Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/15622
Title: Reintrodução de espécies nativas em área de caatinga e sua relação com atributos do solo.
Other Titles: Reintroduction of native species in the caatinga area and its relationship with soil attributes.
???metadata.dc.creator???: PEREIRA, Osilene da Nóbrega.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: BAKKE, Olaf Andreas.
???metadata.dc.contributor.referee1???: SANTOS, Rivaldo Vital dos.
???metadata.dc.contributor.referee2???: ARAUJO, Josinaldo Lopes.
Keywords: Recuperação de áreas degradadas;Reflorestamento;Solos - atributos;Mesofauna;Espécies nativas da Caatinga;Degradação ambiental;Solo degradado;Pedologia;Catingueira;Poincianella pyramidalis Til. L.P. Queiroz;Favela - planta;Cnidoscolus quercifolius Pohl;Diagnóstico - atributos do solo;Solo - diagnóstico de atributos;Regressão linear múltipla;Recovery of degraded areas;Reforestation;Soils - attributes;Native species of the Caatinga;Ambiental degradation;Degraded soil;Pedology;Diagnosis of soil attributes;Multiple linear regression
Issue Date: 10-May-2011
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: PEREIRA, Osilene da Nóbrega. Reintrodução de espécies nativas em área de caatinga e sua relação com atributos do solo. 2011. (Dissertação de Mestrado em Ciências Florestais), Programa de Pós-graduação em Ciências Florestais, Centro de Saúde e Tecnologia Rural, Universidade Federal de Campina Grande – Campus de Patos – Paraíba Brasil, 2011.
???metadata.dc.description.resumo???: No semiárido do Nordeste do Brasil, a pressão antrópica sobre a cobertura vegetal é forte e consiste na remoção parcial ou total da vegetação lenhosa para obtenção de produtos florestais e abertura de novas áreas para atividades agrícolas e pecuárias. Combinada com os rigores climáticos da região resulta em degradação ambiental. A recuperação de áreas degradadas baseia-se no potencial de adaptação das espécies arbóreas nativas, no grau de degradação ambiental e no conhecimento das características químicas, físicas e morfológicas do solo. O crescimento inicial de três espécies arbóreas reintroduzidas em área desflorestada e superpastejada de Caatinga foi avaliado em função dos atributos químicos, físicos e morfológicos do solo. As mudas foram produzidas em sacos plásticos com 4 L de substrato composto de solo, esterco caprino e fertilizantes químicos, e foram transplantadas para o campo no espaçamento de 2 m x 2 m, em covas de 40 cm x 40 cm e de profundidade variável de acordo com as condições do solo de cada local. Os dados foram coletados nas 4 covas centrais das parcelas de 12 m x 12 m de um experimento em blocos, conduzido em área desflorestada e superpastejada, com cinco tratamentos (testemunha, introdução de Poincianella pyramidalis, Mimosa tenuiflora e Cnidoscolus quercifolius em plantio puro ou consorciado das três espécies) e três repetições de 36 mudas. No momento da abertura das quatro covas centrais de cada parcela, foi medida a espessura dos horizontes A, B e C do solo, bem como foram coletadas duas amostras de solo (0-20 cm e >20 cm de profundidade) para análises físicas e químicas. Modelos de regressão linear múltipla relacionando o crescimento em comprimento e diâmetro basal das mudas das três espécies arbóreas entre fevereiro de 2009 (5,5 meses de idade) e outubro de 2010 (25,5 meses de idade), com os atributos químicos, físicos e morfológicos do solo foram estimados. O crescimento das espécies catingueira, jurema preta e favela foi significativo, principalmente no primeiro ano de desenvolvimento no campo. No geral, as variáveis P, H+Al, condutividade elétrica, teor de argila, área e profundidade da cova foram as que mais frequentemente afetaram significativamente o crescimento inicial das mudas e participaram dos modelos de regressão. Em recuperação de áreas degradadas, o plantio das mudas deve ser feito em covas que contenham uma maior quantidade de material do horizonte C do solo, para aproveitar a sua fertilidade natural.
Abstract: Anthropic pressure on the vegetation of the semiarid region of Brazil Northeast is widespread, and consists of partial or total removal of shrub and trees to collect firewood and other forest products, or to open new farming areas. This combined with the harsh climate conditions results in environmental degradation. Recovery of such areas is based on the adaptation potential of native trees to the degree of local degradation, and on the chemical, physical and morphological characteristics of the soil. The initial growth of three tree species reintroduced in a deforested overgrazed Caatinga site was evaluated and correlated with its chemical, physical and morphological soil characteristics. Seedlings were produced in plastic bags containing 4L of soil, goat manure and chemical fertilizers. They were transplanted in a 2 m x 2 m grid into 40 cm x 40 cm planting holes in the field, with a depth of 40 cm or less according to soil conditions. Data were collected from the four inner plants of squared-144 m2 plots of a current complete block design experiment carried out in a deforested overgrazed Caatinga site, with five treatments (no tree planting, and planting of Poincianella pyramidalis, Mimosa tenuiflora and Cnidoscolus quercifolius seedlings in pure or intermixed three species stands) and three replications of 36 seedlings. At the moment of the opening of the four central pits of each plot, thickness of A, B and C soil layers was measured, and two soil samples were collected at two soil depth (0-20 and >20 cm), for physical and chemical analyses. Multiple linear regression models were estimated to correlate the seedling length and basal diameter growth observed from February 2009 (5,5 months of age) to October 2010 (25,5 months of age) with the chemical, physical and morphological soil attributes. Growth of P. pyramidalis, M. tenuiflora and C. quercifolius was significant especially in the first growing season. In general, soil P, H+Al, electric conductivity and clay, and pplanting hole area and depth were the variables that more frequently showed a significant effect on seedling growth and participated in the regression models. When recovering degraded Caatinga sites, tree seedlings should be planted into planting holes containing more material of the C soil layer in order to take advantage of its natural fertility.
Keywords: Recuperação de áreas degradadas
Reflorestamento
Solos - atributos
Mesofauna
Espécies nativas da Caatinga
Degradação ambiental
Solo degradado
Pedologia
Catingueira
Poincianella pyramidalis Til. L.P. Queiroz
Favela - planta
Cnidoscolus quercifolius Pohl
Diagnóstico - atributos do solo
Solo - diagnóstico de atributos
Regressão linear múltipla
Recovery of degraded areas
Reforestation
Soils - attributes
Native species of the Caatinga
Ambiental degradation
Degraded soil
Pedology
Diagnosis of soil attributes
Multiple linear regression
???metadata.dc.subject.cnpq???: Ciências Florestais.
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/15622
Appears in Collections:Mestrado em Ciências Florestais.

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
OSILENE DA NÓBREGA PEREIRA - DISSERTAÇÃO PPGCF 2011.pdfOsilene da Nóbrega Pereira - Dissertação PPGCF 20111.8 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.