Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/13531
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creator.IDGUEDESpt_BR
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/7650324223843083pt_BR
dc.contributor.advisor1ZANELLA, Fernando César Vieira.-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/8242371134843208pt_BR
dc.contributor.referee1BICHO, Carla de Lima.-
dc.contributor.referee2MARTINS, Celso Feitosa.-
dc.description.resumoA Caatinga apresenta diferentes fisionomias e composições florísticas locais, e o conhecimento de sua fauna e flora na caracterização das diferentes fácies é urgente devido à grande pressão antrópica. Os polinizadores desempenham um papel ecológico fundamental, participando do processo de fertilização das plantas, sendo inéditos os estudos com o conjunto da guilda de visitantes florais em Caatinga. Este estudo teve como objetivos: a) realizar a caracterização fitossociológica do componente arbustivo-arbóreo de um remanescente de caatinga com fitofisionomia relativamente homogênea, descrevendo a composição florística e a sua estrutura; b) estudar a diversidade, a abundância e a variação sazonal de visitantes florais em uma unidade de paisagem de caatinga no semiárido paraibano. O trabalho foi desenvolvido na Fazenda Tamanduá, município de Santa Terezinha (7°01’S, 37°24’W), Paraíba, Brasil. Para a caracterização fitossociológica, foram amostrados todos os indivíduos arbustivo-arbóreos, vivos ou mortos ainda em “pé”, com circunferência a 30 cm da base ≥ 10 cm e altura total ≥ 1 m. Foram alocadas 10 parcelas de 20 x20 m, distribuídas aleatoriamente. Foram amostrados 649 espécimes vegetais (603vivos e 46 mortos) compreendendo 21 espécies distribuídas em 21 gêneros e 11famílias botânicas. A densidade média foi estimada em 1.622,5 indivíduos/ha e a área basal em 9,21m2/ha. As principais espécies, conforme o índice de valor de importância foram Poincianella pyramidalis (Tul.) L. P. Queiroz, Aspidosperma pyrifolium Mart. e Commiphora leptophloeos (Mart.) J.B. Gillett. Apesar de ser uma área que se apresenta bem conservada no contexto da região, a comunidade vegetal apresentou elevada densidade de indivíduos com fustes com pequenos diâmetros ≤ 6 cm (63%) e indícios de que ainda se encontra em recuperação. A composição florística e a riqueza de espécies são similares às encontradas em outras áreas da região, com destaque para a abundância de Commiphora leptophloeos e Amburana cearensis (Alemão) A.C. Sm. A guilda de visitantes florais foi amostrada sistematicamente com rede entomológica ou observação direta, dos indivíduos em flores ou em voo, ao longo de seis transectos. A coleta de dados foi realizada durante um ano, um dia a cada mês das 5h30 às 16h30, com uma hora de intervalo a cada hora de amostragem. A guilda de visitantes florais amostrada é composta por quatro grupos de insetos e um de pássaro. Um total de 1.393 indivíduos representando 143 espécies foi registrado. Hymenoptera, Lepidoptera e Diptera foram as ordens com maior numero de espécies amostradas. No entanto a ordem Lepidoptera foi a mais abundante, seguida por Hymenoptera e Diptera. Apis mellifera L. (Hymenoptera) e Eurema elathea Cramer (Lepidoptera) foram as espécies predominantes. Trinta e oito espécies vegetais foram visitadas pelos antófilos durante o período estudado, representando vinte famílias botânicas, sendo as mais visitadas: Convolvulaceae, Lamiaceae, Fabaceae, Malvaceae e Euphorbiaceae. O período chuvoso apresentou maior número de espécies e de indivíduos, quando 88% das espécies e 80% dos indivíduos amostrados foram registrados. As três principais ordens de visitantes apresentaram uma queda significativa na abundância após o início do período seco, mas foram registradas espécies com adultos ativos durante o período seco, incluindo dípteros, borboletas e abelhas solitárias. No intervalo entre 7h30 e 8h30 foi amostrado o maior número de espécies e de indivíduos em atividade, sendo registradas espécies coletadas exclusivamente nos dois horários mais cedo, o que indica a sua inclusão em futuros levantamentos na Caatinga.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentCentro de Saúde e Tecnologia Rural - CSTRpt_BR
dc.publisher.programPÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS FLORESTAISpt_BR
dc.publisher.initialsUFCGpt_BR
dc.subject.cnpqCiências Florestais.pt_BR
dc.subject.cnpqEngenharia Florestal.pt_BR
dc.titleCaracterização fitossociológica da vegetação lenhosa e diversidade, abundância e variação sazonal de visitantes florais em um fragmento de caatinga no Semiárido Paraibano.pt_BR
dc.date.issued2010-02-25-
dc.description.abstractCaatinga biome presents different facies and local floristic composition, and the knowledge of the fauna and flora that characterizes the different facies becomes urgent due to the high anthropogenic pressure. Pollinators play a vital ecological role, participating in the process of fertilization of plants, and studies about the whole guild of floral visitors in local communities of caatinga are still absent. The objectives of this study were: a) perform the phytosociological characterization of the woody component of a caatinga fragment with relatively homogeneous phisiognomy, describing its floristic composition and structure, b) study the diversity, abundance and seasonal variation of floral visitors in a caatinga unit of landscape in semiarid of Paraiba. The study was conducted in Santa Terezinha (7°01'S, 37°24'W), Paraiba State, Brazil. For the phytosociological characterization, we sampled all shrub-tree individuals, alive or dead, still foot, with a circumference of 30 cm from the base ≥ 10 cm and total height ≥ 1 m, were included. Ten plots of 20 x 20 m, randomly distributed. 649 specimens (603 alive and 46 dead) comprising 21 species in 21 genera and 11 botanical families were sampled. The average density was estimated at 1622.5 individuals/ha and basal area at 9.21 m2/ha. The main species, as the index of importance value were Poincianella pyramidalis (Tul.) L. P. Queiroz, Aspidosperma pyrifolium Mart. and Commiphora leptophloeos (Mart.) J. B. Gillett. Despite being an well preserved area within the region, it has a high density of plant individuals with small diameter stems ≤ 6 cm (63%) and seems to be still regenerating. The floristic composition and species richness are similar to those found in other studied areas of the region, especially the abundance of Commiphora leptophloeos and Amburana cearensis (Allemão) A.C. Sm. The guild of floral visitors was systematically sampled with entomological nets or direct observation of individuals in flower or in flight, along six transects. Data collection was carried out during one year, a day per month, from 5:30 to 16:30, with an hour break every hour of sampling. The sampled guild of floral visitors is composed of four groups of insects and a bird. A total of 1393 individuals representing 143 species were recorded. Hymenoptera, Lepidoptera and Diptera were the orders with the greatest number of species. However the order Lepidoptera were the most abundant, followed by Hymenoptera and Diptera. Apis mellifera L. (Hymenoptera) and Eurema elathea Cramer (Lepidoptera) were the predominant species. Thirty-eight plant species were visited by anthophilous during the study period, representing twenty plant families, the most visited: Convolvulaceae, Lamiaceae, Fabaceae, Malvaceae and Euphorbiaceae. The rainy season had had a higher number of species and individuals, while 88% of the species and 80% of the individuals were recorded. The three main orders of visitors showed a significant decrease in abundance after the start of the dry season, but species were recorded with active adults during the dry season, including flies, butterflies and solitary bees. The higher species richness and abundance were sampled in the interval between 7h30 and 8h30, with some speciespt_BR
dc.identifier.urihttp://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/13531-
dc.date.accessioned2020-07-25T11:52:04Z-
dc.date.available2020-07-25-
dc.date.available2020-07-25T11:52:04Z-
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.subjectFitossociologiapt_BR
dc.subjectCaracterização fitossociológicapt_BR
dc.subjectVegetação lenhosa - fitossociologiapt_BR
dc.subjectVisitantes floraispt_BR
dc.subjectCaatingapt_BR
dc.subjectSemiárido Paraibanopt_BR
dc.subjectVariação sazonal - vegetaçãopt_BR
dc.subjectBioma Caatingapt_BR
dc.subjectDiversidade e abundância - vegetação caatingapt_BR
dc.subjectComponente arbóreo-arbustivo - caatingapt_BR
dc.subjectFloresta estacional decidual tropicalpt_BR
dc.subjectInsetos antófilospt_BR
dc.subjectCommiphora leptophloeospt_BR
dc.subjectAmburana cearensis (Alemão) A.C. Smpt_BR
dc.subjectLepidoptera - ordempt_BR
dc.subjectWoody vegetation - phytosociologypt_BR
dc.subjectPhytosociologypt_BR
dc.subjectCaatinga Biomept_BR
dc.subjectSeasonal variation - vegetationpt_BR
dc.subjectDiversity and abundance - caatinga vegetationpt_BR
dc.subjectTree-shrub component - caatingapt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.creatorGUEDES, Rozileudo da Silva.-
dc.publisherUniversidade Federal de Campina Grandept_BR
dc.languageporpt_BR
dc.title.alternativePhytosociological characterization of woody vegetation and diversity, abundance and seasonal variation of flower visitors in a caatinga fragment in the semiarid Paraiba - Brazil.pt_BR
dc.identifier.citationGUEDES, Rozileudo da Silva. Caracterização fitossociológica da vegetação lenhosa e diversidade, abundância e variação sazonal de visitantes florais em um fragmento de caatinga no Semiárido Paraibano. 2010. 109f. (Dissertação de Mestrado em Ciências Florestais), Programa de Pós-graduação em Ciências Florestais, Centro de Saúde e Tecnologia Rural, Universidade Federal de Campina Grande – Patos – Paraíba Brasil, 2010.pt_BR
Appears in Collections:Mestrado em Ciências Florestais.

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ROSILEUDO DA SILVA GUEDES - DISSERTAÇÃO PPGCF 2010.pdfRozileudo da Silva Guedes - Dissertação PPGCF 20101.49 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.