Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/153
Title: Os frutos da resistência: sindicalismo e luta dos assalariados da fruticultura irrigada no submédio São Francisco.
???metadata.dc.creator???: SILVA, Guilherme José Mota.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: MENEZES, Marilda Aparecida de.
???metadata.dc.contributor.advisor2???: OLIVEIRA, Roberto Véras de.
???metadata.dc.contributor.referee1???: GOMES, Ramonildes Alves.
???metadata.dc.contributor.referee2???: SOUTO JR, José Fernando.
Keywords: Sindicalismo Rural;Fruticultura Irrigada;Submédio São Francisco;Resistência;Assalariamento Rural;Trade Unionism
Issue Date: 8-Aug-2016
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: SILVA, Guilherme José Mota. Os frutos da resistência: sindicalismo e luta dos assalariados da fruticultura irrigada no submédio São Francisco. 221 f. (Dissertação de Mestrado) Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais, Centro de Humanidades, Universidade Federal de Campina Grande, Campina Grande - Paraíba - Brasil, 2016.
???metadata.dc.description.resumo???: Este trabalho objetiva refletir sobre as ações políticas elaboradas pelos trabalhadores assalariados rurais da fruticultura irrigada no Submédio Vale do São Francisco - SMSF. Propomos a análise não apenas das dinâmicas e ações institucionalizadas no âmbito dos Sindicatos de Trabalhadores Rurais, mas consideramos também os processos e as relações sociais que se forjam além dos espaços e do discurso institucional, atentando nesse sentido para estratégias políticas elaboradas diante das experiências cotidianas dos trabalhadores. Inicialmente partimos a nossa análise dos processos socio-históricos que viabilizaram e influenciam as dinâmicas produtivas da fruticultura irrigada, atentando para as especificidades das relações de trabalho atreladas a uma produção orientada para o mercado externo. Dessa forma, observamos que a dinâmica de trabalho está baseada em um modelo onde prevalece um elevado grau de especialização, controle, intensidade e é demarcada pela sazonalidade. Em seguida observamos como tais processos informam e abrem possibilidades para as estratégias políticas de que lançam os trabalhadores. Diante disso, as reflexões centrais desse trabalho baseiam-se nas práticas cotidianas de resistência explícitas ou ocultas, institucionalizadas ou não. Analisamos ações que vão desde estratégias como amarrar serviço, burlar fiscalização até práticas mais institucionalizadas no espaço sindical, como a negociação coletiva de trabalho e greves. Consideramos ainda que essas ações se informam mutuamente, se articulam e abrem possibilidades para tanto para política sindical, como para o empoderamento e reconhecimento de direitos pelos trabalhadores. Adotamos uma metodologia de análise qualitativa, dando ênfase aos documentos acessados nos acervos dos sindicatos, bem como os arquivos de jornais impressos e virtuais locais. Além disso, foram realizadas entrevistas semiestruturadas com trabalhadores, diretores, delegados e assessores sindicais, bem como pesquisa de campo.
Abstract: This project has as its objective to reflect on political actions elaborated by the employees of the irrigated fruit-growing companies within the area of the Sao Francisco Valley. We propose the analysis not only of the dynamics and of the formal actions which relate to the Rural Workers Union, but we consider also the process and the social relations which build beyond its space and formal speech, paying close attention in a sense to political strategies elaborated based on the daily experiences of the employees. Initially, we based our analysis on social-historical projects which enabled and influenced the dynamic production of irrigated fruit-growing, attending to the specifics of work relations linked to a production purposeful to the international market. In this matter, we observed that the work dynamics are based upon a model that prevails an elevated degree of specialization, control, intensity, and is characterized by the seasonality. Further more, we observe how such procedures inform and present possibilities for the political strategies which are presented by the employees. Thereof, the main reflections of such thesis are based on the daily resistance manners being those explicit or concealed, institutionalized or not. We seek to analyse actions such as strategies to tie services, bob inspections, and even actions more institutionalized within the trade union; such as collective negotiation of labor manners and strikes. We also take into consideration that such actions mutually trade information, articulate, and present possibilities so much for the political union as for the empowerment and recognition of rights for the employees. We've adopted a methodology of qualitative analysis, giving emphasis to the documents accessed within the libraries of the unions, also within printed news paper articles and virtual spaces. Besides these, we conducted semi-structured interviews with employees, directors, delegates, and union workers, as well as field work.
Keywords: Sindicalismo Rural
Fruticultura Irrigada
Submédio São Francisco
Resistência
Assalariamento Rural
Trade Unionism
???metadata.dc.subject.cnpq???: Ciências Sociais
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/153
Appears in Collections:Mestrado em Ciências Sociais.

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
GUILHERME JOSÉ MOTA SILVA - DISSERTAÇÃO PPGCS 2016..pdfGuilherme José Mota Silva - Dissertação PPGCS 20164.61 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.