Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/15366
Title: O coronelismo midiático e as leis que regulam os serviços de radiodifusão no Brasil.
Other Titles: Media coronelismo and the laws that regulate broadcasting services in Brazil
???metadata.dc.creator???: OLIVEIRA, Maria Isabela de.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: VIEIRA, Maria Marques Moreira.
Issue Date: 2018
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: OLIVEIRA, Maria Isabela. O coronelismo midiático e as leis que regulam os serviços de radiodifusão no Brasil. 2018. 47fl. - Trabalho de Conclusão de Curso( Bacharelado em Ciências Jurídicas e Sociais – Direito). Centro de Ciências Jurídicas e Sociais, Universidade Federal de Campina Grande – Sousa- Paraíba - Brasil, 2018.
???metadata.dc.description.resumo???: A presente pesquisa analisa a origem dos meios de comunicação de massa no Brasil e o contexto histórico da época, abordando o “Coronelismo midiático” atual como uma evolução histórica do Coronelismo da primeira República. Onde, os meios de comunicação de massa se constituíram mecanismos de poder, como consequência direta da fragilidade e ineficácia dos dispositivos que regulamentam a concessão dos serviços de rádio e TV, expondo a dinâmica e influência deste sobre o sistema de comunicação do país e seu envolvimento com o Estado no atual regime democrático, destacando a relação entre parlamentares e a comunicação social e como essa concentração de mídia fere princípios fundamentais e a própria Democracia. Vale ressaltar que a temática é relevante, visto que é um tema que gera controvérsias e que não é debatido na área jurídica. Para isso, utilizou dos métodos de abordagem e procedimento: dedutivo e histórico comparativo, respectivamente, que se baseou na pesquisa em doutrinas, artigos científicos, jurisprudências, espécies normativas e na própria Constituição Federal de 1988.
Abstract: The present research examined the origin of the mass media in Brazil and the historical context of that time, approaching the current “media colonelism” as a historical evolution from the colonelism of the first republic. In which mass media have constituted mechanisms of power as a straight consequence of the weakness and inefficacy of the devices that regulate the concession of radio and TV services, exposing the dynamic and influence of the colonelism over the country’s communication system and its involvement with the State in the current democratic regime, emphasizing the relation between parliamentarians and the social communication and how this media concentration hurts fundamental principles and the democracy itself. For this, the deductive history and bibliographic method was used, which was based on research in doctrines, jurisprudence, scientific articles, normative species and in the Federal Constitution of 1988. It is worth mentioning that the theme is relevant, since is a subject that generates controversy and that is not debated in the legal area.
???metadata.dc.subject.cnpq???: Direito
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/15366
Appears in Collections:Curso de Bacharelado em Direito

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MARIA ISABELA DE OLIVEIRA - TCC DIREITO 2018.pdfMaria Isabela de Oliveira - TCC Direito 2018680.45 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.