Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/16064
Title: Histerectomia: repercussão na sexualidade.
Other Titles: Hysterectomy: repercussions on sexuality.
???metadata.dc.creator???: SOUZA, Ruan Tcharle Pereira de.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: COLAÇO, Elisabete Oliveira.
???metadata.dc.contributor.referee1???: GONÇALVES, Roberta Lima.
???metadata.dc.contributor.referee2???: FERNANDES, Sheila Milena P. S.
Issue Date: May-2016
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: SOUZA, Ruan Tcharle Pereira de. Histerectomia: repercussão na sexualidade. 2016. 47f. (Trabalho de Conclusão de Curso), Curso de Bacharelado em Enfermagem, Centro de Ciências Biológicas e da Saúde, Universidade Federal de Campina Grande, Campus Campina Grande - Paraíba - Brasil, 2016.
???metadata.dc.description.resumo???: A histerectomia é uma cirurgia na qual é retirado o útero como consequência de patologias, podendo ser estas por causas benignas, os miomas, ou malignas como é o caso dos cânceres de útero. É um procedimento realizado em grande número e, por isso, é necessário o conhecimento dos problemas pós-operatórios das mulheres, seja de cunho biológico ou emocional. Vinculado à reprodução, a feminilidade e a sexualidade, o útero está cada vez mais sendo associado como algo sagrado do corpo feminino, o que significa que a sua remoção pode trazer grandes interferências na vida da mulher, seja na sua sexualidade, na imagem corporal ou na vida social. Nesta perspectiva, esta pesquisa teve por objetivo avaliar a repercussão da histerectomia na sexualidade de mulheres atendidas em Unidades Básicas de Saúde da Família na cidade de Campina Grande-PB, que teve como questão norteadora “Qual a percepção das mulheres histerectomizadas sobre sua sexualidade”?. Trata-se de um estudo descritivo-exploratório, de natureza qualitativa que foi realizado em duas UBSF do município de Campina Grande-PB que atendem a população do bairro Monte Castelo. Os participantes da pesquisa foram 14 mulheres submetidas à cirurgia de histerectomia há no mínimo um ano, cadastradas e atendidas nas referidas unidades. A maioria das entrevistadas associou o útero à reprodução, relatou repercussões negativas após a cirurgia, como falta de desejo e prazer sexual, porém, como repercussão positiva, apontou o fim da hemorragia vaginal. Contudo, isso é reflexo de que nós profissionais de saúde não estamos atuando constantemente na educação desse público que é privado de informações, e que estas mulheres poderiam através do “saber” vivenciar de forma sadia sua sexualidade, com qualidade, com entendimento e com amor próprio. A pesquisa respeitou os princípios éticos e legais que norteiam a pesquisa envolvendo seres humanos, e só teve início após a aprovação pelo CEP do HUAC, tendo o CAAE nº 26365113.4.0000.5182. Parecer Nº 1.404.736.
Abstract: Hysterectomy is an operation in which the uterus is removed as a result of pathology, may be those for benign causes, fibroids or malignancies such as cancers of the uterus. It is a procedure performed in large number, and therefore, knowledge of women postoperative problems is needed, whether biological or emotional nature. Linked to reproduction, femininity and sexuality, the uterus is increasingly being associated as sacred female body, which means that their removal can bring great interference in the life of the woman is in her sexuality, body image or in social life. In this perspective, this study aimed to evaluate the impact of hysterectomy on the sexuality of women attending the Family Basic Health Units in the city of Campina Grande-PB, which had as its guiding question "What is the perception of hysterectomised women about their sexuality"? . This is a descriptive exploratory study of a qualitative nature that was conducted in two BFHU the city of Campina Grande-PB serving the people of Castle Hill neighborhood. The participants were 14 women undergoing hysterectomy surgery for at least one year, registered and served in these units. The majority of respondents associated the uterus for reproduction, reported adverse effects after surgery, such as lack of sexual desire and pleasure, but as a positive impact, said the end of vaginal bleeding. However, this is a reflection that we health professionals are not constantly working in the education of that public which is private information, and that these women could through the "know" experience in a healthy sexuality, with quality understanding and love own. The study followed the ethical and legal principles that guide research involving human subjects, and only started after approval by the HUAC CEP, with the CAAE No 26365113.4.0000.5182. Opinion No. 1,404,736.
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/16064
Appears in Collections:Curso de Bacharelado em Enfermagem - CCBS

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
RUAN TCHARLE PEREIRA DE SOUZA - TCC ENFERMAGEM CCBS 2016.pdfRuan Tcharle Pereira de Souza - TCC Enfermagem CCBS 2016.1.53 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.