Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/14910
Title: Psicanálise e saúde mental: contribuições para uma prática possível.
Other Titles: Psychoanalysis and mental health: contributions to a possible practice.
???metadata.dc.creator???: FRANÇA, Íris Vieira de.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: SILVA, Gabriella Valle Dupim da.
???metadata.dc.contributor.referee1???: LIMA, Edgley Duarte de.
???metadata.dc.contributor.referee2???: NÓBREGA, Karynna Magalhães Barros da.
Keywords: Saúde mental;Psicanálise e saúde mental;Reforma Psiquiátrica;Prática Psicanalítica;Psicanálise nas instituições;Psychiatric reform;Mental health;Psychoanalysis;Psychoanalytic practice;Psychoanalysis in institutions
Issue Date: 13-Dec-2018
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: FRANÇA, Íris Vieira de. Psicanálise e saúde mental: contribuições para uma prática possível. 19f. (Trabalho de Conclusão de Curso - Monografia), Curso de Bacharelado em Psicologia, Centro de Ciências Biológicas e da Saúde, Universidade Federal de Campina Grande, Campus Campina Grande - Paraíba - Brasil, 2018.
???metadata.dc.description.resumo???: A psicanálise possibilita, desde o seu surgimento, o lugar de enunciação dos sujeitos. A partir desse entendimento, buscamos neste artigo construir uma articulação entre o espaço da Saúde Mental no contexto atual brasileiro e a prática possível da psicanálise dentro dele. Em um primeiro momento realizamos um breve histórico sobre as concepções de saúde e doença, bem como destacamos as principais transformações ocorridas nessa área a partir da Reforma Psiquiátrica. Posteriormente, desenvolvemos uma discussão sobre as aproximações e distanciamentos entre a prática psicanalítica e o espaço da Saúde Mental, assim como também buscamos pensar sobre os impasses que surgem a partir da inserção da psicanálise em ambientes institucionais. Por fim, consideramos que se torna uma importante forma de resgate e consolidação da noção de sujeito singular dentro do espaço da Saúde Mental a partir da presença do fazer psicanalítico.
Abstract: From the outset, psychoanalysis makes it possible for the subjects to be enunciated. From this understanding, we seek in this article to build an articulation between the space of Mental Health in the current Brazilian context and the possible practice of psychoanalysis within it. In a first moment we make a brief history on the conceptions of health and disease, as well as we highlight the main transformations that occurred in this area from the Psychiatric Reform. Later, we developed a discussion about the approximations and distances between psychoanalytic practice and the space of Mental Health, as well as trying to think about the impasses that arise from the insertion of psychoanalysis in institutional environments. Finally, we consider that it becomes an important way of rescuing and consolidating the notion of a singular subject within the space of Mental Health from the presence of psychoanalytic doing.
Keywords: Saúde mental
Psicanálise e saúde mental
Reforma Psiquiátrica
Prática Psicanalítica
Psicanálise nas instituições
Psychiatric reform
Mental health
Psychoanalysis
Psychoanalytic practice
Psychoanalysis in institutions
???metadata.dc.subject.cnpq???: Psicologia
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/14910
Appears in Collections:Curso de Bacharelado em Psicologia CCBS

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ÍRIS VIEIRA DE FRANÇA - TCC PSICOLOGIA 2018.pdfÍris Vieira de França - TCC Psicologia - 2018.818.32 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.