Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/1447
Title: Zoneamento de risco climático para a cultura do milho: uma nova abordagem metodológica aplicada ao clima da Paraíba.
???metadata.dc.creator???: MEDEIROS, Alexandre Magno Teodosio de.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: SANTOS, Carlos Antonio Costa dos.
???metadata.dc.contributor.referee1???: BRITO, José Ivaldo Barbosa de.
???metadata.dc.contributor.referee2???: GOMES FILHO, Manoel Francisco.
???metadata.dc.contributor.referee3???: SILVINO, Guttemburg da Silva.
???metadata.dc.contributor.referee4???: FIDELIS FILHO, José.
Keywords: Risco climático;Cultura do milho;Clima paraibano;Paraíba;Zoneamento agrícola;Precipitação Pluvial;Balanço hídrico;Climate risk;Corn culture;Climate Paraibano;Agricultural Zoning;Rainfall;Hydric balance
Issue Date: 22-Feb-2017
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: MEDEIROS, A. M. T. de. Zoneamento de risco climático para a cultura do milho: uma nova abordagem metodológica aplicada ao clima da Paraíba. 2017. 113 f. Tese (Doutorado em Meteorologia), Programa de Pós-graduação em Meteorologia, Centro de Ciências e Tecnologia, Universidade Federal de Campina Grande - Paraíba - Brasil, 2017.
???metadata.dc.description.resumo???: O objetivo deste trabalho foi desenvolver uma nova abordagem metodológica para ser utilizada em associação aos resultados da técnica já consolidada do Zoneamento Agrícola de Riscos Climáticos (ZARC) adotada pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento - MAPA, visando adequar os resultados do zoneamento tradicional a realidade do período chuvoso local, através da análise do balanço hídrico, procurando assim, minimizar, ainda mais o risco climático para a cultura do milho de sequeiro no Estado da Paraíba. Elaborou-se inicialmente o ZARC para a cultura do milho, com base na aplicação do modelo de balanço hídrico SARRAZON (Sistema de Análise Regional dos Riscos Agroclimáticos, Módulo Zoneamento) e que combinado com ferramentas de geoprocessamento, utilizou-se para identificar as áreas e os períodos de menor risco de quebra de rendimento e restrições hídricas. O índice de Satisfação da Necessidade de Água (ISNA) foi adotado com o critério de corte e definido como a relação entre a evapotranspiração real e a evapotranspiração máxima (ETR/ETM) para valores entre 0,45 e 0,55, que definira uma aptidão agrícola. Foram utilizados dados de precipitação pluviométrica do período de 1961 a 2012 e dados de temperatura estimada, de 99 pontos no Estado da Paraíba, parâmetros do solo e da cultura do milho (capacidade de água disponível, duração dos ciclos e das fases fenológicas, coeficientes de cultura, etc) e que associados aos resultados do ISNA e às classes de riscos, foram utilizados para a geração dos resultados finais do zoneamento. Os resultados obtidos foram utilizados para delimitar as regiões com maior potencial agroclimático e determinar as épocas de semeadura que ofereçam menores riscos climáticos, assim, foi possível identificar as melhores datas de plantio, minimizando os riscos climáticos regionais. Por outro lado, desenvolveu-se uma nova abordagem metodológica, chamada de Zoneamento Climático Ajustado (ZOCLIMA), que baseada no balanço hídrico sequencial de Thornthwaite&Mather foi determinado os períodos de excedente, deficiência e reposição, e como os resultados gráficos do balanço, delimitou-se a área da reposição hídrica com a interseção do zero do período de excedente hídrico, criando um período delimitado e que foi considerado como a faixa temporal mais adequada à semeadura. Esse resultado foi utilizado como complementar e restritivo ao SARRAZON, filtrando as épocas de plantio já definidas como indicado pelo ZOCLIMA, gerando assim um novo calendário indicativo do plantio do milho de sequeiro. O ZOCLIMA, apesar de ser mais restritivo, conseguiu filtrar os extremos extrapolantes dos resultados obtidos pelo SARRAZON, que indicava datas de plantio fora do período mais chuvoso da região, tanto no início, quanto no final da estação chuvosa e com isso reduziu o risco climático da perda ou quebra de safra do milho de sequeiro, principalmente por apresentar um período limitante mais seguro e a garantia de indicativo climatológico de umidade no solo e de também poder aplicar a metodologia individualmente para cada localidade, garantindo assim, um indicativo do período de semeadura dentro do período mais chuvoso de cada região, reduzindo deste modo, as perdas por estresse hídrico.
Abstract: The main objective of this study was to develop a new methodological approach to be used in association with the results of the already consolidated technique of Agricultural Zoning of Climate Risks (ZARC) adopted by the Ministry of Agriculture, Livestock and Food Supply MAPA, aiming to adapt the results of the traditional zoning to regional rainy season through the analysis of the local water balance, trying to minimize even more the climatic risk for the corn crop in the state of Paraíba. The ZARC was initially developed for the maize crop, based on the application of the SARRAZON (System of Regional Analysis of Agroclimatic Risks, Zoning Module) water balance model and, combined with geoprocessing tools, was used to identify the areas and periods with the lowest risk of yield loss and water restrictions. The Water Need Satisfaction Index (ISNA) was adapted as a cutoff criterion and was defined as there lation between actual evapotranspiration and maximum evapotranspiration (ETR/ETM) for values between 0.45 and 0.55, which defined the fitness agricultural. Rainfall data from 1961 to 2012 and estimated temperature data for 99 points in the State of Paraíba, soil and maize parameters (available water capacity, duration of cycles and phonological phases, coefficients of culture, etc.) and associated with ISNA results and risk classes, were used to generate the final zoning results. There sults obtained were used to delineate the regions with the greatest agroclimatic potential and to determine the so wing times that offer lower climatic risks, thus, it was possible to identify the best planting dates, minimizing the regional climatic risks. On the other hand, a new methodological approach was developed, called Adjusted Climatic Zoning (ZOCLIMA), which based on the Thornthwaite & Mather sequential water balance was determined the periods of surplus, deficiency and replacement, and the graphical results of the balance sheet, the area of the water replenishment was delimited with the Intersection of zero of the water surplus period, creating a delimited period and that was considered as the most suitable temporal range to so wing. This result was used as complementary and restrictive to SARRAZON, filtering the planting times already defined with the indicated by ZOCLIMA, generating a new indicative calendar of the plantation of the drycorn. ZOCLIMA, although more restrictive, was able to filter the extra polating extremes of the results obtained by SARRAZON, which indicated dates of planting outside the rainy season in the region, both at the beginning and at the end of the rainy season, reducing the climatic risk of the loss or crop failure of rainfed maize, mainly because it presents a more secure limiting period and the guarantee of a climatologic indication of humidity in the soil and also to be able to apply the methodology individually for each locality, thus guaranteeing an indicative of the so wing period within the wettest period of each region, thus reducing water stress losses.
Keywords: Risco climático
Cultura do milho
Clima paraibano
Paraíba
Zoneamento agrícola
Precipitação Pluvial
Balanço hídrico
Climate risk
Corn culture
Climate Paraibano
Agricultural Zoning
Rainfall
Hydric balance
???metadata.dc.subject.cnpq???: Meteorologia
Climatologia
Ciência do Solo
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/1447
Appears in Collections:Doutorado em Meteorologia.

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ALEXANDRE MAGNO TEODOSIO DE MEDEIROS – TESE (PPGMet) 2017.pdf15.46 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.