Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/1357
Title: Currais, cangalhas e vapores: dinâmicas de fronteira e conformação das estruturas social e fundiária nos “Sertões da Borborema” (1780-1920).
???metadata.dc.creator???: NUNES, Aldo Manoel Branquinho.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: CUNHA, Luis Henrique Hermínio.
???metadata.dc.contributor.referee1???: SAMPAIO , Yony de Sá Barreto.
???metadata.dc.contributor.referee2???: CHRISTILLINO , Cristiano Luís.
???metadata.dc.contributor.referee3???: CORRÊA , José Gabriel Silveira.
???metadata.dc.contributor.referee4???: BATISTA , Mércia Rejane Rangel.
???metadata.dc.contributor.referee5???: MIRANDA, Roberto de Sousa.
Keywords: Ocupação do Semiárido;Mudança Social;Propriedade da Terra;Situações de Fronteira;Semiarid Occupation;Social Change;Land Property;Frontier Situations
Issue Date: 15-Dec-2016
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: NUNES, A. M. B. Currais, cangalhas e vapores: dinâmicas de fronteira e conformação das estruturas social e fundiária nos “Sertões da Borborema” (1780-1920). 2016. 248 f. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) – Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais), Centro de Humanidades, Universidade Federal de Campina Grande, Paraíba, Brasil, 2016.
???metadata.dc.description.resumo???: Este trabalho teve como objetivo colocar novos elementos à teoria social ocupada em estudar o processo de ocupação e povoamento da área que foi denominada, ao longo do texto, de “Sertões da Borborema”, uma parte do semiárido brasileiro, formada pelas atuais microrregiões do Pajeú e Sertão do Moxotó, em Pernambuco e Cariri Ocidental e Serra do Teixeira, na Paraíba. Com um esforço empírico orientado por um enfoque de longa duração, procurou compreender os processos de conformação das estruturas agrária e social dessa área, entre o final do século XVIII e início do século XX, a partir do entendimento de que esse ambiente vivenciou, nesse período, dinâmicas de fronteira, especialmente, a partir do avanço do plantio de algodão que atraiu enormes contingentes de indivíduos e grupos familiares para se instalarem como proprietários de terra, o que promoveu, na passagem do século XIX para o XX, um processo consistente de crescimento populacional, surgimento de várias localidades e criação de vilas e novas cidades. Essa pesquisa vem confrontar uma visão bem consolidada, no campo da teoria social, que se baseia numa chave analítica que tem o latifúndio de origem sesmarial e a constituição da dita “civilização do couro” como centrais e determinantes no processo de ocupação e povoamento do interior nordestino, que sedimentou a imagem, por vezes depreciativa, do semiárido como o lugar por excelência do latifúndio, herança necessária do processo de concessão de sesmarias às famílias de elite de origem lusitana. Com uma ferramenta que combinou pesquisa documental, história oral e de vida, foi possível construir um quadro explicativo que elucidou, não só o processo de substituição da antiga elite agrária de origem sesmarial, por uma nova elite de origem muito variada, mas que tinha o plantio, comércio e processamento do algodão como atividades centrais, mas também foi possível compreender processos de mudança que permitiram a inserção de famílias pobres ao mundo social dos proprietários de terra e como, em algumas áreas mais, em outras menos, ocorreu mesmo uma mudança no padrão fundiário, com o predomínio da pequena propriedade. Foi direcionada atenção às famílias que, chegando aos “Sertões da Borborema”, entre os séculos XIX e XX, tornaram-se proprietárias de terras que antes tinham sido fruto de concessão sesmarial. Foi dado enfoque à trajetória social dessas famílias e aos processos de mudança que protagonizaram.
Abstract: This work had the objective of putting new elements to the social theory occupied in studying the process of occupation and settlement of the area that was denominated, throughout the text, “Sertões da Borborema”, a part of the brazilian semiarid, formed by the current microregions of “Pajeú” and “Sertão do Moxotó”, in Pernambuco and “Cariri Ocidental” and “Serra do Teixeira”, in Paraíba. With an empirical effort oriented by a long-term approach, it sought to understand the processes of conformation of the agrarian and social structures of this area, between the end of the eighteenth century and the beginning of the twentieth century, from the understanding that this environment experienced, in that period , border dynamics, especially from the advance of the cotton plantation that attracted huge contingents of individuals and family groups to establish themselves as landowners, which promoted, in the passage from the nineteenth century to the twentieth, a consistent process of growth population, emergence of various localities and creation of towns and new cities. This research comes to confront a well consolidated view in the field of social theory, which is based on an analytical key that has the latifundio of “sesmarial” origin and the constitution of the so-called "civilização do couro" as central and determinant in the process of occupation and settlement of the interior Northeastern region, which sedimented the sometimes disparaging image of the semi-arid as the place par excellence of the latifundio, a necessary inheritance of the process of granting “sesmarias” to the elite families of lusitanian origin. With a tool that combined documentary research, oral history and life history, it was possible to construct an explanatory framework that elucidated, not only the process of replacing the old agrarian elite with “sesmarial" origin, by a new elite of very varied origin, but who had planting and processing cotton as central activities, but it was also possible to understand processes of change that allowed the insertion of poor families into the social world of landowners and how, in some areas, with the predominance of small property. The attention was drawn to the families who, arriving in “Sertões da Borborema”, between the nineteenth and twentieth centuries, became the owners of land that had previously been a sesmarial concession origin. It was given a focus on the social trajectory of these families and the processes of change that they carried out.
Keywords: Ocupação do Semiárido
Mudança Social
Propriedade da Terra
Situações de Fronteira
Semiarid Occupation
Social Change
Land Property
Frontier Situations
???metadata.dc.subject.cnpq???: Ciências Sociais
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/1357
Appears in Collections:Doutorado em Ciências Sociais.

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ALDO MANOEL BRANQUINHO NUNES - TESE (PPGCS) 2016.pdf12.98 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.