Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/15128
Title: Ensino e aprendizagem de escrita em língua inglesa na era digital: explorando caminhos possíveis.
Other Titles: Teaching and learning English writing in the digital age: exploring possible paths.
???metadata.dc.creator???: CAPOZZOLI, Camila Brito Cavalcanti.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: COSTA, Marco Antônio Margarido.
???metadata.dc.contributor.referee1???: MEDRADO, Betânia Passos.
???metadata.dc.contributor.referee2???: XAVIER, Manassés Morais.
Keywords: Ensino;Aprendizagem;Habilidade Escrita;Língua Inglesa;TICs;Teaching;Learning;Writing Ability;English Language
Issue Date: 27-Jul-2020
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: CAPOZZOLI, C. B. C. Ensino e aprendizagem de escrita em língua inglesa na era digital: explorando caminhos possíveis. 2020. 171f. Dissertação (Mestrado em Linguagem e Ensino) – Programa de Pós-Graduação em Linguagem e Ensino, Centro de Humanidades, Universidade Federal de Campina Grande, Campina Grande, Paraíba, Brasil, 2020.
???metadata.dc.description.resumo???: A era digital na qual nos encontramos trouxe consigo novidades e desafios para boa parte dos setores que compõem a nossa sociedade, sendo um deles o escolar. A escola tem sido desafiada a incorporar dispositivos digitais em sua rotina e a lidar com as mudanças que o uso de tais recursos trouxe para as relações tradicionalmente postas, em especial, a de professores e alunos. Diante disso, professores de modo geral, e em especial os de línguas estrangeiras, têm sido confrontados a rever suas práticas e preparar os aprendizes a agirem e interagirem no contexto de inovações tecnológicas em que nos encontramos. Por esse motivo, esta pesquisa se propõe a investigar qual(is) a(s) implicação(ões) da articulação das TICs no ensino e aprendizagem da escrita em inglês? Nosso objetivo geral consiste em investigar as implicações da articulação entre TICS e as atividades de escrita em inglês, enquanto língua estrangeira, em uma escola de idiomas da cidade de Campina Grande. Mais especificamente, buscamos neste trabalho (1) identificar como as TICs foram articuladas às atividades de escrita propostas pelos livros didáticos utilizados; (2) compreender os efeitos de tal articulação no processo e na prática da escrita durante a execução das atividades de produção textual; e (3) analisar possíveis contribuições das atividades realizadas no desenvolvimento da habilidade escrita dos aprendizes. Para tanto, foi desenvolvida uma pesquisa de abordagem metodológica qualitativa (PAIVA, 2019), quanto aos objetivos, de natureza experimental (CERVO; BERVIAN, 2002) e classificada como pesquisa-ação quanto ao método de investigação (PAIVA, 2019). Os dados foram gerados em uma escola de idiomas da cidade de Campina Grande, escolhida por ser o ambiente de trabalho da pesquisadora em questão, sendo ela mesma a professora investigada. Como instrumentos, foram utilizados um diário de bordo escrito pela professora-pesquisadora, prints das interações via meio digital, as gravações dos diálogos nos dois grupos de discussão formados e um questionário semiestruturado respondido pelos alunos colaboradores sobre a experiência do uso das TICs no ensino e o impacto para o desenvolvimento de sua habilidade escrita. Os resultados apontam para o uso das TICs em abordagens centradas na tecnologia (MAYER, 2009), na aprendizagem (MAYER, 2009) e no aluno (RAMOS, 2013), gerando impactos positivos como a autonomia do aluno, o aumento dos níveis de satisfação e motivação por parte do aprendiz, a criação de um ambiente colaborativo de aprendizagem e o desenvolvimento dos letramentos digitais do aluno em inglês. No entanto, também pôde-se constatar alguns efeitos colaterais do uso dos recursos digitais, como: dependência da tecnologia digital e aumento da carga horária de trabalho do professor. Desse modo, pode-se concluir que o professor pode utilizar as TICs no ensino de escrita em inglês explorando as virtualidades (BARTON; LEE, 2016) dos recursos digitais, em abordagens distintas (MAYER, 2009; RAMOS, 2013) e de forma pensada e sistematizada (RIBEIRO, 2018), gerando, assim, uma ressignificação do ensino de escrita em língua inglesa.
Abstract: The digital age in which we find ourselves has brought news and challenges for most of the sectors that make up our society, one of which is the school. The school has been challenged to incorporate digital devices into its routine and to deal with changes that the use of such resources has brought to traditionally placed relationships, especially that of teachers and students. Therefore, teachers in general, and especially those of foreign languages, have been confronted to review their practices and prepare learners to act and interact in the context of technological innovations in which we find ourselves. For this reason, this research proposes to investigate what is the implication(s) of ICTs articulation in the teaching and learning of writing in English? Our general objective is to investigate the implications of the articulation between ICTs and writing activities in English, as a foreign language, in a language school at Campina Grande. More specifically, we seek in this work (1) to identify how ICTs were linked to the writing activities proposed by the textbooks used; (2) to understand the effects of such articulation on the writing process and practice during the execution of textual production activities; and (3) to analyze possible contributions of the activities carried out in the development of the written skills of the learners. For this, qualitative methodological research (PAIVA, 2019) was developed, regarding the objectives, of an experimental nature (CERVO; BERVIAN, 2002) and classified as action research as to the investigation method (PAIVA, 2019). The data were generated in a language school in the city of Campina Grande, chosen because it is the researcher's work environment, being the investigated teacher herself. As instruments were used a logbook written by the teacher-researcher, prints of interactions via digital media, recordings of dialogues in the two formed discussion groups and a semi-structured questionnaire answered by collaborating students on the experience of using ICTs in teaching and learning, as well the impact on the development of their writing skills. The results point to the use of ICTs in approaches centered on technology (MAYER, 2009), on learning (MAYER, 2009) and on the student (RAMOS, 2013), generating positive impacts such as student autonomy, increased levels of satisfaction and motivation on the part of the learner, the creation of a collaborative learning environment and the development of the student's digital literacies in English. However, it was also possible to verify some side effects of the use of digital resources, such as dependence on digital technology and an increase in the teacher's workload. Thus, it can be concluded that the teacher can use ICTs in the teaching of writing in English by exploring the virtualities (BARTON; LEE, 2016) of digital resources in different approaches (MAYER, 2009; RAMOS, 2013) and in a thoughtful and systematized way (RIBEIRO, 2018), thus generating new meaning in the teaching of writing in the English language.
Keywords: Ensino
Aprendizagem
Habilidade Escrita
Língua Inglesa
TICs
Teaching
Learning
Writing Ability
English Language
???metadata.dc.subject.cnpq???: Ensino-Aprendizagem
Letras
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/15128
Appears in Collections:Mestrado em Linguagem e Ensino.

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CAMILA BRITO CAVALCANTI CAPOZZOLI – DISSERTAÇÃO (PPGLE) 2020.pdf9.45 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.