Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/12579
Title: Condições de oxigenação e desoxigenação do trecho perenizado do Rio Piancó-Piranhas-Açu.
Other Titles: Oxygenation and deoxygenation conditions of the perennialized stretch of the Piancó-Piranhas-Açu River.
???metadata.dc.creator???: FREITAS, Myrla Oliveira de.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: QUEIROZ, Manoel Moises Ferreira de.
???metadata.dc.contributor.referee1???: DANTAS, Jussara Silva.
???metadata.dc.contributor.referee2???: SILVA, Edilson Leite da.
Keywords: Engenharia ambiental – degradação ambiental – Pombal/PB;Environmental engineering - environmental degradation - Pombal / PB;Reaeração superficial;Superficial reaeration;Autodepuração;Autodepurativo;Desoxigenação;Deoxygenation
Issue Date: 17-May-2016
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: FREITAS. Myrla Oliveira de. Condições de oxigenação e desoxigenação do trecho perenizado do Rio Piancó-Piranhas-Açu. 2016. 30 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Engenharia Ambiental) - Centro de Ciências e Tecnologia Agroalimentar, Universidade Federal de Campina Grande, Pombal, Paraíba, Brasil, 2016.
???metadata.dc.description.resumo???: A capacidade autodepurativa de um rio está diretamente relacionada às concentrações de oxigênio dissolvido no mesmo. Para estabelecer a eficiência desse mecanismo é necessário conhecer os valores dos coeficientes de desoxigenação (K1) e reaeração superficial (K2) do corpo hídrico. O presente trabalho buscou quantificar esses coeficientes em um trecho do rio Piancó-Piranhas com o intuito de analisar a autodepuração do mesmo, uma vez que esse é alvo do lançamento de esgotos domésticos do município de Pombal-PB, no qual o trecho está inserido. Para isso foram realizadas campanhas amostrais nos períodos de janeiro a abril de 2016, a fim de determinar valores de oxigênio dissolvido, temperatura, DBO9, vazão e velocidade. Para determinação do K2 foi utilizada a equação de O’Connor e Dobbins, e para determinação de K1 foi utilizado o método estatístico não linear através da ferramenta Solver, do Excel. Os valores encontrados para os coeficientes confirmam a eficiência do processo autodepurativo do trecho estudado.
Abstract: The autodepurativa capacity of a river is directly related to the concentration of dissolved oxygen in it. To establish the effectiveness of this mechanism is necessary to know the values of the deoxygenation coefficient (K1) and superficial reaeration (K2) of the water body. This study aimed to quantify these coefficients in a stretch of Piancó-Piranhas river in order to analyze the depuration of it, since this is the subject of the release of wastewater in the city of Pombal-PB, in which the passage is inserted. For this sample were conducted campaigns for the periods from January to April 2016, in order to determine values of dissolved oxygen, temperature, DBO9, flow and speed. To determine the K2 was used the equation of O'Connor and Dobbins, and to determine K1 was used nonlinear statistical method through the Solver tool, Excel. The values for the coefficients confirm the efficiency of the process autodepurativo the studied stretch.
Keywords: Engenharia ambiental – degradação ambiental – Pombal/PB
Environmental engineering - environmental degradation - Pombal / PB
Reaeração superficial
Superficial reaeration
Autodepuração
Autodepurativo
Desoxigenação
Deoxygenation
???metadata.dc.subject.cnpq???: Recursos Florestais e Engenharia Florestal.
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/12579
Appears in Collections:Curso de Bacharelado em Engenharia Ambiental

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MYRLA OLIVEIRA DE FREITAS - TCC - ENGENHARIA AMBIENTAL 2016.pdfMyrla Oliveira de Freitas - TCC - Engenharia Ambiental 2016.823.53 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.