Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/14694
Title: (Re)(des)construção das identidades do sujeito mulher no facebook: o corpo em (dis)curso.
Other Titles: (Re) (dis) construction of the identities of the woman subject on facebook: the body in (dis) course.
???metadata.dc.creator???: SAMPAIO, Ariane Silva da Costa.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: FARIAS, Washington Silva de.
???metadata.dc.contributor.referee1???: OLIVEIRA, Maria Angélica de.
???metadata.dc.contributor.referee2???: GARCIA, Dantielli Assumpção.
Keywords: Lugar Discursivo Feminista;Feminist Discourse;Discurso Feminista;Posições-Sujeito;Posiciones de Sujeto;Subject Positions;Feminismo Digital;Digital Feminism;Facebook
Issue Date: 30-Aug-2020
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: SAMPAIO, A. S. da C. (Re)(des)construção das identidades do sujeito mulher no facebook: o corpo em (dis)curso. 2020. 180 f. (Dissertação de Mestrado em Letras), Programa de Pós-graduação em Linguagem e Ensino, Centro de Humanidades, Universidade Federal de Campina Grande - Paraíba - Brasil, 2020
???metadata.dc.description.resumo???: Considerando a heterogeneidade discursiva do feminismo na contemporaneidade, nos propusemos, em nossa pesquisa, sob a luz da Análise do Discurso materialista de filiação pecheutiana, analisar processos discursivos que caracterizam o funcionamento do lugar discursivo do sujeito mulher no feminismo digital e sua relação com processos de constituição identitária desse sujeito. Para isso, exploramos, a partir da análise de materialidades significantes de páginas feministas de facebook, as relações teóricas entre forma-sujeito, lugar discursivo e posição-sujeito, considerando, nessas relações, as modalidades subjetivas de interpelação do sujeito (identificação, contraidentificação e desindentificação) propostas por Pêcheux (1975 [2014]), bem como as formulações de Castells (2018) acerca dos processos de construção, desconstrução e reconstrução de identidades pelos novos movimentos sociais. Temos como objetivos específicos: (1) analisar o funcionamento do lugar discursivo feminista e as modalidades subjetivas de interpelação em formulações sobre a temática corpo pelos sujeitos enunciadores em páginas feministas de facebook; (2) compreender como esses lugares discursivos e modalidades de subjetivação constituem processos de construção, desconstrução e reconstrução de identidades do sujeito mulher. Escolhemos a temática corpo por estar presente em todas as páginas e por ter maior representatividade quanto ao número de postagens em cada uma delas. Temos como corpus cinco páginas feministas com maior número de curtidores no facebook: TODAS Fridas (TF), Não Me Kahlo (NMK), Feminismo sem demagogia – original (FSD), Empodere duas mulheres (EDM) e Ventre feminista (VF). Mediante análise dos perfis das páginas, e, em seguida, das postagens relativas ao tema corpo, observamos que o lugar discursivo feminista é ocupado a partir de três posições: uma posição interseccional (TF e NMK), uma posição marxista (FSD) e uma posição liberal (EDM e VF). Na análise das postagens sobre a temática corpo encontramos três efeitos de sentidos produzidos pela temática corpo: (1) a crítica ao padrão de beleza dominante, (2) defesa da legalização do aborto e (3) a denúncia da cultura do estupro. A análise das postagens relativas a essas temáticas, possibilitou a configuração de cinco redes de formulações que caracterizam os efeitos de sentido produzidos. No que concerne ao efeito (1), temos duas redes: (a) a politização do corpo não padrão e (b) a contestação do ideal dominante de beleza; para o efeito(2): (a) a proteção à vida do sujeito mulher e (b) a autonomia sobre a capacidade reprodutiva; e para o efeito (3): (a) a problematização da cultura do estupro. Observamos ao longo da análise que os processos de projeção de identidades para o sujeito mulher decorrem de movimentos discursivos dos processos de desidentificação do sujeito mulher com a ideologia patriarcal dominante, por meio da desestruturação de formas identitárias estabilizadas, bem como de reconstrução identitária, com vistas a assunção de novas formas de identificação para o sujeito mulher que se articulam a sentidos de empoderamento e politização dos corpos e da autonomia do sujeito sobre seu corpo e do modo de expressá-lo. As páginas desempenham além da sua função política (militante) nas redes, pelo confronto com práticas excludentes da sociedade patriarcal, uma função pedagógica por problematizar questões que estão enraizadas no social e discutindo-as como questões culturais que devem ser desconstruídas através da informação.
Abstract: Considering the discursive heterogeneity of feminism in contemporary times, we proposed, in our research, to analyze discursive processes that characterize discursive functioning places of the subject woman on digital feminism and their relationship with identity constitution processes. The research was conducted under the light of the Materialistic Discursive Analysis of pecheutian affiliation. To do so, we explored, the theoretical relationships between subject-form, discursive place and subject-position through the analysis of significant materiality’s on feminist facebook pages. We considered, in these relationships, the subjective modes of subject interpellation (identification, counter identification and disidentification) proposed by Pêcheux (1975 [2014]) along with Castells’ (2018) formulations about the processes of construction, deconstruction and reconstruction of identities by new social movements. Our specific objectives are: (1) to analyze the functioning of feminist discursive place and subjective modes of interpellation in formulations about body themes by enunciating subjects in feminist facebook pages; (2) to understand how these discursive places and subjectivation modalities constitute processes of construction, deconstruction and reconstruction of women’s subject identities. The body theme was chosen because it is more representative in terms of the number of posts on each page. We have as our corpus five brazilian feminist pages with the largest number of likes on facebook: TODAS Fridas (TF), Não Me Kahlo (NMK), Feminismo sem demagogia - original (FSD), Empodere duas mulheres (EDM) and Ventre feminista (VF). Throughout the analysis of the facebook pages profiles, following the analysis of posts related to the body theme, we observed that the feminist discursive place is occupied from three positions: an intersectional position (TF and NMK), a marxist position (FSD) and a liberal position (EDM and VF). Three effects of meaning produced by the body theme were found in the posts’ analysis: (1) the criticism of dominant beauty standard, (2) the endorsement of abortion legalization and (3) the denunciation of rape culture. The analysis of posts related to these themes made it possible to configure five networks of formulations that characterize the effects of meaning produced. Regarding the effect (1), we have two networks: (a) the politicization of the non-standard body and (b) the contestation of the dominant beauty ideal; for effect (2) we have: (a) woman’s life protection and (b) reproductive capacity autonomy; and for effect (3) we have: (a) the problematization of rape culture. It was observed throughout the analysis that women's projection of identity processes resulted from discursive movements of disidentification with the dominant patriarchal ideology; due to the disruption of stabilized identity forms as well as through identity reconstruction. These processes viewed the transformation of new forms of women’s identification articulated to meanings of empowerment and politicization of bodies as well as women’s autonomy over their bodies and the way they expressed it. The pages play a political (militant) role on networks, by means of confronting exclusionary practices from patriarchal society, they also play a pedagogical role in problematizing issues that are socially rooted and discussing them as cultural issues that must be deconstructed by using information.
Keywords: Lugar Discursivo Feminista
Feminist Discourse
Discurso Feminista
Posições-Sujeito
Posiciones de Sujeto
Subject Positions
Feminismo Digital
Digital Feminism
Facebook
???metadata.dc.subject.cnpq???: Lingüística
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/14694
Appears in Collections:Mestrado em Linguagem e Ensino.

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARIANE SILVA DA COSTA SAMPAIO – DISSERTAÇÃO (PPGLE) 2020.pdf4 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.