Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/13582
Title: Prevalência de infecção do trato urinário em gestantes atendidas em consulta pré-natal nas unidades básica de saúde do município de Cajazeiras.
Other Titles: Prevalence of urinary tract infection in pregnant women attended in prenatal consultations at basic health units in the municipality of Cajazeiras.
???metadata.dc.creator???: NASCIMENTO, Washington Luiz da Silva.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: OLIVEIRA, Flávia Márcia.
???metadata.dc.contributor.advisor-co1???: ARAÚJO, George Luiz de Souza.
???metadata.dc.contributor.referee1???: SOUSA, Eliane Leite.
Keywords: Infecção urinária - gestação;Pré-natal - Unidades Básicas de Saúde - Cajazeiras - Paraíba;Urinary tract infection - pregnancy;Prenatal Care - Basic Health Units - Cajazeiras - Paraíba
Issue Date: 2011
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: NASCIMENTO, Washington Luiz da Silva. Prevalência de infecção do trato urinário em gestantes atendidas em consulta pré-natal nas unidades básica de saúde do município de Cajazeiras. 2011. 64f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Enfermagem) - Centro de Formação de Professores, Universidade Federal de Campina Grande, Cajazeiras, Paraíba, Brasil, 2011.
???metadata.dc.description.resumo???: A infecção do trato urinário (ITU) e definida como invasão e propagação de bactérias no aparelho urinário, desde a uretra até os rins, que levam a lesões teciduais. Na gestação, a ITU e a terceira situação clinica mais comum, visto que as mudanças anatômicas e fisiológicas que ocorrem no sistema urinário pela gravidez predispõem o desenvolvimento dessa infecção. A ITU está associada a uma serie de complicações para o binômio materno-fetal que podem agravar o prognostico. O objetivo geral foi determinar a prevalência de infecção do trato urinário em gestantes atendidas em consulta pré-natal nas unidades básicas de saúde do município de Cajazeiras - PB. Trata-se de uma pesquisa de natureza quantitativa do tipo transversal com abordagem descritiva e que utiliza procedimentos documental/observacional. Na primeira etapa, foram analisados 100 prontuários de gestantes atendidas em consulta pre- natal. Na segunda etapa, dentre as 100 pacientes avaliadas, foram selecionadas 45 para a realização de entrevistas, testes de urina do tipo I e urocultura. A prevalência de ITU, conforme as informações dos prontuários das gestantes, foi igual a 29%; a maioria se encontrava no 3° trimestre de gestação. Ao realizar o exame de urocultura, encontramos uma prevalência de 22%. A urocultura e considerada o exame padrão ouro no diagnostico laboratorial de ITU, porem apenas três gestantes tiveram acesso. Os resultados demonstram a necessidade da elaboração e implementação de estratégias de educação para saúde em ITU, bem como a elaboração de pianos de cuidados baseados em evidencias socioeconômicas, clinicas e assistenciais devido a importância dessas ações para a prevenção de intercorrências durante a gravidez.
Abstract: Urinary tract infection (UTI) is defined as invasion and spread of bacteria in the urinary tract, from the urethra to the kidneys, which lead to tissue damage. In pregnancy, UTI is the third most common clinical situation, since the anatomical and physiological changes that occur in the urinary system through pregnancy predispose the development of this infection. UTI is associated with a series of complications for the maternal-fetal binomial that can worsen the prognosis. The general objective was to determine the prevalence of urinary tract infection in pregnant women attended in prenatal consultations in basic health units in the municipality of Cajazeiras - PB. This is a cross-sectional quantitative research with a descriptive approach that uses documentary / observational procedures. In the first stage, 100 medical records of pregnant women attended in prenatal consultation were analyzed. In the second stage, among the 100 patients evaluated, 45 were selected for interviews, type I urine tests and urine culture. The prevalence of UTI, according to information from the pregnant women 's medical records, was 29%; most were in the 3rd trimester of pregnancy. When performing the uroculture exam, we found a prevalence of 22%. Uroculture is considered the gold standard exam in the laboratory diagnosis of UTI, but only three pregnant women had access. The results demonstrate the need for the elaboration and implementation of health education strategies in UTI, as well as the elaboration of care plans based on socioeconomic, clinical and care evidences, due to the importance of these actions for the prevention of complications during pregnancy.
Keywords: Infecção urinária - gestação
Pré-natal - Unidades Básicas de Saúde - Cajazeiras - Paraíba
Urinary tract infection - pregnancy
Prenatal Care - Basic Health Units - Cajazeiras - Paraíba
???metadata.dc.subject.cnpq???: Enfermagem.
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/13582
Appears in Collections:Curso de Bacharelado em Enfermagem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
WASHINGTON LUIZ DA SILVA NASCIMENTO. TCC. BACHARELADO EM ENFERMAGEM. 2011.pdfWashington Luiz da Silva. TCC. Bacharelado em Enfermagem. 2011.13.58 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.