Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/13915
Title: “Maracatu não é par, é ímpar”: práticas culturais, representações e identidades no maracatu rural de Pernambuco (2000-2014).
Other Titles: “Maracatu is not even, it is unique”: cultural practices, representations and identities in the rural maracatu of Pernambuco (2000-2014).
???metadata.dc.creator???: BRITO, Fabelly Marry Santos.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: SILVA, Marcos Antonio da.
???metadata.dc.contributor.advisor2???: LIMA, Marinalva Vilar de.
???metadata.dc.contributor.referee1???: OLIVEIRA, Giuseppe Roncalli Ponce Leon de.
???metadata.dc.contributor.referee2???: BATISTA, Mércia Rejane Rangel.
Keywords: História Cultural;Maracatu Rural - Pernambuco - Brasil;Identidades;Representações;História e Tradição;Cultural History;Maracatu Rural - Pernambuco - Brazil;Identities;Representations;History and Tradition
Issue Date: 15-Jun-2020
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: BRITO, F. M. S. “Maracatu não é par, é ímpar”: práticas culturais, representações e identidades no maracatu rural de Pernambuco (2000-2014). 2020. 121 f. Dissertação (Mestrado em História) – Programa de Pós-Graduação em História, Centro de Humanidades, Universidade Federal de Campina Grande, Paraíba, Brasil, 2020.
???metadata.dc.description.resumo???: O maracatu é uma expressão cultural com presença significativa no estado de Pernambuco. Durante um longo período, as produções acerca do maracatu o enxergavam como expressão homogênea, cuja origem estava ligada às coroações de reis e rainhas congo. Propõe-se a analisar como as produções acadêmicas, a agência dos grupos e o poder público contribuíram para a construção de representações do maracatu, e, mais especificamente, do Maracatu Rural, pautadas num ideal de tradição. Até a obra de Guerra Peixe (1955), não se considerava que existiam grupos de maracatu com características distintas: o de baque virado (nação) e o de baque solto (rural); de maneira que o último fora considerado, por muito tempo, uma deturpação do primeiro. Por meio da abordagem qualitativa, recorreu-se ao uso do método da História Oral, com a realização de entrevistas com integrantes de grupos de Maracatu Rural de Pernambuco, além da análise de materiais produzidos pelo poder público, e dos estudos acadêmicos sobre o maracatu. A pesquisa possibilita compreender o Maracatu Rural enquanto tradição viva, ao colocar em questão conceitos como o de “identidade”, “tradição” e “autenticidade”, ao mesmo tempo em que dá voz aos representantes dos grupos, percorrendo os significados por eles atribuídos às suas práticas culturais e problematizando as relações entre os grupos e demais agentes culturais, considerando, sobretudo, as políticas públicas culturais no período de 2000 à 2014.
Abstract: Maracatu is a cultural expression with a significant presence in the state of Pernambuco. For a long time, productions about maracatu saw it as a homogeneous expression, whose origin was linked to the coronations of kings and queens congo. It is proposed to analyze how academic productions, group agency and public authorities contributed to the construction of representations of maracatu, and, more specifically, of Maracatu Rural, guided by an ideal of tradition. Until the work of Guerra Peixe (1955), groups of maracatu with different characteristics were not considered to exist: that of the baque virado (nation) and that of the loose baque (rural); so that the latter had long been considered a misrepresentation of the former. Through the qualitative approach, the use of the Oral History method was used, with interviews with members of Maracatu Rural groups from Pernambuco, in addition to the analysis of materials produced by the government, and academic studies on maracatu. The research makes it possible to understand Maracatu Rural as a living tradition, by calling into question concepts such as “identity”, “tradition” and “authenticity”, while giving voice to the representatives of the groups, covering the meanings attributed by them to the their cultural practices and problematizing the relations between groups and other cultural agents, considering, above all, public cultural policies in the period from 2000 to 2014.
Keywords: História Cultural
Maracatu Rural - Pernambuco - Brasil
Identidades
Representações
História e Tradição
Cultural History
Maracatu Rural - Pernambuco - Brazil
Identities
Representations
History and Tradition
???metadata.dc.subject.cnpq???: História
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/13915
Appears in Collections:Mestrado em História.

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
FABELLY MARRY SANTOS BRITO - DISERTAÇÃO (PPGH) 2020.pdf1.21 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.