Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/14820
Title: Designing for more than efficacy: investigating the role of anthropographics on compassion.
Other Titles: Projetando para mais do que eficácia: investigando o papel da antropografia na compaixão
???metadata.dc.creator???: MORAIS, Luiz Augusto de Macêdo.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: ANDRADE, Nazareno Ferreira de.
???metadata.dc.contributor.referee1???: LOPES, Raquel Vigolvino.
???metadata.dc.contributor.referee2???: MONTEIRO, João Arthur Brunet.
???metadata.dc.contributor.referee3???: DRAGICEVIC, Pierre.
???metadata.dc.contributor.referee4???: HINRICHS, Uta.
Keywords: Antropográficos;Anthropographic;Visualização de Dados;Visualización de Datos;Data Visualization;Sentimentos - Compaixão;Feelings - Compassion;Sentimientos - Compasión
Issue Date: 28-Feb-2020
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: MORAIS, L. A. de M. Designing for more than efficacy: investigating the role of anthropographics on compassion. 2020. 215 f. Tese (Doutorado em Ciência da Computação) Programa de Pós-graduação em Ciência da Computação, Centro de Engenharia Elétrica e Informática, Universidade Federal de Campina Grande - Paraíba - Brasil, 2020.
???metadata.dc.description.resumo???: Antropográficos são visualizações de dados sobre pessoas que são projetados com o intuito de provocar sentimentos como compaixão ou empatia. No entanto, não há evidências na literatura para confirmar até que ponto os antropográficos geram compaixão para com as pessoas cujos dados representam. Este trabalho contribui para avançar o entendimento sobre antropográficos, refinando e ampliando o espaço de design de tais visualizações, assim como procurando evidências sobre o quanto elas afetam a compaixão das pessoas. Embora os resultados de um estudo in-the-wild venham sido inconclusivos, um experimento de crowdsource encontrou um pequeno efeito ao comparar um antropográfico e um gráfico de barras. Ao verem o primeiro, os participantes se sentiram um pouco piores sobre a situação das pessoas em necessidade e doaram um pouco mais para ajudá-las. Este é o primeiro trabalho que encontra evidências a favor da hipótese de que designs de visualização específicos podem tornar as pessoas mais compassivas. Essa tese abre uma nova perspectiva para estudar quais elementos de design são responsáveis por tal efeito.
Abstract: Anthropographics are data visualizations about people that are designed with the intent of evoking feelings such as compassion or empathy. However, there is no evidence in the literature to confirm to what extent anthropographics make people compassionate with the persons whose data is represented. This work contributes to advance the understanding of anthropographics by refining and extending the design space of such visualizations as well as looking for evidence on how much they affect people’s compassion. Although results from an in-the-wild study were inconclusive, a crowdsource experiment found a small effect when comparing an anthropographic with a bar chart. The former leads people to feel a bit worse about the situation of persons in need and donate a little more to help them. This is the first work that finds evidence in favor of the hypothesis that specific visualization designs may make people more compassionate. This thesis opens a new perspective for studying what design elements are responsible for such an effect.
Keywords: Antropográficos
Anthropographic
Visualização de Dados
Visualización de Datos
Data Visualization
Sentimentos - Compaixão
Feelings - Compassion
Sentimientos - Compasión
???metadata.dc.subject.cnpq???: Ciência da Computação
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/14820
Appears in Collections:Doutorado em Ciência da Computação.

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
LUIZ AUGUSTO DE MACÊDO MORAIS – TESE (PPGCC) 2020.pdf6.12 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.