Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/12650
Title: “Nem tudo na vida é loucura”: estudo etnográfico no cotidiano do CAPS III em Campina Grande-PB.
Other Titles: “Not everything in life is crazy”: an ethnographic study in the daily life of CAPS III in Campina Grande - PB.
???metadata.dc.creator???: ANDRADE, Milenna Jordana de Sousa.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: SILVA, Vanderlan Francisco da.
???metadata.dc.contributor.referee1???: SALES JÚNIOR, Ronaldo Laurentino de.
???metadata.dc.contributor.referee2???: OLIVEIRA, Luciana Maria Ribeiro de.
Keywords: Reforma Psiquiátrica;Psychiatric Reform;Loucura;Locura;Madness;CAPS;Família;Family;Contextos Urbanos;Urban Contexts
Issue Date: 28-Feb-2020
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: ANDRADE, M. J. de S. “Nem tudo na vida é loucura”: estudo etnográfico no cotidiano do CAPS III em Campina Grande-PB. 2020. 93 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais), Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais, Centro de Humanidades, Universidade Federal de Campina Grande - Paraíba - Brasil, 2020.
???metadata.dc.description.resumo???: Este estudo tem como objetivo analisar experiências vivenciadas por usuários e suas famílias em um Centro de Atenção Psicossocial (CAPS III) na cidade de Campina Grande, em um período posterior a Reforma Psiquiátrica que reorganizou toda a sua rede de saúde. Essa dissertação buscou compreender as relações sociais estabelecidas dentro desse serviço, partindo do pressuposto da participação do familiar nessas práticas de cuidado que lhe foram direcionadas como responsabilidade. Para a realização dessa pesquisa e os caminhos metodológicos que nortearam a mesma, foi imprescindível a relação estabelecida com os meus interlocutores sobre a valorização dos momentos de compartilhamento e aproximação que os encontros da pesquisa de campo possibilitaram. Durante a observação participante ficou constatado que, estão em constante diálogo a importância da participação de seus familiares no serviço de atendimento, assim como, a medicalização continua sendo um fator presente sobre esse processo de mudanças no modelo de tratamento asilar.
Abstract: This study aims to analyze experiences lived by users and their families in a Centro de Atenção Psicossocial (CAPS III) in the city of Campina Grande, in a period after the Psychiatric Reform that reorganized its entire health network. This dissertation sought to understand the social relationships established within this service, based on the assumption of the family member's participation in these care practices that were directed to them as a responsibility. In order to carry out this research and the methodological paths that guided it, the relationship established with my interlocutors on the valuation of the moments of sharing and approximation, that the field research meetings made possible, was essential. During the participant observation, it was found that the importance of the participation of their family members in the care service is in constant dialogue, as well as, the medicalization remains a factor present in this process of changes in the model of asylum treatment.
Keywords: Reforma Psiquiátrica
Psychiatric Reform
Loucura
Locura
Madness
CAPS
Família
Family
Contextos Urbanos
Urban Contexts
???metadata.dc.subject.cnpq???: Ciências Sociais
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/12650
Appears in Collections:Mestrado em Ciências Sociais.

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MILENNA JORDANA DE SOUSA ANDRADE - DISSERTAÇÃO (PPGCS) 2020.pdf1.02 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.