Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/13037
Title: Personalizando atividades para estimular o engajamento de aprendizes de programação.
Other Titles: Customizing activities to stimulate programming apprentice engagement.
???metadata.dc.creator???: MAIA, Mirna Carelli Oliveira.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: GUERRERO, Dalton Dario Serey.
???metadata.dc.contributor.referee1???: ANDRADE, Wilkerson de Lucena.
???metadata.dc.contributor.referee2???: ARAÚJO, Eliane Cristina de.
???metadata.dc.contributor.referee3???: SIQUEIRA, Sean Wolfgand Matsui.
???metadata.dc.contributor.referee4???: BITTENCOURT, Roberto Almeida.
Keywords: Computação – Estudo e Ensino;Programação – Computação;Engajamento do Estudante;Aprendizagem Colaborativa;Educação em Computação;Atividades de Programação;Computing - Study and Teaching;Programming - Computing;Student Engagement;Collaborative Learning;Computer Education;Programming Activities
Issue Date: 8-May-2020
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: MAIA, M. C. O. Personalizando atividades para estimular o engajamento de aprendizes de programação. 2020. 161 f. Tese (Doutorado em Ciência da Computação) – Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação, Centro de Engenharia Elétrica e Informática, Universidade Federal de Campina Grande, Paraíba, Brasil, 2020.
???metadata.dc.description.resumo???: O processo de ensino-aprendizagem de programação envolve diversos fatores, como estratégias específicas de ensino e avaliação, além daqueles que estão relacionados ao perfil dos estudantes. Nos últimos anos, esse último fator tem se destacado por compreender aspectos importantes nesse processo, como o comportamento e as atitudes dentro e fora da sala de aula, esforço cognitivo e algumas sensações vivenciadas. Os estudantes de cursos de Computação são considerados pouco engajados quando comparados aos de outros cursos. Essa conclusão quando se compara o nível de engajamento dos estudantes utilizando o instrumento National Survey of Student Engagement, que é o mais consolidado na literatura da área. Nessa corrente de pesquisa, a principal crítica dos especialistas diz respeito à falta de adequação dos indicadores de engajamento utilizados pelo instrumento em relação à natureza do curso de computação. Considerando que cursos de Introdução à Programação são apontados como a causa de níveis significativos de ansiedade e frustração, alguns especialistas criticam a escassez de estudos voltados a relacionar o aspecto emocional ao engajamento. Isso se deve, certamente, ao interesse mais expressivo em analisar o que os estudantes fazem do que compreender as respostas afetivas relacionadas ao processo de aprendizagem. Aos poucos, estratégias para estimular os alunos a desenvolver atitudes mais positivas tem recebido considerável atenção na literatura. Nessa pesquisa, foram investigadas as principais dificuldades encontradas para estimular e mensurar o engajamento de estudantes de computação em atividades referentes à programação. Para isso, foi desenvolvido um modelo de personalização de atividades e a definição de métricas capazes de representar o engajamento de aprendizes de programação. Contiguamente, foram realizados os estudos qualitativos, experimentais e de caso, para compreender os efeitos da aplicação da proposta de personalização no engajamento. Os resultados obtidos indicam que a aplicação de atividades personalizadas influencia no engajamento emocional, acrescendo a presença de emoções positivas, como as vinculadas ao poder, a tranquilidade, a produtividade, e reduzindo a sensação de emoções negativas, como a tristeza e o espanto. Ao passo que não foi possível observar a influência do método nos aspectos relacionados a cognição e comportamento do engajamento quanto às métricas propostas.
Abstract: Programming learning involves several factors, including teaching and assessment strategies, and those related to students, such as engagement. In recent years, engagement has stood out for involving essential aspects, such as behavior and attitudes inside and outside the classroom, cognitive effort, and sensations experienced in the programming learning process. Computer course students have low engagement if they are compared the level of student engagement using the National Survey of Student Engagement instrument of other students. About this, the specialists’ criticism is about the adequacy of the engagement indicators used by the tool to the nature of the computing course. Considering that introductory programming courses are identified as the cause of significant levels of anxiety and frustration, some experts criticize the lack of emphasis on studies on the emotional aspect of student engagement. This is because there is a greater interest in analyzing what students do, instead of understanding affective responses to the learning process. Gradually, strategies to help students develop more positive attitudes have received considerable attention in the literature. In this research, we investigate the difficulty of stimulating and measuring student engagement in programming learning activities. For this, we developed a model for personalizing activities and defined metrics to represent the engagement of programming learners. We carry out qualitative experimental and case studies to understand the effects on student engagement of the application of the personalization proposal. Our results suggest that the application of personalized activities influences emotional engagement, improving positive emotions, such as those linked to power, tranquility, productivity, and reducing the feeling of negative emotions, such as sadness and astonishment. While we are unable to perceive influence on the cognition and behavioral aspects of engagement when implemented with the proposed metrics.
Keywords: Computação – Estudo e Ensino
Programação – Computação
Engajamento do Estudante
Aprendizagem Colaborativa
Educação em Computação
Atividades de Programação
Computing - Study and Teaching
Programming - Computing
Student Engagement
Collaborative Learning
Computer Education
Programming Activities
???metadata.dc.subject.cnpq???: Ciência da Computação
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/13037
Appears in Collections:Doutorado em Ciência da Computação.

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MIRNA CARELLI OLIVEIRA MAIA – TESE (PPGCC) 2020.pdf8.35 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.