Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/16203
Title: Metodologia de apoio à gestão de qualidade de águas pluviais da macrodrenagem urbana em áreas de arranjos populacionais médios.
Other Titles: Methodology to support storm water quality management of urban macrodrainage in areas with medium population arrangements.
???metadata.dc.creator???: COSTA FILHO, Francisco das Chagas da.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: COURA, Mônica de Amorim.
???metadata.dc.contributor.advisor2???: RODRIGUES, Andréa Carla Lima.
???metadata.dc.contributor.referee1???: OLIVEIRA, Rui de.
???metadata.dc.contributor.referee2???: RIBEIRO, Maria Adriana de Freitas Mágero.
???metadata.dc.contributor.referee3???: ANJOS, Kainara Lira dos.
Keywords: Saneamento Básico;Qualidade de Águas Urbanas;Plano de Gerenciamento;Gestão Sustentável;Macrodrenagem Urbana;Basic Sanitation.;Urban Water Quality;Management Plan;Sustainable Management;Urban Macrodrainage
Issue Date: 8-Oct-2020
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: COSTA FILHO, F. C. Metodologia de apoio à gestão de qualidade de águas pluviais da macrodrenagem urbana em áreas de arranjos populacionais médios. 2020. 155f. Tese (Doutorado em Engenharia Civil e Ambiental) – Programa de Pós-graduação em Engenharia Civil e Ambiental, Centro de Tecnologia e Recursos Naturais, Universidade Federal de Campina Grande, Paraíba, Brasil, 2020.
???metadata.dc.description.resumo???: Os impactos decorrentes do aumento populacional e do processo de urbanização são intensificados quando as atividades antrópicas ocorrem de forma não sustentável, acarretando diversos problemas sociais, econômicos e ambientais. Tais impactos também são agravados pela má gestão das cidades e pelos baixos investimentos em infraestrutura. No âmbito das águas urbanas, a falta ou a ineficiência de gestão pode contribuir para o agravamento da poluição das águas de drenagem e, consequente diminuição da qualidade dos recursos hídricos urbanos. No Brasil, como em outros países em desenvolvimento, a preocupação imediata em termos de drenagem e manejo das águas pluviais está associada à diminuição do risco de cheias urbanas, sendo comumente deixada em segundo plano a qualidade das águas drenadas para os corpos hídricos naturais. Com o intuito de reduzir essa lacuna, a presente pesquisa teve como objetivo desenvolver uma proposta metodológica para gestão sustentável de qualidade de águas pluviais da macrodrenagem urbana, em áreas de arranjos populacionais médios. A metodologia utilizou grupos de indicadores de operação/manutenção, de instrumentos legais, físico-químicos e microbiológico escolhidos para auxiliar a classificação da gestão atual de qualidade das águas de drenagem de bacias urbanas em cenários distintos de gestão (eficiente, parcial e ineficiente), levando em consideração, entre outros aspectos, a vulnerabilidade social e a fragilidade ambiental. A metodologia de caracterização e classificação da gestão atual em um dos cenários propostos foi aplicada em uma bacia piloto, bacia do Riacho do Prado, localizada na área urbana do distrito sede de Campina Grande - PB. Para a política ambiental, foram sugeridos dez princípios de gestão de qualidade de água, um objetivo geral, seis objetos específicos e diversas medidas mitigadoras relacionada ao risco ambiental e às características dos cenários propostos. Os resultados mostraram que, com relação à bacia do Riacho do Prado foram observados vários problemas urbanos e depreciação da qualidade da água presente no sistema de macrodrenagem, predominância de vulnerabilidade social média, tendendo a alta, diferentes classes de fragilidade ambiental emergente, risco ambiental variando de médio a muito alto, resultando em um índice geral de gestão de qualidade de água de 0,4, o que classifica a bacia piloto em uma gestão parcial de qualidade de água de drenagem urbana. Diante do exposto, é de suma importância que os arranjos populacionais médios, como Campina Grande, invistam na estruturação dos sistemas e na manutenção da qualidade das águas de drenagem e dos corpos hídricos urbanos. Além disso, é preciso uma conscientização conjunta, população e órgão gestor, pois a gestão sustentável da qualidade das águas da macrodrenagem urbana só é possível com a integração dos agentes urbanos e análises das inter-relações entre os sistemas de saneamento básico.
Abstract: The impacts resulting from the population increase and the urbanization process are intensified when the anthropic activities occur in an unsustainable way, causing several social, economic and environmental problems. Such impacts are also aggravated by poor city management and low investments in infrastructure. In the area of urban waters, the lack or inefficiency of management can contribute to the worsening of the pollution of drainage waters and, consequently, a reduction in the quality of urban water resources. In Brazil, as in other developing countries, the immediate concern in terms of drainage and management of rainwater is associated with a reduction in the risk of urban floods, with the quality of the water drained into the natural water bodies being often left in the background. In order to reduce this gap, the present research aimed to develop a methodological proposal for sustainable management of rainwater quality in urban macrodrainage, in areas of medium population arrangements. The methodology used groups of operation / maintenance indicators, legal, physical-chemical and microbiological instruments chosen to help classify the current quality management of drainage waters in urban basins under different management scenarios (efficient, partial and inefficient), taking into account, among other aspects, social vulnerability and environmental fragility. The methodology for characterizing and classifying the current management in one of the proposed scenarios was applied in a pilot basin, Riacho do Prado basin, located in the urban area of the headquarters district of Campina Grande - PB. For the environmental policy, ten water quality management principles, a general objective, six specific objects and several mitigating measures related to the environmental risk and the characteristics of the proposed scenarios were suggested. The results showed that, in relation to the Riacho do Prado basin, several urban problems and depreciation of the water quality present in the macro-drainage system were observed, predominance of medium social vulnerability, tending to rise, different classes of vii emerging environmental fragility, environmental risk varying medium to very high, resulting in a general water quality management index of 0.4, which classifies the pilot basin as a partial urban drainage water quality management. In view of the above, it is of paramount importance that medium-sized population arrangements, such as Campina Grande, invest in structuring systems and maintaining the quality of drainage waters and urban water bodies. In addition, there is a need for joint awareness, population and management body, as sustainable management of the water quality of urban macrodrainage is only possible with the integration of urban agents and analysis of the interrelationships between basic sanitation systems.
Keywords: Saneamento Básico
Qualidade de Águas Urbanas
Plano de Gerenciamento
Gestão Sustentável
Macrodrenagem Urbana
Basic Sanitation.
Urban Water Quality
Management Plan
Sustainable Management
Urban Macrodrainage
???metadata.dc.subject.cnpq???: Engenharia Civil
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/16203
Appears in Collections:Doutorado em Engenharia Civil e Ambiental

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
FRANCISCO DAS CHAGAS DA COSTA FILHO – TESE (PPGECA) 2020.pdf6.58 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.