Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/13254
Title: Acidentes de trabalho: um estudo quantitativo em um hospital do Sertão Paraibano.
Other Titles: Occupational accidents: a quantitative study in a hospital in the Sertão Paraibano.
???metadata.dc.creator???: DINIZ, Suelany Pereira.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: PINHEIRO, Maria Berenice Gomes Nascimento.
???metadata.dc.contributor.referee1???: FREIRE, Roberta de Miranda Henriques.
???metadata.dc.contributor.referee2???: PEREIRA, Guêdijany Henrique.
Keywords: Acidente de trabalho;Enfermagem-acidentes de trabalho;Enfermagem do trabalho;Riscos ocupacionais;Hospital público-acidentes de trabalho;Work accident;Nursing-accidents at work;Nursing work;Occupational risks;Public hospital-work accidents
Issue Date: 2010
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: DINIZ, Suelany Pereira. Acidentes de trabalho: estudo quantitativo em um hospital do Sertão Paraibano. 2010. 66f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Enfermagem) - Centro de Formação de Professores, Universidade Federal de Campina Grande, Cajazeiras, Paraíba, Brasil, 2010.
???metadata.dc.description.resumo???: O trabalho nas instituições hospitalares pode determinar uma serie de agravantes a integridade e a saúde do trabalhador, devido as características do ambiente laboral. O presente estudo tem como objetivo identificar os principais acidentes de trabalho que acometem a equipe de enfermagem do setor de emergência, além de identificar os EPIs mais utilizados, a situação em que se encontra o esquema vacinal dos profissionais e investigar se a instituição promove educação em saúde sobre Segurança no Trabalho. Trata-se de um estudo descritivo e exploratório com abordagem quantitativa, realizado em um hospital publico localizado em Cajazeiras no alto Sertão Paraibano. A coleta de dados se deu por meio da aplicação de questionário semi-estruturado aos profissionais de enfermagem que atuam no setor de urgência e emergência. Para a analise e discussão dos resultados foi preparado banco de dados de acordo com estatística descritiva, estes foram aglomerados com o programa Microsoft Excel, versão Windows. 7, através do índice de frequência e percentual. A amostra foi composta por 43 profissionais de enfermagem, sendo 81,4% do gênero feminino, no que se refere a categoria profissional, 58,14% são Técnicos de Enfermagem. Dentre os sujeitos 53% afirmaram que já sofreram algum tipo de acidente de trabalho. Os acidentes perfurantes foram os que mais acometeram os profissionais (51,5%), seguido dos acidentes cortantes (24,2%). No tocante aos EPIs, o jaleco, sapato fechado e luva são os mais utilizados, entretanto o uso desses equipamentos pode varia de acordo com o procedimento a ser realizado pelo profissional. O esquema vacinal de 88% dos participantes esta completo e 81% relataram que a instituição nunca promoveu capacitação em Segurança no Trabalho. Além disso, 81% dos profissionais pesquisados caracterizaram o setor de emergência como insalubre. Conclui-se que, a instituição pesquisada deve promover a educação continuada desses profissionais no que concerne a segurança no trabalho, a fim de instruir esses sujeitos acerca da prevenção de acidentes e doenças ocupacionais. Tal iniciativa garantira um maior nível de satisfação e segurança aos profissionais durante o ato de cuidar.
Abstract: The work in hospitals institution can determine a lot of aggravating to worker's health, owing the characteristics of the work's environment. In the present research, the aims are identifying the main work accident that affects the nursing team in emergency department. Identify the most used equipments of individual protection (EIP), the condition of vaccination scheme of the professionals and investigate if the institution offers health education about occupational safety. Is a descriptive and exploratory study with quantitative approach, it was carried out at a public hospital from Cajazeiras in the region of the state of Paraiba. Data were collected through a semi structured questionnaire applied with the professionals that operate in emergency section. For analysis and discussion of the results, a database was prepared using descriptive statistics, it was grouped by Microsoft Excel program, version Windows. 7, through frequency index and percentage. The sample was composed by 43 nurses professionals, of this 81,4% are the female gender; referring to professional category, 58,14% are professionals in nursing technicians. Among the subjects 53% said they had suffered some kind of occupational accidents. The penetrating accidents were the most affected the professionals (51,5%), after the cutting accidents (24,2%). About the EIP, the laboratory coats, closed shoes and gloves are de most used, but the use of these equipments can be accord to the procedure. The vaccination scheme of 88% of the participants is complete and 81% tell that institution never offered training about occupational safety. Beyond this, 81% professionals consider the emergency section unhealthy. So, is essential for professionals, education about prevent occupational accidents and disease. This action, will insure more satisfied and safeties to professionals during the activities.
Keywords: Acidente de trabalho
Enfermagem-acidentes de trabalho
Enfermagem do trabalho
Riscos ocupacionais
Hospital público-acidentes de trabalho
Work accident
Nursing-accidents at work
Nursing work
Occupational risks
Public hospital-work accidents
???metadata.dc.subject.cnpq???: Enfermagem.
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/13254
Appears in Collections:Curso de Bacharelado em Enfermagem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
SUELANY PEREIRA DINIZ. TCC. BACHARELADO EM ENFERMAGEM. 2010.pdfSuelany Pereira Diniz. TCC. Bacharelado em Enfermagem. 2010.7.23 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.