Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/11788
Title: Agulhas de sangue: renda renascença e expropriação do trabalho: análise da comunidade rural no Cariri Paraibano e da produção industrial na cidade de Poção-PE.
Other Titles: Blood needles: renaissance income and expropriation of work: analysis of the rural community in Cariri Paraibano and industrial production in the city of Poção-PE.
???metadata.dc.creator???: RODRIGUES, Maria Adriana Farias.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: RODRIGUES, Maria Adriana Farias.
???metadata.dc.contributor.advisor2???: SANTOS, Valdonilson Barbosa dos.
???metadata.dc.contributor.referee1???: SILVA, Rosana de Medeiros.
???metadata.dc.contributor.referee2???: CRUZ, Carla Mailde Feitosa Santa.
Keywords: Renda renascença;Artesanato e trabalho;Expropriação do trabalho;Trabalho e direitos humanos;Mulheres rendeiras;Poção – PE – Renda renascença;Alta costura;Trabálho análogo ao escravo;Renaissance lace;Crafts and work;Expropriation of work;Labor and human rights;Lacemakers;Potion - PE - Renaissance lace;High fashion;Slave-like work
Issue Date: 11-Dec-2019
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: RODRIGUES, Adriana Farias. Agulhas de sangue: renda renascença e expropriação do trabalho: análise da comunidade rural no Cariri Paraibano e da produção industrial na cidade de Poção-PE. 141f. (Trabalho de Conclusão de Curso – Monografia), Curso de Licenciatura em Ciências Sociais, Centro de Desenvolvimento Sustentável do Semiárido, Universidade Federal de Campina Grande, Sumé – Paraíba – Brasil, 2019.
???metadata.dc.description.resumo???: O presente trabalho acadêmico detém como objetivo enveredar uma discussão sobre a produção de Renda Renascença e a expropriação do trabalho. Segundo Bourdieu (2007) a distinção social é um importante elemento diferenciador das classes sociais. O método de pesquisa é de ordenamento qualitativo, utilizando-se de questionários semi-estruturados para coleta de dados na comunidade rural de Lagoa Azul, situada no Cariri Paraibano na cidade de Monteiro-PB e em Poção-PE, bem como é feito o uso do recurso etnográfico na observação direta, essa técnica foi empregada apenas na comunidade de Lagoa Azul. O primeiro ponto de discussão recaiu sobre a problemática alicerçada na construção da Alta Costura designada por Fonseca (2015) como um campo permeado por símbolos culturais elitistas. No segundo momento da discussão há a problematização da dificuldade da tipificação do Trabalho Análogo ao Trabalho como salienta Cardoso (2019), produzindo reflexões em torno do processo histórico do campo do trabalho e, respectivamente, como acontecimentos a exemplo da II Guerra Mundial influenciaram os debates contemporâneos a cerca da dignidade humana em frente às condições degradantes no espaço do trabalho. Há nesse ponto também, as controvérsias inerentes à presença dos empresários rurais no campo brasileiro e as formas de exploração resultantes como orienta Fernandes (2008) da situação de dependência econômica. Os últimos capítulos são analíticos, averiguando os dados analisados no campo de estudo, questões de gênero, desigualdade salarial, exploração e valor simbólico da Renda Renascença entram em pauta. Os resultados apontam que a produção de Renda Renascença é realizada sobre o bojo do desamparo público, promovendo que grandes empresárias do ramo explorem a mão de obra de forma barateada e sem vínculos legais.
Abstract: This academic work has as objective to embark a discussion of the production of Renaissance Income and Work Similar to Slavery. According to Bourdieu (2007) social distinction is an important differentiator of social classes. The research method is qualitative system, using semi-structured questionnaires for data collection in the rural community of Blue Lagoon, located in the Cariri Paraibano in the city of Monteiro-PB and Poção-PE, and is made using ethnographic feature on direct observation, this technique was used only in the Blue Lagoon community. The first point of discussion fell on issues rooted in the construction of Couture called Fonseca (2015) as a field permeated by cultural symbols elitist. In the second phase of discussion for the questioning of the difficulty of typing Labor Analogous to work as stresses Cardoso (2019), producing reflections on the historical process of the working field, respectively, as events such as the World War II influenced the debates contemporaries about human dignity in the face of deteriorating conditions in the labor space. There is also at this point, the controversies inherent in the presence of rural entrepreneurs in the Brazilian countryside and forms of exploitation as guides resulting Fernandes (2008) of the economic situation of dependence. The last chapters are analytical, checking the data analyzed in the field of study, gender, income inequality, exploitation and symbolic value of Income Renaissance enter on the agenda. The results show that the production of income Renaissance is performed on the bulge of the public helplessness, promoting that great entrepreneurs in the industry to explore the labor cheapened and without legal ties.
Keywords: Renda renascença
Artesanato e trabalho
Expropriação do trabalho
Trabalho e direitos humanos
Mulheres rendeiras
Poção – PE – Renda renascença
Alta costura
Trabálho análogo ao escravo
Renaissance lace
Crafts and work
Expropriation of work
Labor and human rights
Lacemakers
Potion - PE - Renaissance lace
High fashion
Slave-like work
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/11788
Appears in Collections:Curso de Licenciatura em Ciências Sociais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MARIA ADRIANA FARIAS RODRIGUES - TCC CIÊNCIAS SOCIAIS 2019.pdfMaria Adriana Farias Rodrigues - TCC Ciências Sociais 2019.5.15 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.