Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/15503
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creator.IDANJOS, D. M.pt_BR
dc.contributor.advisor1BAKKE, Ivonete Alves.-
dc.contributor.advisor1IDBAKKE, I. A.pt_BR
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/9726626914770477pt_BR
dc.contributor.referee1SOUZA, Sara Fernandes de.-
dc.contributor.referee2LIMA, Joedla Rodrigues de.-
dc.description.resumoOs recursos naturais são explorados pelo homem, e os impactos de suas ações desordenadas são perceptíveis nos ecossistemas. De um modo geral, a vegetação presente nas bacias hidrográficas é exposta aos diversos tipos de ação antrópica. Os efeitos são verificados na redução de captação de água, provocando o empobrecimento da biodiversidade da flora e da fauna, da produtividade e da beleza cênica, especialmente na região semiárida do Nordeste do Brasil, onde a água é um fator determinante. Apesar da existência do Código Florestal e de sua importância, as matas ciliares das bacias hidrográficas e microbacias são cada vez mais alvo de exploração em descumprimento ao Código Florestal. Os Sistemas de Informações Geográficas (SIG) e as técnicas de Sensoriamento Remoto (SR) são importantes para a gestão dos recursos naturais, pois podem auxiliar no planejamento, monitoramento e mapeamento do uso e cobertura dos solos. Na região semiárida do Nordeste do Brasil, as geotecnologias podem ser utilizadas para detectar como se encontram as paisagens e facilitar a implementação de técnicas de manejo apropriadas. Este trabalho objetivou caracterizar o uso e a cobertura do solo da microbacia do Rio da Cruz, realizar o levantamento da composição florística dos componentes arbóreo e herbáceo e verificar o grau de ocupação das margens de dois trechos do Rio da Cruz (PB). Foi realizada a classificação do uso e cobertura do solo da microbacia utilizando imagens de satélites dos anos 2001, 2009 e 2017, nos períodos chuvosos e secos. A composição florística dos estratos arbóreo e herbáceo de cada ano foi determinada pelas técnicas de marcação de parcelas e caminhamento, respectivamente. A classificação das imagens da microbacia do Rio da Cruz resultou em sete classes: Caatinga Arbórea, Caatinga Arbustiva Arbórea, Caatinga Antropizada, Pastagens e Agricultura, Afloramentos Rochosos, Corpos d’água e Edificações. Constatou-se redução da Caatinga Arbórea e aumento nas demais classes de Caatinga e nas Pastagens e Agricultura quando comparado os anos e períodos de 2001 e 2017. As técnicas aplicadas são relevantes para classificação do uso e cobertura do solo da região semiárida em condições de precipitação regular, porém em anos de maior precipitação a vegetação arbórea é superestimada e pode dificultar a identificação dos alvos, especialmente na estação chuvosa. Verificou-se a existência de poucos indivíduos arbóreos e ampla utilização das margens do Rio da Cruz para as atividades agropastoris, indicando a necessidade de se fazer cumprir o Código Florestal e a adoção de medidas mitigadoras para amenizar os impactos causados pela ação antrópica.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentCentro de Saúde e Tecnologia Rural - CSTRpt_BR
dc.publisher.programPÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS FLORESTAISpt_BR
dc.publisher.initialsUFCGpt_BR
dc.subject.cnpqCiências Florestais.pt_BR
dc.titleGeotecnologias aplicadas ao uso e cobertura do solo e à composição florística da microbacia do Rio da Cruz-PB.pt_BR
dc.date.issued2018-04-06-
dc.description.abstractNatural resources are exploited by man and the impacts of these disorderly actions are perceptible in ecosystems. In general, the vegetation present in the river basins is exposed to the various types of anthropic action. The effects are found in the reduction of water abstraction, causing the impoverishment of the flora and fauna biodiversity, productivity and scenic beauty, especially in the semi-arid region of Northeast Brazil, where water is a determining factor. Despite the existence of the Forest Code and its importance, the riparian forests of water basins and micro-basins are increasingly being exploited in violation of the Forest Code. Geographic Information Systems (SIG) and Remote Sensing (SR) techniques are important for the management of natural resources, since they can assist in the planning, monitoring and mapping of land use and land cover. In the semi-arid region of northeastern Brazil, geotechnologies can be used to detect the landscapes and facilitate the implementation of appropriate management techniques. The objective of this work was to characterize the soil use and cover of the Rio da Cruz water basin, to study the floristic composition of the arboreal and herbaceous components and to verify the degree of occupation of the banks of two stretches of Rio da Cruz (PB). The soil use and cover of the microbasin were classified using satellite images of the years 2001, 2009 and 2017, in the rainy and dry periods. The floristic composition of the arboreal and herbaceous strata of each year was determined by plot marking and walking techniques, respectively. The classification of the images of the watershed of the Rio da Cruz resulted in seven classes: Arboreal Caatinga, Arboreal Shrub Caatinga, Anthropized Caatinga, Pastures and Agriculture, Rock Outcrops, Bodies of Water and Buildings. A reduction of the Arboreal Caatinga and increase in the other classes of Caatinga and in the Pastures and Agriculture when comparing the years and periods of 2001 and 2017 was observed. The applied techniques are relevant for classification of the use and soil cover of the semi-arid region in conditions of precipitation regular, but in years of higher precipitation the tree vegetation is overestimated and may make it difficult to identify the targets, especially in the rainy season. It was verified the existence of few arboreal individuals and wide use of the Rio da Cruz margins for agroforestry activities, indicating the need to enforce the Forest Code and the adoption of mitigating measures to mitigate the impacts caused by anthropic action.pt_BR
dc.identifier.urihttp://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/15503-
dc.date.accessioned2020-09-22T12:37:16Z-
dc.date.available2020-09-22-
dc.date.available2020-09-22T12:37:16Z-
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.subjectGeotecnologiaspt_BR
dc.subjectGeoprocessamentopt_BR
dc.subjectImpactos ambientais - semiáridopt_BR
dc.subjectBacias hidrográficaspt_BR
dc.subjectMicrobacias hidrográficaspt_BR
dc.subjectSensoriamento remotopt_BR
dc.subjectSatélite Landsatpt_BR
dc.subjectSistemas de Informações Geográficaspt_BR
dc.subjectAnálise espacial - uso e cobertura do solopt_BR
dc.subjectMicrobacia do Rio da Cruzpt_BR
dc.subjectRio da Cruz - PB - Microbaciapt_BR
dc.subjectGeotechnologiespt_BR
dc.subjectGeoprocessingpt_BR
dc.subjectEnvironmental impacts - semiaridpt_BR
dc.subjectWatershedspt_BR
dc.subjectRemote sensingpt_BR
dc.subjectLandsat Satellitept_BR
dc.subjectGeographic Information Systemspt_BR
dc.subjectSpatial analysis - land use and coverpt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.creatorANJOS, Denize Monteiro dos.-
dc.publisherUniversidade Federal de Campina Grandept_BR
dc.languageporpt_BR
dc.title.alternativeGeotechnologies applied to the use and soil coverage and the floristic composition of Microbasins of Rio da Cruz-PB.pt_BR
dc.identifier.citationANJOS, Denize Monteiro dos. Geotecnologias aplicadas ao uso e cobertura do solo e à composição florística da microbacia do Rio da Cruz-PB. 2018. 84f. (Dissertação de Mestrado em Ciências Florestais), Programa de Pós-graduação em Ciências Florestais, Centro de Saúde e Tecnologia Rural, Universidade Federal de Campina Grande – Campus de Patos – Paraíba Brasil, 2018.pt_BR
Appears in Collections:Mestrado em Ciências Florestais.

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DENIZE MONTEIRO DOS ANJOS - DISSERTAÇÃO PPGCF 2018.pdfDenize Monteiro dos Anjos - Dissertação PPGCF 20182.83 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.