Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/12742
Title: Avaliação espacial e temporal dos teores de sais nas águas subterrâneas no Município de Boa Vista-PB.
Other Titles: Spatial and temporal assessment of salt levels in groundwater in the municipality of Boa Vista-PB.
???metadata.dc.creator???: FARIAS, Débora Samara Cruz Rocha.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: DANTAS NETO, José.
Keywords: Classificação das águas;Classification of waters;Clasificación de aguas;Províncias hidrogeológicas;Hydrogeological Provinces;Nordeste do Brasil;Northeast of Brazil;Coeficiente de Pearson;Pearson's coefficient
Issue Date: Aug-2016
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: FARIAS, D. S. C. R. Avaliação espacial e temporal dos teores de sais nas águas subterrâneas no Município de Boa Vista-PB. 2016. 117 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Agrícola), Programa de Pós-Graduação em Engenharia Agrícola, Centro de Tecnologia e Recursos Naturais, Universidade Federal de Campina Grande - Paraíba - Brasil, 2016.
???metadata.dc.description.resumo???: O objetivo da pesquisa foi avaliar espacial e temporal, a salinidade das águas subterrâneas do município de Boa Vista-PB. O estudo teve, como campo de investigação o município de Boa Vista - PB, totalizando uma área de 446,30 km2 localizada nas coordenadas 7º 10’ 11,5”e 7º22'1,6" de latitude Sul e 36º 04’ 19” e 36º 19’ 17”de longitude Oeste. O clima da região, segundo a classificação de Köppen, é do tipo BSh, que significa semiárido quente, com precipitação média de 416 mm/ano. A pesquisa teve início em outubro de 2014 estendendo-se até agosto de 2015, ocorrendo coleta sistemática de amostras de água obedecendo a duas etapas, para se obter a média dos teores de sais dos poços tubulares pesquisados; em referência à primeira etapa, foram coletadas 86 amostras das fontes, em todo o município, realizando-se um diagnóstico da qualidade da água subterrânea; na segunda etapa foram coletadas 76 amostras de água, houve uma redução visto alguns poços secaram e outros estavam quebrados; enfim os 76 poços foram georreferenciados. Os pontos foram georreferenciados usando-se um GPS 12 XL e fotografados com máquina digital. A coleta foi realizada no ponto em que o fluxo de água deságua, evitando ao máximo reservatórios contaminados (bebedouro), obtidos diretamente do bombeamento. Foram analisados, no Laboratório de Irrigação e Salinidade (UFCG) os conteúdos de sais expressos pela leitura da condutividade elétrica da água (CEa), determinando os sais 4 cátions e 3 ânions, potencial hidrogeniônico (pH) e obtenção da relação de adsorção de sódio (RAS); para os demais parâmetros foram utilizadas fórmulas para obter a alcalinidade, os sais dissolvidos totais (STD), CSR, ISL, RSI e a dureza das águas do município de Boa Vista, PB. As águas da região de Boa Vista-PB foram caracterizadas, em sua maioria, como sódicas cloretadas. A maioria dos valores de pH se encontra nos valores normais, para consumo humano, animal e irrigação. Para os valores de alcalinidade e dureza, foram aceitas em mais de 50% das amostras. A condutividade elétrica da região é bastante alta, imprópria para seus múltiplos usos; nas duas coletas os valores de cloreto ficaram bem acima do recomendado para consumo humano, animal e irrigação. De acordo com os sólidos dissolvidos totais, a água é considerada salina. Segundo Richards (1954) são águas C4 com salinidade muito alta. Essas águas somente devem ser usadas para culturas tolerantes aos sais. De acordo com o carbonato de sódio residual, a qualidade da água é adequada para a prática da irrigação. Foram classificadas com incrustação moderada e corrosão forte na primeira coleta de dados e na segunda como balanceada e corrosão forte. Tendo como recomendação técnica a construção de cisternas para a diluição dessas águas com alta condutividade que serão ofertadas aos animais, a irrigação com águas salinas deve ser feita para culturas tolerantes e a implantação de tanques para a criação de tilápia e camarão.
Abstract: The objective of the research was to evaluate, spatially and temporal, the salinity of the underground waters of the municipality of Boa Vista-PB. The study had as a field of investigation the municipality of Boa Vista - PB, totaling an area of 446.30 km2 located in the coordinates 7º10'11,5 "and 7º22'1,6" south latitude and 36º04'19" and 36º19'17" west longitude. The climate of the region, according to the classification of Köppen, is BSh type, which means hot semiarid, with average precipitation of 416 mm/year. The research began on October 2014, extending until August 2015, with the systematic collection of water samples to obtain the mean of the salt contents of the tubular wells surveyed. For this, two steps were obeyed. The first stage, 86 samples were collected from the sources, throughout the city, carried out an assessment of the underground water quality. The second stage was collected 76 water samples, occurring reductions, since some wells were dried and others were broken, finally the 76 wells were georeferenced. The points were georeferenced using a GPS 12 XL and photographed with a digital camera. The collection was performed at the point where the flow of water flows, avoiding to the maximum contaminated reservoirs (drinker), obtained directly from the pumping. The contents of salts were analyzed in the Irrigation and Salinity Laboratory (UFCG) by reading the electrical conductivity of the water (CEa), determining the salts - 4 cations and 3 anions, hydrogenation potential (pH) and obtaining the sodium adsorption ratio RAS). For the other parameters, formulas were used to obtain the alkalinity, the total dissolved salts (STD), CSR, ISL, RSI and the hardness of the waters of the municipality of Boa Vista, PB. The waters of the region of Boa Vista-PB were characterized, for the most part, as chlorinated sodas. Most of the pH values are in normal values, for human consumption, animal and irrigation. For alkalinity and hardness values, they were accepted in more than 50% of the samples. The electrical conductivity of the region is quite high, unfit for its multiple uses; in both collections the values of chloride were well above the recommended for human consumption, animal and irrigation. According to the total dissolved solids, water is considered saline. According to Richards (1954) they are C4 waters with very high salinity. These waters should only be used for salt tolerant crops. According to residual sodium carbonate, the water quality is suitable for irrigation practice. They were classified with moderate inlay and strong corrosion in the first data collection and in the second as balanced and strong corrosion. Having as technical recommendation the construction of cisterns for the dilution of these waters with high conductivity that will be offered to the animals, the irrigation with saline waters should be made for tolerant crops and the implantation of tanks for the creation of tilapia and shrimp.
Keywords: Classificação das águas
Classification of waters
Clasificación de aguas
Províncias hidrogeológicas
Hydrogeological Provinces
Nordeste do Brasil
Northeast of Brazil
Coeficiente de Pearson
Pearson's coefficient
???metadata.dc.subject.cnpq???: Irrigação e Drenagem
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/12742
Appears in Collections:Mestrado em Recursos Naturais.

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DÉBORA SAMARA CRUZ ROCHA FARIAS - DISSERTAÇÃO (PPGEA) 2016.pdf2.04 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.