Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/1544
Title: Produção de biodiesel a partir da transesterificação do óleo de soja utilizando o catalisador MOO3/CEO2/MCM-41.
???metadata.dc.creator???: BARROS, Thiago Rodrigo Barbosa.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: SOUSA, Bianca Viana de.
???metadata.dc.contributor.referee1???: ARAÚJO, Antônio Carlos Brandão de.
???metadata.dc.contributor.referee2???: ALVES, José Jailson Nicacio.
???metadata.dc.contributor.referee3???: ALMEIDA, Marcello Maia de.
Keywords: Produção de biodiesel;Óleo de soja;catalisador MOO3/CEO2/MCM-41;Biocombustível;Peneira molecular;Molibdênio;Cério;Production of biodiesel;Soy oil;MOO3 / CEO2 / MCM-41 catalyst;Biofuel;Molecular sieve;Cerium;Molybdenum
Issue Date: 20-Feb-2017
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: BARROS, T. R. B. Produção de biodiesel a partir da transesterificação do óleo de soja utilizando o catalisador MOO3/CEO2/MCM-41. 2017. 90 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Química) – Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química, Centro de Ciências e Tecnologia, Universidade Federal de Campina Grande, Paraíba, Brasil, 2017.
???metadata.dc.description.resumo???: Biodiesel, que é produzido a partir de óleos vegetais ou gorduras animais através da reação de transesterificação com álcool é um excelente substituto para o diesel de petróleo por ser um combustível biodegradável derivado de fontes renováveis. A peneira molecular MCM-41 apresenta potencial para processamento de ácidos graxos visando a produção de biodiesel, por controle da composição química e por tratamentos químicos posterior a sua síntese. A inserção de óxidos metálicos pode proporcionar um aumento no desempenho catalítico da peneira molecular, possibilitando a preparação de catalisadores com maior atividade, seletividade e estabilidade térmica. O presente trabalho tem como objetivo principal a obtenção de biodiesel a partir da reação de transesterificação do óleo de soja utilizando o catalisador MoO3/25CeO2/MCM-41. Para tal afinidade, a peneira molecular foi preparada partindo-se de um gel com a seguinte composição molar da mistura reacional: 1SiO2 : 0,30 CTABr : 11 NH3 : 144 H2O. A incorporação do cério e molibdênio (em peso) no suporte MCM-41 foi por via seca. Através dos difratogramas foi possível identificar os picos característicos da peneira molecular MCM-41, como também as fases dos óxidos de cério e molibdênio na estrutura da peneira molecular, confirmando os processos de impregnação. Por meio da isoterma de adsorção de nitrogênio a peneira molecular apresentou uma área superficial SBET de 1072 m2/g e isoterma do tipo IV característica de materiais mesoporosos. O catalisador contendo 15% em peso de molibdênio e 25% em peso de cério atingiu a maior conversão em éster metílico em torno de 93% como também densidade de 0.8832 g/cm3, viscosidade cinemática 4,044 mm2/s e acidez de 0,49 mg KOH/g.
Keywords: Produção de biodiesel
Óleo de soja
catalisador MOO3/CEO2/MCM-41
Biocombustível
Peneira molecular
Molibdênio
Cério
Production of biodiesel
Soy oil
MOO3 / CEO2 / MCM-41 catalyst
Biofuel
Molecular sieve
Cerium
Molybdenum
???metadata.dc.subject.cnpq???: Engenharia Química
Tecnologia Química
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/1544
Appears in Collections:Mestrado em Engenharia Química

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
THIAGO RODRIGO BARBOSA BARROS – DISSERTAÇÃO (PPGEQ) 2017.pdf2.12 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.