Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/1335
Title: A vivência de um laboratório social no sertão de Pernambuco: lideranças, mediação e práticas sociais em Mirandiba.
Other Titles: The experience of a social laboratory in the hinterland of Pernambuco: leaders, mediation and social practices in Mirandiba.
???metadata.dc.creator???: FAURE, Xavier Jean Charles.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: GOMES, Ramonildes Alves.
???metadata.dc.contributor.referee1???: CUNHA , Luís Henrique Hermínio.
???metadata.dc.contributor.referee2???: BATISTA , Mércia Rangel.
???metadata.dc.contributor.referee3???: CORREA , José Gabriel Silveira.
???metadata.dc.contributor.referee4???: NEVES , Delma Pessanha.
Keywords: Mediador Social;Lideranças;Agricultura Familiar;Sociologia do Desenvolvimento;Socioantropologia;Mediator;Leaders;Family Farmers;Sociology of Development;Social Anthropology
Issue Date: 17-Nov-2017
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: FAURE, X. J. C. A vivência de um laboratório social no sertão de Pernambuco: lideranças, mediação e práticas sociais em Mirandiba. 2017. 452 f. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) – Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais), Centro de Humanidades, Universidade Federal de Campina Grande, Paraíba, Brasil, 2017.
???metadata.dc.description.resumo???: Esta tese descreve o processo de como lideranças políticas e comunitárias de Mirandiba (município do sertão de Pernambuco) dão corpo a intervenções do poder público e da sociedade civil cujo objetivo é a promoção dos direitos sociais de agricultores familiares e da população quilombola. Os processos estudados tiveram início nos anos 1990, quando um jovem político de Mirandiba se elegeu prefeito pelo Partido dos Trabalhadores e promoveu o que ele denominou de “laboratório social”. Ou seja, um conglomerado de programas e projetos sociais no pequeno munícipio, – os quais tinham como objetivo o “empoderamento” da população pobre da área rural. A dinâmica criada favoreceria a emergência, nas próprias comunidades rurais, de lideranças. No ano de 2001 uma parte dessas lideranças criou uma ONG local em Mirandiba. Entre as ações impulsionadas pela ONG Conviver destaca-se o PAA – Programa de Aquisição de Alimentos. Na mesma época, algumas lideranças da ONG protagonizaram intervenções públicas para os quilombolas – que se tornaria a identidade formal de um número significativo de comunidades locais a partir de 2006. Nesse contexto de profusão de intervenções públicas e civis voltadas para os agricultores familiares e quilombolas, faremos o retrato das lideranças comunitárias – assim como do político – Nelson Pereira – que contribuiu para a dinâmica inicial de mobilização. Esse retrato – baseado nas práticas e representações dos comunitários e das próprias lideranças – será ambivalente. Para alguns, as lideranças são interesseiras, elas tiram vantagens de suas funções, de sua influência, para si mesmo ou para seus grupos de parentesco. Para outros, as mesmas lideranças são altruístas, procuram defender os direitos sociais dos quilombolas e dos agricultores familiares. Essas contradições revelam que a materialização das intervenções, pelas lideranças, é um processo complexo. Um processo que remete a interesses diversos, dinâmicas diversas, normas diversas, poderes diversos. Para dar conta dessa complexidade, adotamos a perspectiva do mediador. A liderança é vista como uma figura mediadora, que participa da “tradução” local de programas e projetos inicialmente induzidos em esferas externas. Nosso enfoque é também inspirado pela antropologia da ação pública e das políticas públicas, a qual possibilita refletir sobre o “entrelaçamento de lógicas sociais” observadas empiricamente nas intervenções do poder público e/ou da sociedade civil.
Abstract: This thesis describes how political and community leaders from Mirandiba (municipality of the hinterland of Pernambuco) give shape to interventions of the public power and of civil society whose objective is the promotion of the social rights of the familiar farmers and the quilombolas. The processes studied began in the 1990s, when a young politician from Mirandiba was elected mayor by the Workers' Party and promoted what he called a "social laboratory." That is, a conglomeration of social programs in the small municipality, which aimed at empowering the rural population. The dynamics created would favor the emergence in the rural communities of community leaders. Part of them created in 2001 a local NGO, the “Conviver”, who stands up the Food Acquisition Program. At the same time, some leaders of the NGO carried out public interventions for quilombolas – which would become the formal identity of a significant number of local communities as of 2006. In this context of profusion of public and civil interventions for family farmers and quilombolas, we will make the portrait of community leaders – as well as the politician, Nelson Pereira, who contributed to the initial mobilization dynamics. This portrait – based on the practices and representations of community members and leaders themselves – will be ambivalent. For some, leaders are self-seeking: they take advantage of their functions, of their influence, for themself or for their kinship group. For others, the same leaders are altruistic: they seek to defend the social rights of quilombolas and family farmers. These contradictions reveal that the materialization of interventions by leaders is a complex process. A process that refers to diverse interests, diverse dynamics, diverse norms, diverse powers. To take care of this complexity, we adopt the perspective of the mediator. Leadership is seen as a mediating figure who participates in the local translation" of programs and projects initially induced in external spheres. Our approach is also inspired by the anthropology of public action and public policy, which allows us to reflect on the "interlocking of social logics" observed empirically in the interventions of public power and / or civil society.
Keywords: Mediador Social
Lideranças
Agricultura Familiar
Sociologia do Desenvolvimento
Socioantropologia
Mediator
Leaders
Family Farmers
Sociology of Development
Social Anthropology
???metadata.dc.subject.cnpq???: Ciências Sociais
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/1335
Appears in Collections:Doutorado em Ciências Sociais.

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
XAVIER JEAN CHARLES FAURE - TESE (PPGCS) 2017.pdf4.41 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.