serpentes do gênero Bothrops. As picadas acometeram principalmente as extremidades dos membros. A maioria das vítimas recebeu assistência médica entre 1 e 3 horas após o acidente. Os casos foram prevalentemente classificados como leves e progrediram para cura. Foram notificados 13 óbitos. A maioria das vítimas realizou o teste do tempo de coagulação e fez uso da soroterapia. As principais manifestações locais foram dor e edema. As principais manifestações sistêmicas foram vagais e neuroparalíticas. As complicações locais mais frequentes foram a infecção secundária e o déficit funcional. Quanto às complicações sistêmicas exibiu-se, sobretudo, a insuficiência renal e o edema generalizado. O perfil epidemiológico dos acidentes ofídicos no Rio Grande do Norte é semelhante aqueles observados em outros estados do Nordeste Brasileiro. Esses acidentes podem ser considerados como um problema de saúde pública no estado, devido à elevada frequência e ampla distribuição espacial dos casos. Isso revela a necessidade de desenvolver políticas públicas regionais, visando o controle preventivo desses acidentes, bem como o aprimoramento do atendimento médico das vítimas.
Abstract: The snakebite is a neglected public health problem in tropical and subtropical countries. This study is a transversal investigation of the epidemiological characteristics of snakebites in the state of Rio Grande do Norte, Northeastern Brazil, from 2007 to 2014. Data was collected from the Injury Notification Information System database of the Health Department of Rio Grande do Norte. A total of 3,019 cases were analyzed. Snakebite cases were reported in 163 municipalities in the state, with the highest incidence in small municipalities in the central region. Snakebites occurred in every month of the year investigated, more frequently between March and August. Most cases involved men aged 20 to 59 years, workers and rural residents with low education level and mulattos. The cases occurred more frequently in rural areas. There was a predominance of envenoming involving Bothrops snakes. The bites mainly reached the extremity of the limbs. Most of the victims received medical assistance between 1 and 3 hours after the accident. The cases were mainly classified as mild and progressed to cure. 13 deaths have been reported. Most of the victims made the blood-clotting time test and made use of antivenom. The main local reactions were pain and swelling. The main systemic reactions were vagal and neuroparalytic. The most frequent local complications were infection secondary and functional deficit. As for systemic complications showed especially renal insufficiency and generalized edema. The epidemiological profile of snakebites in Rio Grande do Norte is similar to those observed in other states of the Brazilian Northeast. Snakebite may be considered as a public health problem in the state, due to the high frequency and high spatial distribution of the cases. This reveals the need to develop regional public policies aimed at preventive control of such injury, as well as medical care enhancement of the victims.
Keywords: Envenenamento
Ofidismo
Serpentes
Envenomation
Ophidism
Snakes
???metadata.dc.subject.cnpq???: Epidemiologia
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/1160
Appears in Collections:Mestrado em Ciências Naturais e Biotecnologia (Cuité)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ALUSKA VIEIRA TAVARES - DISSERTAÇÃO PPGCNBio 2016..pdfALUSKA VIEIRA TAVARES - DISSERTAÇÃO PPGCNBio 2016.3.34 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.