Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/12675
Title: Condições intervenientes na geração de biogás de resíduos recém dispostos em aterro sanitário e com um ano de aterramento.
Other Titles: Conditions involved in the generation of biogas from waste recently disposed of in a landfill and with one year of landfill.
???metadata.dc.creator???: MARQUES JUNIOR, Francisco Auriberto Ferreira.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: MONTEIRO, Veruschka Escarião Dessoles.
???metadata.dc.contributor.advisor-co1???: MELO, Márcio Camargo de.
???metadata.dc.contributor.referee1???: ALCANTARA, Perboyre Barbosa.
???metadata.dc.contributor.referee2???: RIBEIRO, Libânia da Silva.
Keywords: Resíduos Sólidos Urbanos;Urban Solid Waste;Biodegradação;Residuos Sólidos Municipales;Biodegradación;Biodegradation;Metano;Methane;Resíduos Aterrados;Residuos Vertidos;Landfilled Waste
Issue Date: 14-Feb-2020
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: MARQUES JUNIOR, F. A. F. Condições intervenientes na geração de biogás de resíduos recém dispostos em aterro sanitário e com um ano de aterramento. 2020. 78 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil e Ambiental), Programa de Pós-graduação em Engenharia Civil e Ambiental, Centro de Tecnologia e Recursos Naturais, Universidade Federal de Campina Grande - Paraíba - Brasil, 2020.
???metadata.dc.description.resumo???: A geração de biogás em aterros sanitários é influenciada por diferentes condições atreladas aos fatores ambientais locais, às características físicas e químicas dos resíduos aterrados e aos aspectos relacionados à operação dos aterros. No período que compreende o primeiro ano de aterramento dos Resíduos Sólidos Urbanos (RSU) acontecem as maiores interferências no processo biodegradativo que vão influenciar na velocidade de degradação posterior e, consequentemente, na geração de biogás em aterros. O objetivo do presente estudo foi verificar as interferências operacionais e meteorológicas nas condições físico-químicas e geração de biogás de resíduos sólidos recém dispostos em Aterro Sanitário e com um ano de aterramento. A área de estudo foi o Aterro Sanitário em Campina Grande-PB (ASCG). Foram realizadas duas campanhas de ensaios envolvendo: as coletas de RSU recém dispostos no ASCG e com um ano de aterramento, a composição gravimétrica e a realização de ensaios físico-químicos dos RSU aterrados, o monitoramento das condições meteorológicas e operacionais do ASCG e, por último, a realização do teste de Potencial Bioquímico do Metano (BMP) para estimar, experimentalmente, o volume de biogás gerado pela biodegradação dos RSU com um ano de aterramento. Com os resultados obtidos nesse estudo, destaca-se que, as condições que favoreceram o processo de decomposição dos resíduos no ASCG para a geração de biogás, durante o primeiro ano de aterramento, foram: a composição gravimétrica, a precipitação pluviométrica, a umidade relativa do ar, a massa de RSU aterrada, a recirculação de lixiviado e os indicadores físico-químicos de pH, alcalinidade, umidade, Sólidos Voláteis (SV) e Demanda Química de Oxigênio (DQO). Já as condições que, possivelmente, limitaram o processo biodegradativo, foram: a evaporação e os teores de Nitrogênio Amoniacal Total (NAT) dos RSU. O teste de BMP sugere um bom potencial energético do ASCG, sendo verificados volumes de biogás acumulado de até 186,97 NmL, pela decomposição dos resíduos sólidos orgânicos, em apenas 24 dias de experimento. A aquisição de dados sobre os resíduos aterrados permitiu entender a evolução do processo biodegradativo no primeiro ano de aterramento e obter uma boa estimativa da produção de biogás pelos RSU do ASCG. O estudo das relações entre as condições meteorológicas, operacionais e físico-químicas dos RSU consistiu em uma importante ferramenta para analisar o comportamento da biodegradação dos resíduos em aterros sanitários, e pode subsidiar projetos futuros de aterros, principalmente os que visem implantar sistemas de aproveitamento energético do biogás, em condições semelhantes aos do estudo implementado.
Abstract: The biogas generation in landfills is influenced by different conditions related to the local environmental settings, the physical and chemical characteristics of the disposed solid waste and to the operation of the landfill. In the period that comprises the first year of Municipal Solid Waste (MSW) disposal, there are important interference regarding the biodegradative process that will influence the speed of subsequent degradation and, consequently, the biogas generation in landfills. The main goal of this study was to verify the operational and meteorological interferences on the physical-chemical and biogas generation in MSW recently disposed and with one year of landfill. The study area was the landfill located in Campina Grande-PB (ASCG). Two test campaigns were carried out involving: the collection of recently disposed MSW and with one year of disposal in the ASCG, gravimetric composition and physical-chemical tests of the disposed MSW, monitoring of operational and meteorological conditions of the ASCG and, finally, the performance of the Biochemical Methane Potential (BMP) test to estimate, experimentally, the volume of biogas generated by the biodegradation of MSW with one year of landfilling. With the obtained results in this study, it is highlighted that the favorable conditions in the decomposition process of MSW in the ASCG to the biogas generation, during the first year of landfilling, were: gravimetric composition, precipitation, air humidity, disposed mass of MSW, leachate recirculation and the physical-chemical indicators, such as pH, alkalinity, humidity, Volatile Solids (VS) and Chemical Oxygen Demand (COD). The conditions that, possibly, have limited the biodegradative process were: evaporation and Total Ammoniacal Nitrogen (TAN) of the MSW. The BMP test suggests good energetic potential for the ASCG, with accumulated biogas volumes up to 186.97NmL, verified by the decomposition of organic solid waste in just 24 days of experiment. The acquisition of data on disposed MSW has allowed us to understand the evolution of the biodegradative process in the first year of landfilling and obtain a good estimate of biogas production by the ASCG’s MSW. The study of the relationships between the operational, meteorological and physical-chemical conditions of the MSW consisted in an important tool to analyze the biodegradation behavior of the waste in landfills, and may help future landfill projects, specially those who aim to build an energy recovery system, under similar conditions to this study.
Keywords: Resíduos Sólidos Urbanos
Urban Solid Waste
Biodegradação
Residuos Sólidos Municipales
Biodegradación
Biodegradation
Metano
Methane
Resíduos Aterrados
Residuos Vertidos
Landfilled Waste
???metadata.dc.subject.cnpq???: Saneamento Ambiental
Recursos Hídricos
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/12675
Appears in Collections:Doutorado em Ciências Sociais.

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
FRANCISCO AURIBERTO FERREIRA MARQUES JUNIOR - DISSERTAÇÃO (PPGECA) 2020.pdf2.98 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.