Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/12919
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creator.IDSOUZA, J. H. L.pt_BR
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/8150274369354740pt_BR
dc.contributor.advisor1MONTEIRO, José Marciano.
dc.contributor.advisor1IDMONTEIRO, J. M.pt_BR
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/1364782229198714pt_BR
dc.contributor.referee1DINIZ, Paulo César Oliveira.
dc.contributor.referee2SIQUEIRA, Antônio Jorge de.
dc.description.resumoO objetivo deste trabalho é analisar a formação inicial, a construção de uma identidade profissional e o declínio das condições laborais (precarização) dos professores do Ensino Médio de Pernambuco, com enfoque no professor de Sociologia, onde o aprofundamento do processo de precarização vai originar o que denominamos de professorarização, ou seja, a precarização do trabalho docente somada a desprofissionalização, flexibilização e adoecimento dos mesmos. A questão que nos orienta é: Quais são as condições de trabalho do professor de Sociologia e de que forma estas condições impactam na profissionalização destes profissionais? O recorte espacial da pesquisa é o município de Sertânia/PE. Porém, como optamos por uma abordagem que pensa o local a partir de determinantes sociais para além do local, a pesquisa foi conduzida de forma dialética entre o local e o nacional. Dito isto, a pesquisa parte da contextualização acerca da inserção da sociologia no currículo, mobilizamos os conceitos de profissão e o processo de professorarização em curso para, com isto, circunscrever o campo da sociologia na rede pública estadual do município do Sertânia/PE. O recurso metodológico utilizado tomou como base o banco de dados do Censo Escolar, produzidos pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), os dados disponibilizados pela Secretaria de Educação do Estado e as informações obtidas através da aplicação de questionários junto aos professores de Sociologia, no intuito de estabelecer a relação entre o local e o nacional. Seguindo este percurso, constatamos que o processo de professorarização do docente de Sociologia se materializa na ausência de professores formados na área, na falta de formação continuada, na possibilidade de um professor, independentemente de sua área de formação, lecionar Sociologia, na rotatividade de professores ministrando aulas de Sociologia gerando uma despolitização da disciplina e no tratamento dispensado a disciplina pelas escolas, colocando-a apenas como um mecanismo de complemento de carga horária de professores, caracterizando a baixa qualidade no processo de ensino-aprendizagem da disciplina.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentCentro de Desenvolvimento Sustentável do Semiárido - CDSApt_BR
dc.publisher.programMESTRADO PROFISSIONAL DE SOCIOLOGIA EM REDE NACIONAL - SUMÉpt_BR
dc.publisher.initialsUFCGpt_BR
dc.titleE pode piorar, professor? A professorarização do docente de sociologia nas escolas do ensino médio de Pernambuco.pt_BR
dc.date.issued2020-05-08
dc.description.abstractThe objective of this work is to analyze the initial training, the construction of a professional identity and the decline of working conditions (precariousness) of high school teachers in Pernambuco, focusing on the Sociology teacher, where the deepening of the precariousness process will originate the which we will call professorialization, that is, the precariousness of teaching work plus their deprofessionalization, flexibility and illness. After a brief contextualization about the insertion of this discipline in the curriculum, we mobilized the concepts of profession and the process of professorship in course to circumscribe the field of Sociology in the state public network of the municipality of Sertânia / PE. To this end, in methodological terms, the data from the School Census, produced by the National Institute of Educational Studies and Research Anísio Teixeira (INEP), and the information obtained from eighteen interviews with teachers of Sociology will be used. From this analysis, we understand that the teaching profession process of the Sociology teacher materializes in the absence of teachers trained in the area, in the lack of continuing education, in the possibility of a teacher, regardless of his area of education, teaching Sociology, in the rotation of teachers teaching Sociology classes generating a depoliticization of the discipline and the treatment given to the discipline by the schools, placing it only as a mechanism to complement the hours of teachers, characterizing the low quality in the teaching-learning process of the discipline. Professorialization is a term that we use to explain the process of teacher precariousness in addition to its “usual” characteristics. These are situations that do not affect teachers of the disciplines considered “classic” and untouchable at school, such as Portuguese and Mathematics for example.pt_BR
dc.identifier.urihttp://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/12919
dc.date.accessioned2020-06-08T12:03:06Z
dc.date.available2020-06-08
dc.date.available2020-06-08T12:03:06Z
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.subjectEnsino de Sociologia – Ensino Médiopt_BR
dc.subjectProfessores de sociologiapt_BR
dc.subjectFormação docente - sociologiapt_BR
dc.subjectPerfil de professores de sociologiapt_BR
dc.subjectPernambuco – professores de sociologiapt_BR
dc.subjectRemuneração de professorespt_BR
dc.subjectProfessoralização de sociologiapt_BR
dc.subjectSociology Teaching - High Schoolpt_BR
dc.subjectSociology professorspt_BR
dc.subjectTeacher training - sociologypt_BR
dc.subjectProfile of sociology professorspt_BR
dc.subjectPernambuco - sociology professorspt_BR
dc.subjectTeacher remunerationpt_BR
dc.subjectSociology professorializationpt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.creatorSOUZA, João Henrique Lúcio de.
dc.publisherUniversidade Federal de Campina Grandept_BR
dc.languageporpt_BR
dc.title.alternativeAnd can it get worse, professor? The teaching profession of sociology teachers in high schools in Pernambuco.pt_BR
dc.identifier.citationSOUZA, João Henrique Lúcio de. E pode piorar, professor?: A professorarização do docente de sociologia nas escolas do ensino médio de Pernambuco. 2020. 118f.  Dissertação ( Mestrado Profissional de Sociologia), Programa de Pós-Graduação em Sociologia em Rede Nacional, Centro de Desenvolvimento Sustentável do Semiárido, Universidade Federal de Campina Grande, Sumé – Paraíba – Brasil, 2020. Disponível em: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/12919pt_BR
Appears in Collections:Mestrado Profissional de Sociologia em Rede Nacional - Campus de Sumé - CDSA

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
JOÃO HENRIQUE LÚCIO DE SOUZA - DISSERTAÇÃO PROFSOCIO CDSA 2020.pdfJoão Henrique Lúcio de Souza - Dissertação PROFSOCIO CDSA 2020. 1.52 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.