Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/12930
Title: Efeitos do extrato aquoso de Phyllanthus niruri Linn sobre parâmetros neurocomportamentais na prole de ratas tratadas durante a gestação e lactação.
Other Titles: Effects of the aqueous extract of Phyllanthus niruri Linn on neurobehavioral parameters in the offspring of treated rats during pregnancy and lactation.
???metadata.dc.creator???: ALVES, Maciel da Costa.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: FREITAS, Juliano Carlo Rufino de.
???metadata.dc.contributor.advisor-co1???: SANTOS, Claudia Patrícia Fernandes dos.
???metadata.dc.contributor.advisor-co2???: SOARES, Juliana Késsia Barbosa.
???metadata.dc.contributor.referee1???: LIMA, Igara Oliveira.
???metadata.dc.contributor.referee2???: MELO, Marília Ferreira Frazão Tavares de.
Keywords: Phyllanthus niruri Linn;Toxicidade materna;Desempenho reprodutivo;Maturação reflexa;Memória;Maternal toxicity;Reproductive performance;Reflex maturation;Memory
Issue Date: 19-Feb-2020
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: ALVES, Maciel da Costa. Efeitos do extrato aquoso de Phyllanthus niruri Linn sobre parâmetros neurocomportamentais na prole de ratas tratadas durante a gestação e lactação. 2020. 94 fl. (Dissertação de Mestrado em Ciências Naturais e Biotecnologia), Programa de Pós-graduação em Ciências Naturais e Biotecnologia, Centro de Educação e Saúde, Universidade Federal Campina Grande - Cuité - Paraíba - Brasil, 2020.
???metadata.dc.description.resumo???: Phyllanthus niruri Linn, espécie herbácea pertencente à família Phyllanthaceae, conhecida popularmente por “quebra-pedra”, é uma planta utilizada na medicina tradicional para tratar várias doenças, principalmente litíase renal. É amplamente estudada quanto a uma variedade de propriedades farmacológicas. No entanto, os efeitos da exposição materna a P. niruri permanecem inexplorados. O presente estudo teve por objetivo avaliar os efeitos da administração do extrato aquoso de P. niruri (EAPN), durante a gestação e lactação, quanto a toxicidade materna sistêmica, ontogênese reflexa neonatal e o desenvolvimento da memória da prole de ratos na vida adulta. Ratas primigestas foram divididas aleatoriamente em três grupos: um controle (n = 8) e dois tratados por via oral (gavagem) com o EAPN (75 e 150 mg/kg/dia) (n = 8/grupo) durante a gestação e lactação. Nas mães foram analisados a evolução ponderal, consumo de ração, parâmetros de fertilidade e o desempenho reprodutivo. Nos filhotes, a maturação dos parâmetros reflexos foram avaliados entre o 1º e 21º dia pós-natal. Na vida adulta (80 a 90 dias pós-natal), os animais foram submetidos aos seguintes testes para avaliação do aprendizado e da memória: teste de habituação ao campo aberto, como exposição repetida após sete dias; e o teste de reconhecimento de objetos, com exposição do animal ao campo aberto a uma sessão de habituação, familiarização e a duas fases de testes. Utilizou-se o teste de KruskalWallis para os dados não paramétricos e ANOVA unidirecional e bidirecional para dados paramétricos. As diferenças entre grupos foram consideradas significativas quando p < 0,05. A exposição materna ao EAPN nas doses de 75 e 150 mg/kg não interferiu no ganho de peso corporal, consumo de ração, parâmetros de fertilidade e o desempenho reprodutivo. Na prole foi observado antecipação no tempo de conclusão da ontogênese reflexa para a maioria dos parâmetros avaliados (p < 0,05). Durante a fase adulta os grupos EAPN exibiram diminuição da atividade exploratória, de maneira dependente da dose, e da atividade locomotora após segunda exposição no teste de habituação em campo aberto (p < 0,05), indicando facilitação da aprendizagem. Além disso, a exposição ao extrato a 75 e 150 mg/kg induziu melhora significativa e dependente da dose na memória a curto e a longo prazo no teste de reconhecimento de objetos (p < 0,05), observada através do aumento estatisticamente significativo do tempo total usado na exploração do objeto novo em comparação ao tempo gasto no objeto familiar. O presente estudo fornece, pela primeira vez, evidências de que a administração do EAPN não induz toxicidade materna e neonatal, acelera a maturação reflexa dos neonatos e melhora a aprendizagem e a memória da prole de forma dose-dependente.
Abstract: Phyllanthus niruri Linn, an herbaceous species belonging to the Phyllanthaceae family, popularly known as “quebra-pedra”, is a plant used in traditional medicine to treat various diseases, mainly kidney stones. It is widely studied for a variety of pharmacological properties. However, the effects of maternal exposure to P. niruri remain unexplored. The present study aimed to evaluate the effects of the administration of the aqueous extract of P. niruri (EAPN), during pregnancy and lactation, regarding systemic maternal toxicity, neonatal reflex ontogenesis and the development of the memory of the offspring of rats in life adult. Primigravida rats were randomly divided into three groups: one control (n = 8) and two treated orally (gavage) with EAPN (75 and 150 mg/kg/day) (n = 8/group) during pregnancy and lactation. In mothers, weight evolution, feed intake, fertility parameters and reproductive performance were analyzed. In puppies, maturation of reflex parameters was assessed between the 1st and 21st postnatal days. In adulthood (80 to 90 postnatal days), the animals were subjected to the following tests to assess learning and memory: habituation test to the open field, as repeated exposure after seven days; and the object recognition test, with exposure of the animal to the open field to a habituation, familiarization session and two test phases. The Kruskal-Wallis test was used for non-parametric data and One-Way and Two-Way ANOVA for parametric data. Differences between groups were considered significant when p < 0.05. Maternal exposure to EAPN at doses of 75 and 150 mg/kg did not interfere with body weight gain, feed intake, fertility parameters and reproductive performance. In the offspring, anticipation of the time of completion of reflex ontogenesis was observed for most of the evaluated parameters (p < 0.05). During adulthood, the EAPN groups showed a decrease in exploratory activity, in a dose-dependent manner, and in locomotor activity after a second exposure in the habituation test in the open field (p < 0.05), indicating facilitation of learning. In addition, exposure to the extract at 75 and 150 mg / kg induced a significant and dosedependent improvement in short and long-term memory in the object recognition test (p < 0.05), observed through the statistically significant increase in the total time used to explore the new object compared to the time spent on the familiar object. The present study provides, for the first time, evidence that the administration of EAPN does not induce maternal and neonatal toxicity, accelerates the reflexive maturation of neonates and improves the learning and memory of the offspring in a dose-dependent manner.
Keywords: Phyllanthus niruri Linn
Toxicidade materna
Desempenho reprodutivo
Maturação reflexa
Memória
Maternal toxicity
Reproductive performance
Reflex maturation
Memory
???metadata.dc.subject.cnpq???: Ciências Biológicas
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/12930
Appears in Collections:Mestrado em Ciências Naturais e Biotecnologia (Cuité)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MACIEL DA COSTA ALVES - DISSERTAÇÃO PPGCNBio 2020.pdfMACIEL DA COSTA ALVES - DISSERTAÇÃO PPGCNBio 20201.17 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.