Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/11937
Title: Aplicação exógena de prolina no crescimento, fisiologia e produção da melancieira irrigada com água salina.
Other Titles: Application of exogenous proline in the growth, physiology and yield of the watermelon irrigated with saline water.
???metadata.dc.creator???: LACERDA, Francisco Hélio Dantas.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: PEREIRA, Francisco Hevilásio Freire.
???metadata.dc.contributor.referee1???: QUEIROGA, Roberto Cleiton Fernandes de.
???metadata.dc.contributor.referee2???: BRITO, Marcos Eric Barbosa.
Keywords: Melancia - citrullus lanatus;Watermelon - citrullus lanatus;Salinidade;Salinity;Aminoácido;Aminoacid;Fotossíntese;Photosynthesis
Issue Date: 6-Mar-2013
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: LACERDA. Francisco Hélio Dantas. Aplicação exógena de prolina no crescimento, fisiologia e produção da melancieira irrigada com água salina. 2013. 39 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Agronomia) - Centro de Ciências e Tecnologia Agroalimentar, Universidade Federal de Campina Grande, Pombal, Paraíba, Brasil, 2013.
???metadata.dc.description.resumo???: A área explorada com melancia no semiárido nordestino é irrigada em sua totalidade. A irrigação nessa região tem sido apontada como uma das alternativas para o desenvolvimento sócio-económico, embora, quando utilizada de maneira inadequada possa favorecer a salinização dos solos e a degradação dos recursos hídricos e edáficos. Sendo assim, objetivou-se, com esse trabalho, avaliar o efeito da aplicação exógena de prolina no crescimento, fisiologia e produção da melancieira irrigada com água salina. O experimento foi realizado no Centro de Ciências e Tecnologia Agroalimentar (CCTA), pertencente a Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), Pombal, PB, no período de 16/10/201 1 a 19/12/2011, utilizando-se o híbrido de melancia 'Quetzali'. Os tratamentos foram constituídos de dois níveis de salinidade da água de irrigação (0,3 e 4,0 dS m'') e cinco concentrações de prolina (0, 5, 10, 15 e 20 mmol L'l) aplicada via foliar na melancieira. O delineamento experimental foi o de blocos casualizados, no esquema fatorial 2 x 5, com quatro repetições. Os maiores valores quanto aos parâmetros fisiológicos, de crescimento da planta e produção na melancia foram observados na salinidade da água de 0,3 em relação a 4,0 dS m'l. O fornecimento da propina foi eficiente em reduzir, na melancieira, o efeito estressante causado pela salinidade da água de irrigação até a concentração de 8,51 mmol L'l de prolina. O incremento na produção de frutos proporcionado pelas concentrações l0,74 e 8,51 mmol L'l em relação a concentração 0 mmol L'l de prolina foi de 31 ,08%, quando utilizou-se água de irrigação normal (0,3 dS m'l) e 17,03%, quando se utilizou água de irrigação salina (4,0 dS m'l). Em termos absolutos, podemos dizer que o melhor desempenho de melancieira foi obtida nas concentrações de 10,0 mmol L'l de prolina em plantas irrigadas com água de irrigação normal (0,3 dS m'l) e 5,0 mmol L'l de propina em plantas irrigadas com água de irrigação salina (4,0 dS m'1).
Abstract: The área explored with watermelon in the semiarid northeast is irrigated in almost your totality. Irrigation in these regions has been identified as an alternative to the socio-economic development, although when used improperly can promote soir salinization and degradation of water and soil resources. Therefore, the aim of this work to evaluate the effect of exogenous application of proline in the growth, physiology and yield of watermelon irrigated with saline water. The experiment was carried out at the Centro de Ciências e Tecnologia Agroalimentar (CCTA/ UFCG) - Pombal - PB, in the throughout of lO/16/2011 to 12/19/2011, using the hybrid watermelon 'Quetzali'. The treatments consisted of two leveis of salinity of irrigation water (0.3 and 4.0 dS m'l) and ave concentrations of proline (0, 5, 10, 15 and 20 mmol L'l) applied in the leaf in watermelon. The experimental design was a randomized block in factorial scheme 2 x 5, with four replications. The highest values regarding of plant growth, physiological parameters and yield in watermelon are seen in the salinity of 0.3 in relation to 4.0 dS m'l. The supply of proline was effective in reducing stress responses in watermelon caused by salinity of irrigation water up to the concentration of 8.51 mmol L'l proline. The increase in fruit yield provided by the concentrations l0.74 and 8.51 mmol L'l in relation to concentration 0 mmol L'l proline was 31 .08%, when irrigated with normal water (0.3 dS m'l) and 17.03% when irrigated with saline water (4.0 dS m''). In absolute terms we can say that the best performance of watermelon was obtained at concentrations of 10.0 mmol L'l proline for plants irrigated with water of normal irrigation (0.3 dS m'l) and 5.0 mmol L' l of proline for plants irrigated with saline irrigation water (4.0 dS m'1).
Keywords: Melancia - citrullus lanatus
Watermelon - citrullus lanatus
Salinidade
Salinity
Aminoácido
Aminoacid
Fotossíntese
Photosynthesis
???metadata.dc.subject.cnpq???: Agronomia.
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/11937
Appears in Collections:Curso de Bacharelado em Agronomia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
FRANCISCO HÉLIO DANTAS LACERDA - TCC - AGRONOMIA 2013.pdfFrancisco Hélio Dantas Lacerda - TCC - Agronomia 2013.31.86 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.