Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/15844
Title: Crescimento e produção de cultivares de Palma Forrageira sob diferentes níveis de salinidade da água de irrigação.
Other Titles: Growth and yield of Forage Palm cultivars under different salinity levels of irrigation water.
???metadata.dc.creator???: PEREIRA, Márcia Cristina de Araújo.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: AZEVEDO, Carlos Alberto Vieira de.
???metadata.dc.contributor.advisor2???: DANTAS NETO, José.
???metadata.dc.contributor.referee1???: SABOYA, Luciano Marcelo Fallé.
???metadata.dc.contributor.referee2???: XAVIER, Josilda de França.
Keywords: Águas Salinas;Disponibilidade de Água;Opuntia;Napolea;Semiárido Brasileiro;Palma Forrageira;Salt Water;Availability of Water;Brazilian Semiarid;Forage Palm
Issue Date: 26-Feb-2019
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: PEREIRA, M. C. de A. Crescimento e produção de cultivares de Palma Forrageira sob diferentes níveis de salinidade da água de irrigação. 2020. 92 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Agrícola) – Programa de Pós-Graduação em Engenharia Agrícola, Centro de Tecnologia e Recursos Naturais, Universidade Federal de Campina Grande, Paraíba, Brasil, 2019.
???metadata.dc.description.resumo???: A baixa disponibilidade de água de boa qualidade é um dos fatores limitantes para o desenvolvimento da agropecuária no semiárido brasileiro, além disso, boa parte da água disponível é proveniente de poços cristalinos e considerados salinos. Por isso, objetivou-se nesse trabalho, avaliar o efeito de diferentes níveis de salinidade da água de irrigação no crescimento e na produção de cultivares de palma forrageira na região do semiárido. O delineamento experimental foi em blocos casualizados em esquema fatorial 4x3, com quatro níveis salinos (0,2; 2,0; 3,8 e 5,6 dS m-1) e três cultivares (Miúda, Orelha de Elefante Mexicana e IPA-Sertânia). Para as variáveis de crescimento, os diferentes níveis de salinidade da água de irrigação afetam o crescimento de todas as cultivares de palma forrageira avaliadas. Para a emissão de cladódios, a salinidade da água de irrigação não afetou, porém para emissão de ordens superiores houve o decréscimo com o aumento. Com o aumento da salinidade, a maioria das características relacionadas aos cladódios primários foram afetadas, de acordo com o comportamento morfológico de cada uma das cultivares. Sendo a palma da Miúda a que melhor responde em relação ao aumento na condutividade elétrica da água de irrigação, tendo seu maior desempenho para a salinidade de 3,8 dS m-1, já a Baiana e a Orelha de Elefante Mexicana para a salinidade de 2,0 dS m-1. Nas variáveis de produção, a cultivar Miúda obteve uma maior produção para a salinidade de 4,04 dS m-1, seguida da Orelha de Elefante Mexicana para o nível salino de 2,73 dS m-1 e a Baiana na salinidade de 2,17. A cultivar Miúda quando irrigada com a salinidade de 5,6 dS m-1 apresentou maior rendimento para fitomassa fresca. Sendo assim, é possível o cultivo de palma forrageira em condições de campo irrigada com águas salinas, desde que seja realizado o manejo adequado.
Abstract: The low availability of good quality water is one of the limiting factors for the development of agriculture in the Brazilian semi-arid region, where much of this available water comes from crystalline wells and is considered saline. The objective of this work was to evaluate the effect of different salinity levels of irrigation water on growth and yield of forage palm cultivars in the semiarid region. The experimental design was a randomized block design in a 4x3 factorial scheme, with four saline levels (0.2, 2.0, 3.8 and 5.6 dS m-1) and three cultivars (Miúda, Mexican Elephant Ear and IPA- For the growth variables the different salinity levels of irrigation water affect the growth of all evaluated forage palm cultivars. For the emission of cladodes the salinity of the irrigation water did not affect, but for emission of higher orders the decrease with the increase. Most of the traits related to primary cladodes were affected with increasing salinity, but according to the morphological behavior of each cultivar. The Miúda palm is the one that best responds to the increase in the electrical conductivity of the irrigation water, with its highest salinity performance of 3.8 dS m-1, while the Baiana and the Mexican Elephant Ear for the salinity of irrigation. 2,0 dS m-1. For the production variables the cultivar Miúda obtained the highest salinity yield of 4.04 dS m-1, followed by the Mexican Elephant Ear at the saline level of 2.73 dS m-1 and the Bahian salinity at 2,17 dS m-1. The cultivar Miúda when irrigated with salinity of 5.6 dS m-1 has the highest yield for fresh phytomass. Forage palm cultivation is possible under field conditions irrigated with saline waters, provided proper management is carried out.
Keywords: Águas Salinas
Disponibilidade de Água
Opuntia
Napolea
Semiárido Brasileiro
Palma Forrageira
Salt Water
Availability of Water
Brazilian Semiarid
Forage Palm
???metadata.dc.subject.cnpq???: Engenharia Agrícola
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/15844
Appears in Collections:Mestrado em Engenharia Agrícola.

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MÁRCIA CRISTINA DE ARAÚJO PEREIRA – DISSERTAÇÃO (PPGEA) 2020.pdf1.66 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.