Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/16167
Title: Desenvolvimento de capacidades coletivas em inovações sociais: análise da Rede Paraibana de Bancos Comunitários.
Other Titles: Development of collective capabilities in social innovations: analysis of the Paraibana Network of Community Banks.
???metadata.dc.creator???: BATISTA, Leonardo Ferreira.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: CORREIA, Suzanne Érica Nóbrega.
???metadata.dc.contributor.referee1???: OLIVEIRA, Verônica Macário de.
???metadata.dc.contributor.referee2???: SILVA FILHO, José Carlos Lázaro da,
Keywords: Inovação Social;Abordagem das Capacidades;Inovação de Base;Modelo 3C;Habilidade Social;Ciclo 5C;Bancos Comunitários de Desenvolvimento;Desenvolvimento Local;Social Innovation;Capabilities Approach;Grassroots Innovation;Model 3C;Social Skills;Cycle 5C;Community Development Banks;Local Development
Issue Date: 2-Oct-2020
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: BATISTA, Leonardo Ferreira. Desenvolvimento de Capacidades Coletivas em Inovações Sociais: Análise da Rede Paraibana de Bancos Comunitários. 2020. 104 f. (Mestrado em Administração) – Programa de Pós-Graduação em Administração, Centro de Humanidades, Universidade Federal de Campina Grande, Paraíba, Brasil, 2020.
???metadata.dc.description.resumo???: Este trabalho tem a seguinte questão norteadora: “Como ocorre o desenvolvimento de capacidades coletivas em iniciativas de inovação social?”. Para explorar esta problemática, foi realizado um estudo qualitativo com distintas fases metodológicas: revisão sistemática da literatura, ensaio teórico com proposição de framework e estudo de múltiplos casos, por meio de três artigos. O primeiro artigo realizou uma revisão sistemática sobre a congruência entre a inovação social e a abordagem das capacidades (Capabilities Approach) de Amartya Sen (1990, 2001), a partir de estudos emblemáticos eleitos pelo número de citações, ano de publicação e fator de impacto. O segundo artigo, inspirado no modelo 3C para inovações sociais lideradas pela base de Solava Ibrahim (2017), propôs um framework intitulado Ciclo 5C. Partindo da perspectiva de capacidades humanas, essa construção teórica discute as categorias previstas pelo modelo 3C para o desenvolvimento de inovações sociais a partir de suas bases (bottomup), “conscientização”, “conciliação” e “colaboração”, e acrescenta as categorias “confluência” e “capital”, amparadas pelos conceitos seminais de capital de Bourdieu (1986) e de habilidade social de Fligstein (2007), no sentido de suprir as limitações do modelo anterior e permitir o avanço do tema. Por fim, o artigo 3 realiza uma análise desse framework junto à Rede Paraibana de Bancos Comunitários de Desenvolvimento (BCD), por meio de atores sociais dos bancos Jardim Botânico (João Pessoa/PB), Cinco Lagoas (Remígio/PB), Lagoa (Lagoa de Dentro/PB) e Maringá (Pombal/PB), por meio de triangulação de dados (revisão da literatura, entrevistas semiestruturadas e pesquisa documental) e análise de conteúdo. Resultados evidenciam que a congruência abordada permite o avanço teórico da inovação social em três ênfases: atores, processos e ações de política pública e cidadania. E ainda propicia o desenvolvimento de capacidades coletivas em inovações sociais, processo evidenciado junto aos bancos comunitários de desenvolvimento paraibanos.
Abstract: This work has the following guiding question: "How are collective capabilities developed in social innovation initiatives?" To explore this problem, a qualitative study was carried out with different methodological phases: a systematic review of the literature, a theoretical essay with a framework proposal, and a study of multiple cases, through three articles. The first article carried out a systematic review on the congruence between social innovation and the Capabilities Approach approach by Amartya Sen (1990, 2001), based on emblematic studies elected by the number of citations, year of publication, and impact factor. The second article, inspired by the 3C model for social innovations led by Solava Ibrahim (2017), proposed a framework called Ciclo 5C. From the perspective of human capabilities, this theoretical construction discusses the categories provided by the 3C model for the development of social innovations from its bottom-up, “conscientization”, “conciliation” and “collaboration”, and adds the categories “confluence” and “capital”, supported by the seminal concepts of capital of Bourdieu (1986) and social skill of Fligstein (2007), in order to overcome the limitations of the previous model and allow the advance of the theme. Finally, article 3 performs an analysis of this framework with the Paraibana Network of Community Development Banks (BCD), through social actors from the banks Jardim Botânico (João Pessoa/PB), Cinco Lagoa (Remígio/PB), Lagoa (Lagoa de Dentro/PB) and Maringá (Pombal/PB), through data triangulation (literature review, semi-structured interviews and documentary research) and content analysis. Results show that the congruence addressed allows the theoretical advance of social innovation in three emphases: actors, processes, and actions of public policy and citizenship. It also promotes the development of collective capacities in social innovations, a process evidenced by the community development banks in Paraíba.
Keywords: Inovação Social
Abordagem das Capacidades
Inovação de Base
Modelo 3C
Habilidade Social
Ciclo 5C
Bancos Comunitários de Desenvolvimento
Desenvolvimento Local
Social Innovation
Capabilities Approach
Grassroots Innovation
Model 3C
Social Skills
Cycle 5C
Community Development Banks
Local Development
???metadata.dc.subject.cnpq???: Administração
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/16167
Appears in Collections:Mestrado em Administração

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
LEONARDO FERREIRA BATISTA - DISSERTAÇÃO (PPGA) 2020.pdf1.41 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.