Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/12638
Title: Comportamento biodegradativo do aterro sanitário em Campina Grande-PB em função dos subprodutos gerados.
Other Titles: Biodegradative behavior of the landfill in Campina Grande-PB due to the by-products generated.
???metadata.dc.creator???: ALMEIDA, Márbara Vilar de Araújo.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: CURI, Wilson Fadlo.
???metadata.dc.contributor.advisor-co1???: MONTEIRO, Veruschka Escarião Dessoles.
???metadata.dc.contributor.referee1???: ARAÚJO, Sérgio Murilo Santos de.
???metadata.dc.contributor.referee2???: LIMA, Vera Lúcia Antunes de.
???metadata.dc.contributor.referee3???: RIBEIRO, Libânia da Silva.
???metadata.dc.contributor.referee4???: PAIVA, William de.
Keywords: Biodegradação;Biodegradation;Biodegradación;Biogás;Lixiviado;Leachate;Parâmetros físico-químicos;Physico-chemical parameters;Aterro sanitário;Landfill;Vertedero
Issue Date: 19-Dec-2019
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: ALMEIDA, M. V. de A. Comportamento biodegradativo do aterro sanitário em Campina Grande-PB em função dos subprodutos gerados. 2020. 154 f. Tese (Doutorado em Recursos Naturais), Programa de Pós-Graduação em Recursos Naturais, Centro de Tecnologia e Recursos Naturais, Universidade Federal de Campina Grande - Paraíba - Brasil, 2020
???metadata.dc.description.resumo???: A formação de subprodutos, é uma fase inerente ao processo de biodegradação dos Resíduos Sólidos Urbanos (RSU), como resultado da ação de diversos grupos de microrganismos na biodegradabilidade da massa de resíduos. Analisar as características dos subprodutos, lixiviado e gases, é uma forma de se avaliar o comportamento do aterro sanitário como um todo, assim como, apontar possíveis técnicas de tratamento para os subprodutos. Sendo assim, o objetivo desta pesquisa foi analisar o comportamento de um aterro sanitário por meio dos subprodutos gerados no processo de biodegradação dos resíduos sólidos urbanos. Embora o Aterro Sanitário em Campina Grande (ASCG) apresentasse no momento da pesquisa três lagoas de tratamento de lixiviado, estas lagoas estão sujeitas às mesmas condições, recebendo o lixiviado oriundo da Lagoa 1 de Tratamento de lixiviado (LTL1), justificando assim, a escolha de se caracterizar apenas o lixiviado da primeira lagoa. Para isto, foram realizadas análises do lixiviado por meio dos seguintes parâmetros físico-químicos: pH, Alcalinidade Total (AT), Nitrogênio Amoniacal Total (NAT), Demanda Bioquímica de Oxigênio (DBO), Demanda Química de Oxigênio (DQO), metais e testes de fitotoxicidade. Os parâmetros foram obtidos para análise do lixiviado gerado nas Células 2, 3 e 4, na Tubulação de entrada da Lagoa 1 de Tratamento de Lixiviado (Tub. LTL1), para que, desta forma, fosse possível analisar o efluente bruto e na Lagoa 1 de Tratamento de lixiviado (LTL1) do Aterro Sanitário em Campina Grande (ASCG), para análise do lixiviado durante o processo de tratamento. No que se refere a parte de biogás, foi realizado um estudo qualitativo em uma Célula de resíduos do Aterro Sanitário em Campina Grande-PB, denominada de Célula 2. Por meio dos resultados de lixiviado obtidos nesta pesquisa, pode-se verificar que as Células 2, 3 e 4 encontram-se na fase metanogênica de degradação, visto que, foram encontrados valores de pH próximos da basicidade. Também foram observadas elevadas concentrações de AT, NAT, DBO, DQO e metais para os mesmos pontos, embora, as concentrações de metais na Célula 3 tenham decaído ao longo do tempo. Por motivos técnico-operacionais, não foi possível a realização dos ensaios de DBO e testes de fitotoxicidade para a Célula 2. A Célula 3 obteve índices de germinação (65-257%) e crescimento relativo da raiz das sementes (18-70%). Dentre as células analisadas, a Célula 4 foi a que apresentou maiores oscilações em relação aos parâmetros analisados durante todo o período de monitoramento e isto aconteceu em virtude do modo de operação adotado para disposição de resíduos nesta Célula, que teve sua disposição de resíduos interrompida por inúmeras vezes durante o período de monitoramento em decorrência das chuvas. A Tubulação de entrada da Lagoa 1 apresentou um pH com características de basicidade, altas concentrações de AT, NAT, DBO, DQO e metais, onde tal comportamento já era esperado, visto que, a tubulação da lagoa recebe o lixiviado de todas as Células. No que diz respeito a Lagoa de tratamento de lixiviado, o pH manteve-se praticamente constante. Por outro lado, os parâmetros AT, NAT, DBO, DQO e metais, apresentaram oscilações durante todo o período de monitoramento. Este comportamento indefinido dos parâmetros, apresentando dispersão dos dados a todo momento, já era esperado visto que, a LTL1 recebe lixiviado de todas as Células de resíduos do ASCG, com composições e idades distintas. Em relação ao biogás, verificou-se que as concentrações de metano (CH4) variaram entre 52,2 e 63,9%, que são concentrações típicas da fase metanogênica.
Abstract: The formation of byproducts is an inherent phase in the biodegradation process of Municipal Solid Waste (MSW), as a result of the action of several groups of microorganisms on the biodegradability of the waste mass. Analyzing the characteristics of the byproducts, leachate and gases, is a way to evaluate the behavior of the landfill as a whole, as well as, to point out possible treatment techniques for byproducts. Thus, the objective of this research was to analyze the behavior of a sanitary landfill by means of byproducts generated in the biodegradation process of municipal solid waste. Although the ASCG presented at the time of the research three leachate treatment lagoons, these lagoons serve only for accumulation, receiving leachate from LTL1, thus justifying the choice to characterize leachate from the first lagoon. For this, were performed leachate analyzes through following physicochemical parameters: pH, Total Alkalinity (AT), Total Ammoniacal Nitrogen (NAT), Biochemical Oxygen Demand (BOD), Chemical Oxygen Demand (COD), metals and phytotoxicity tests. The parameters were obtained for the analysis of the leachate generated in Cells 2, 3 and 4, in the Leachate Treatment Lagoon 1 (LTL1 Tub), so that it is possible to analyze the gross effluent and in Lagoa 1 of Treatment of leachate (LTL1) at Sanitary Landfill in Campina Grande (ASCG), to analyze the leachate during the treatment process. In what it refers to the biogas part, were realized a qualitative study in a waste cell in the Campina Grande-PB landfill, called Cell 2. Through the leachate results obtained in this research, it can be verified that the Cell 2,3 and 4 are in the methanogenic phase of degradation, since, were found pH values close to basicity. Were also observed high concentrations of AT, NAT, BOD, COD and metals were also observed for the same points, although, the concentrations of metals in Cell 3 declined over time. For technical and operational reasons, it was not possible to perform the BOD essay and phytotoxicity tests for Cell 2. The Cell 3 obtained good germination index (65-257%) and relative seed root growth (18-70%). Among the cells analyzed, the Cell 4 was that presented the greatest oscillations in relation to the parameters analyzed during the entire monitoring period, and this happened virtue to the mode of operation adopted for the disposal of residues in this Cell, which had its waste disposal interrupted by innumerable times during the monitoring period as a result of the rains. The inlet Pipe of Lagoon 1, presented a pH with characteristics of basicity, high concentrations of AT, NAT, BOD, COD and metals, where such behavior was already expected, since, the lagoon tubing receives the leachate from all the cells. Concerning leachate treatment lagoon, the pH remained practically constant. On the other hand, the parameters AT, NAT, BOD, COD and metals showed oscillations during the entire monitoring period. This indefinite behavior of the parameters, presenting oscillations at all times, was already expected, since, the LTL1 receives leachate from all ASCG residue cells, with compositions and ages distinct. In relation to biogas, it was found that methane (CH4) concentrations varied between 52.2 and 63.9%, which are concentrations typical of the methanogenic phase.
Keywords: Biodegradação
Biodegradation
Biodegradación
Biogás
Lixiviado
Leachate
Parâmetros físico-químicos
Physico-chemical parameters
Aterro sanitário
Landfill
Vertedero
???metadata.dc.subject.cnpq???: Economias Agrária e dos Recursos Naturais
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/12638
Appears in Collections:Doutorado em Recursos Naturais.

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MÁRBARA VILAR DE ARAUJO ALMEIDA - TESE (PPGRN) 2020.pdf3.39 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.