Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/14939
Title: Análise da sustentabilidade da pegada hídrica total na Sub-bacia do Rio Piancó no Sertão Paraibano.
Other Titles: Analysis of the sustainability of the total water footprint in the Piancó River Sub-basin in the Sertão Paraibano.
???metadata.dc.creator???: SÁ NETO, José Abrantes de.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: VIEIRA, Allan Sarmento.
Keywords: Bacias hidrográficas;Gestão ambiental;Gestão dos recursos hídricos;Pegada hídricas;Sustentabilidade;Escassez da água;Irregularidade pluviométrica da região;Watersheds;Environmental management;Water resource management;Water footprint;Sustainability;Water scarcity;Region's rainfall irregularity
Issue Date: 2018
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: SÁ NETO, José Abrantes de. Análise da sustentabilidade da pegada hídrica total na Sub-bacia do Rio Piancó no Sertão Paraibano. 2018. 57fl. – Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Ciências Contábeis). Centro de Ciências Jurídicas e Sociais, Universidade Federal de Campina Grande. – Sousa/PB – Brasil, 2018.
???metadata.dc.description.resumo???: Na atual estrutura política mundial, o Estado evidentemente deve assumir o papel de maior protetor do meio ambiente, visto que, compete ao Poder Público a guarda dos interesses da coletividade. Entre as demandas públicas que o Estado busca atender, encontra-se o gerenciamento das bacias hidrográficas. Apesar de toda importância ambiental, social e econômica que as bacias hidrográficas oferecem, muitas delas têm sofrido perturbações e poucas medidas de recuperação e gestão ambiental são realizadas. Nesse contexto, a Avaliação da Pegada Hídrica surge como uma importante ferramenta a ser aplicada visando à ampliação da consciência acerca do uso da água e à melhora na gestão dos recursos hídricos. Com base nessas premissas, esta pesquisa teve como objetivo principal, analisar a pegada hídrica total na sub-bacia do Rio Piancó-PB, no ano de 2017. Para tanto, a mensuração da pegada hídrica total na sub-bacia foi realizada por meio do somatório de todas as estimativas dos componentes azul, verde e cinza dos principais setores usuários de água. Posteriormente, a sustentabilidade da pegada hídrica na sub-bacia foi analisada sob a perspectiva ambiental, através dos indicadores de escassez da água recomendados pelo Manual de Avaliação da Pegada Hídrica. De acordo com os resultados, ficou evidente que a agricultura irrigada e o saneamento são os setores que exercem a maior pressão sobre os recursos hídricos da sub-bacia. No que se refere a sustentabilidade da pegada hídrica na sub-bacia em 2017, esta apresentou-se sustentável em uma escala anual, porém, entre os meses de julho a dezembro, a sub-bacia apresentou índices de escassez e poluição insustentáveis, devido à diminuição das vazões naturais, ocasionada principalmente pela irregularidade pluviométrica da região. Portanto, o mapeamento da pegada hídrica e de sua sustentabilidade na sub-bacia do Rio Piancó, irá subsidiar o gestor público numa tomada de decisão precisa e promover consequentemente o fortalecimento do Sistema de Gerenciamento de Recursos Hídricos que busca uma governança sustentável.
Abstract: In the current world political structure, the State must evidently assume the role of greater protector of the environment, since it is the responsibility of the Public Power to guard the interests of the community. Among the public demands that the State seeks to meet, is the management of the river basins. Despite all the environmental, social and economic importance that river basins provide, many of them have been disrupted and few recovery and environmental management measures are taken. In this context, the Water Footprint Assessment emerges as an important tool to be applied in order to increase the awareness about water use and the improvement in the management of water resources. Based on these premises, this research had as main objective, to analyze the total water footprint in the sub-basin of the Piancó-PB River, in 2017. For this, the measurement of the total water footprint in the sub- sum of all estimates of the blue, green and gray components of the main water users. Subsequently, the sustainability of the water footprint in the sub-basin was analyzed from an environmental perspective, through water scarcity indicators recommended by the Water Footprint Assessment Manual. According to the results, it became clear that irrigated agriculture and sanitation are the sectors that exert the greatest pressure on the water resources of the sub-basin. With regard to the sustainability of the water footprint in the sub-basin in 2017, it was sustainable on an annual scale, but between July and December, the sub-basin presented unsustainable scarcity and pollution indices due to the natural discharges, caused mainly by the region's rainfall irregularity. Therefore, the mapping of the water footprint and its sustainability in the Piancó River sub-basin will subsidize the public manager in a precise decision-making and consequently promote the strengthening of the Water Resources Management System that seeks sustainable governance.
Keywords: Bacias hidrográficas
Gestão ambiental
Gestão dos recursos hídricos
Pegada hídricas
Sustentabilidade
Escassez da água
Irregularidade pluviométrica da região
Watersheds
Environmental management
Water resource management
Water footprint
Sustainability
Water scarcity
Region's rainfall irregularity
???metadata.dc.subject.cnpq???: Contabilidade
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/14939
Appears in Collections:Curso de Bacharelado em Ciências Contábeis

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
JOSÉ ABRANTES DE SÁ NETO - TCC C. CONTÁBEIS 2018.pdfJosé Abrantes de Sá Neto - TCC Ciências Contábeis 2018975.69 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.