Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/14192
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creator.IDSOUSA, W. J. B.pt_BR
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/3417672972335953pt_BR
dc.contributor.advisor1FOOK, Marcus Vinícius Lia.-
dc.contributor.advisor1IDFOOK, M. V. L.pt_BR
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/4149843752530120pt_BR
dc.contributor.referee1BARBOSA, Rossemberg Cardoso.-
dc.contributor.referee2VIEIRA, Fernando Fernandes.-
dc.contributor.referee3LIRA, Helio de Lucena.-
dc.contributor.referee4ROSENDO, Rosana Araújo.-
dc.description.resumoO avanço da tecnologia dos biomateriais permite desenvolver materiais que auxiliam nos processos reconstrutivos de partes do corpo e incrementam tratamentos e melhoram a qualidade de vida dos seres humanos. O Polihidroxibutirato (PHB) é um polímero biocompatível, biodegradável, muito estudado para aplicações como biomaterial devido às suas propriedades, estas ainda podem ser adequadas para diversas aplicações com a incorporação de cargas inorgânicas, a exemplo da hidroxiapatita (HA) que é biocompatível e bioativa, presente nos tecidos ósseos. Dessa forma, este trabalho teve como objetivo obter biocompósitos de PHB e HA para utilização na regeneração tecidual óssea guiada. As membranas foram obtidas utilizando o método de solubilização (evaporação de solvente) e por fusão (extrusão). As membranas sem cargas foram obtidas em duas concentrações de PHB (5 g/L e 10 g/L). Já os biocompósitos foram obtidos com adição de diferentes concentrações de HA na solução de 10 g/L. As membranas por extrusão foram obtidas sem e com concentrações de HA (1%, 2% e 3%) em relação ao PHB utilizando uma extrusora monorosca. Todas as membranas foram caracterizadas por Microscopia Ótica (MO), Microscopia Eletrônica de Varredura (MEV)/Espectroscopia por Energia Dispersiva de Raios X (EDS), Difração de Raios X (DRX), Espectroscopia no Infravermelho com Transformada de Fourier (FTIR), Termogravimetria (TGA), Ensaio Mecânico de Tração, Molhabilidade, Biodegradação In Vitro e Citotoxicidade. Por meio das técnicas de MO e MEV, foi possível observar distribuição uniforme da carga com presença de aglomerados e diferença de tonalidade de cinza, indicando as regiões cristalinas e amorfas nas membranas extrudadas. A técnica de DRX mostrou que a incorporação da HA diminuiu o perfil semicristalino dos biocompósitos. Com a técnica de FTIR não foi possível verificar interação entre os constituintes, pois a análise de infravermelho por reflexão total atenuada (ATR) é um método de análise de superfície, possivelmente devido as partículas de HA terem ficado recoberta pela matriz de PHB. Os elementos químicos presentes no PHB e HA assim como nos biocompósitos foram detectados pela técnica de EDS. O ensaio mecânico de tração apresentou uma diminuição do modulo elástico e aumento na deformação com o acréscimo da HA. O TGA indicou a perda de massa em uma única etapa, aumentando a temperatura máxima de degradação com a adição de maiores quantidades de HA. A análise de Molhabilidade indicou hidrofilicidade e ocorreu diminuição quando adicionada a HA. O ensaio de biodegradação demonstrou que a presença da HA aumentou a biodegradação. O ensaio de Citotoxicidade indicou a biocompatibilidade do material. Conclui-se que é possível obter biocompósitos de PHB/HA e o mesmo apresenta potencial para ser utilizado como biomaterial. O biocompósito por evaporação de solvente WBes1HA3 é o melhor a ser utilizado em testes in vivo para regeneração tecidual guiada e óssea guiada, devido a sua superfície ser homogênea, apresentar flexibilidade e ser biodegradável.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentCentro de Ciências e Tecnologia - CCTpt_BR
dc.publisher.programPÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA E ENGENHARIA DE MATERIAISpt_BR
dc.publisher.initialsUFCGpt_BR
dc.subject.cnpqEngenharia de Materiais e Metalúrgicapt_BR
dc.titleDesenvolvimento de membranas de polihidroxibutirato com hidroxiapatita para utilização em odontologia.pt_BR
dc.date.issued2017-02-16-
dc.description.abstractThe advancement of biomaterials technology allows to develop materials that aid in the reconstructive processes of body parts and increase treatments and improve the quality of life of human beings. Polyhydroxybutyrate (PHB) is a biocompatible, biodegradable polymer, widely studied for applications as biomaterial because of its properties, these may still be suitable for various applications with the incorporation of inorganic fillers, such as hydroxyapatite (HA) that is biocompatible and bioactive , Present in bone tissues. Thus, this work aimed to obtain PHB and HA biocomposites for use in guided bone tissue regeneration. The membranes were obtained using the solubilization method (solvent evaporation) and by melting (extrusion). Unfilled membranes were obtained in two concentrations of PHB (5 g / L and 10 g / L). The biocomposites were obtained with the addition of different concentrations of HA in the 10 g / L solution. Extrusion membranes were obtained without and at concentrations of HA (1%, 2% and 3%) relative to PHB using a monosulfate extruder. All the membranes were characterized by Optical Microscopy (OM), Scanning Electron Microscopy (SEM) / X-ray Dispersive Energy (EDS) Spectroscopy, X-ray Diffraction (XRD), Fourier Transform Infrared Spectroscopy Thermogravimetry (TGA), Mechanical Traction Test, Wettability, In Vitro Biodegradation and Cytotoxicity. By means of the MO and MEV techniques, it was possible to observe uniform distribution of the charge with the presence of agglomerates and difference of gray shade, indicating the crystalline and amorphous regions in the extruded membranes. The XRD technique showed that the incorporation of HA decreased the semicrystalline profile of the biocomposites. With the FTIR technique, it was not possible to verify the interaction between the constituents, since the attenuated total reflection infrared (ATR) analysis is a method of surface analysis, possibly because the HA particles have been covered by the PHB matrix. The chemical elements present in the PHB and HA as well as the biocomposites were detected by the EDS technique. The mechanical tensile test presented a decrease of the elastic modulus and increase in the deformation with the addition of HA. TGA indicated mass loss in a single step, increasing the maximum degradation temperature with the addition of higher amounts of HA. Wettability analysis indicated hydrophilicity and decreased when HA was added. The biodegradation assay demonstrated that the presence of HA increased biodegradation. The Cytotoxicity assay indicated the biocompatibility of the material. It is concluded that it is possible to obtain PHB / HA biocomposites and it has potential to be used as biomaterial. The solvent evaporation biocomposite WBes1HA3 is the best to be used in in vivo tests for guided tissue regeneration and guided bone, due to its homogeneous surface, to be flexible and to be biodegradable.pt_BR
dc.identifier.urihttp://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/14192-
dc.date.accessioned2020-08-17T16:31:03Z-
dc.date.available2020-08-17-
dc.date.available2020-08-17T16:31:03Z-
dc.typeTesept_BR
dc.subjectBiomateriais-
dc.subjectPolihidroxibutirato (PHB)-
dc.subjectHidroxiapatita (HA)-
dc.subjectRegeneração Tecidual Guiada-
dc.subjectOdontologia - Membrana de Polihidroxibutirato - Hidroxiapatita-
dc.subjectRegeneração Tecidual Óssea Guiada - Odontologia-
dc.subjectBiomaterials-
dc.subjectPolyhydroxybutyrate (PHB)-
dc.subjectHydroxyapatite (HA)-
dc.subjectGuided Tissue Regeneration-
dc.subjectDentistry - Polyhydroxybutyrate Membrane - Hydroxyapatite-
dc.subjectGuided Bone Tissue Regeneration - Dentistry-
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.creatorSOUSA, Wladymyr Jefferson Bacalhau de.-
dc.publisherUniversidade Federal de Campina Grandept_BR
dc.languageporpt_BR
dc.title.alternativeDevelopment of POLYHYDROXIBUTIRATE membranes with HYDROXIAPATITE for use in dentistry.pt_BR
dc.description.sponsorshipCapespt_BR
dc.identifier.citationSOUSA, W. J. B. de. Desenvolvimento de membranas de Polihidroxibutirato com hidroxiapatita para utilização em odontologia. 2017. 117 f. Tese (Doutorado em Ciência e Engenharia de Materiais), Programa de Pós-graduação em Ciência e Engenharia de Materiais, Centro de Ciências e Tecnologia, Universidade Federal de Campina Grande - Paraíba - Brasil, 2017.pt_BR
Appears in Collections:Mestrado em Ciência e Engenharia de Materiais.

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
WLADYMYR JEFFERSON BACALHAU DE SOUSA – DISSERTAÇÃO (PPGCEMat) 2017.pdf2.5 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.