Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/165
Title: Fazendo a festa: as sociabilidades dos migrantes varzealegrenses em São Paulo e no Ceará.
???metadata.dc.creator???: CLEMENTINO, Jurani Oliveira.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: MENEZES, Marilda Aparecida de.
???metadata.dc.contributor.referee1???: CHIANCA, Luciana.
???metadata.dc.contributor.referee2???: LIMA, Maria de Assunção.
???metadata.dc.contributor.referee3???: LIMA, Elizabeth Christina de Andrade.
???metadata.dc.contributor.referee4???: SILVA, Vanderlan Francisco da.
Keywords: Migrantes;Sociabilidade;Várzea Alegre;Festas;Etnografia;Migração Nordestina
Issue Date: 30-Mar-2016
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: CLEMENTINO, Jurani Oliveira. Fazendo a festa: as sociabilidades dos migrantes varzealegrenses em São Paulo e no Ceará. 2016. 304f. (Tese de Doutorado Ciências Sociais). Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais, Centro de Humanidades, Universidade Federal de Campina Grande, Campina Grande - Paraíba - Brasil, 2016.
???metadata.dc.description.resumo???: Esta tese baseia-se em pesquisa bibliográfica e de campo sobre as festas realizadas e vivenciadas por um grupo de migrantes oriundos do município cearense de Várzea Alegre que atualmente reside em São Paulo. Por meio da utilização de diferentes métodos e técnicas de investigação – etnografia e entrevistas– procura-se compreender a sociabilidade dos chamados varzealegrenses no espaço da festa, seja no cotidiano ou em eventos extra-cotidiano. Algumas questões norteiam a pesquisa: A primeira pode ser resumida da seguinte forma: Como, esses varzealegrenses vivenciam o cotidiano festivo em São Paulo? De que forma eles articulam, através das festas, a cidade de Várzea Alegre com a metrópole São Paulo? Como as festas são um elo de ligação entre tempos e espaços, já que verificou-se ser bastante comum os retornos ao Ceará, especialmente em tempos de festas. Perseguimos um conceito de que a festa está “no interior” do migrante, muito mais fortemente do que no interior do Brasil como uma memória. A festa migra, ela é constituinte e se constitui na experiência de mobilidade dos varzealegrenses. Além disso, entendemos que estas festas, quando ganham conotação politica, servem como uma linguagem comum ao grupo. Além dos significados da festa na constituição de identidades dos varzealegrenses, buscamos compreender ainda como eles administram, em suas experiências migratórias, a sua relação com o passado. Os relatos que servem de base para o presente texto são resultado de entrevistas com os migrantes, gravada digitalmente, além da observação de campo, convivendo com eles em São Paulo e em Várzea Alegre. Em suas narrativas, há uma compreensão do passado ora como cruel, sofrido; ora de forma idealizada, quase romanceada. São relatos nos quais estão amalgamados sentimentos de saudade, tristeza e alegria.
Abstract: This Thesis is groundend on bibliographical and empirical research about feasts promoted and experienced by a migrant group from the municipality of Varzea alegre, State of Ceara, Brazil, who at the prese nte live in the city of São Paulo. Using diverse research methodologies and techniques – ethnography and interviews - e seek to understand the sociability of “varzealegrenses”(people who were born in Varzea alegre) in the feasts both the day-to-day and the cyclical ones. Some questions quide the research. First, how the varzealegrenses experience the everyday feasts in São Paulo, How they joint, through the feasts, the municipality of Varzea Alegre and Säo Paulo. How the feasts is a link between time and space, considering that they return to Varzea alegre during feast times. We pursue an idea that the feast is much more inside the migrant than it is a memory in the interior of Brazil. The feast migrates, it constitute and is formed in the mobility experience of the varzealegrenses. Besides that, we understand that when the feast gains political connotations , they serve as a common language of the group. We also seek to understand how the migrants manage his past experience. The narratives are the result from interviews with the migrants, added to the direct observation, in both places. In their narrativas, the past is view either as cruel, suffered or in an idealized way, as idilic past. Feelingsof sadness, sorrow, joy, happiness are all mixed.
Keywords: Migrantes
Sociabilidade
Várzea Alegre
Festas
Etnografia
Migração Nordestina
???metadata.dc.subject.cnpq???: Ciências sociais
Migração
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/165
Appears in Collections:Doutorado em Ciências Sociais.

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
JURANI OLIVEIRA CLEMENTINO - TESE PPGCS 2016..pdfJurani Oliveira Clementino - Tese PPGCS 2016.4.54 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.