Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/1653
Title: Caracterização epidemiológica da Leptospirose em caprinos leiteiros no Semiárido da Paraíba, Brasil.
Other Titles: Epidemiological characterization of Leptospirosis in dairy goats in the semi-arid region of Paraíba, Brazil.
???metadata.dc.creator???: HIGINO, Severino Silvano dos Santos.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: AZEVEDO, Sérgio Santos de.
???metadata.dc.contributor.referee1???: GOMES, Albério Antônio de Barros.
???metadata.dc.contributor.referee2???: AMARAL, Franklin Riet Correa.
???metadata.dc.contributor.referee3???: COSTA, Francisco Assis de Lima.
???metadata.dc.contributor.referee4???: GONÇALES, Amane Paldês.
Keywords: Leptospirose em caprinos;Caprinos leiteiros - leptospirose;Epidemiologia animal;Semiárido Paraibano - Caprinos;Pequenos ruminantes;Natimortalidade - ruminantes;Infecção por Leptospira spp.;Bare-bones - ruminants;Dairy goats - leptospirosis;Animal Epidemiology
Issue Date: 2012
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: HIGINO, Severino Silvano dos Santos. Caracterização epidemiológica da Leptospirose em caprinos leiteiros no Semiárido da Paraíba, Brasil. 2012. 71f. (Tese de Doutorado), Programa de Pós-graduação em Medicina Veterinária, Centro de Saúde e Tecnologia Rural , Universidade Federal de Campina Grande – Patos – Paraíba - Brasil, 2012.
???metadata.dc.description.resumo???: A leptospirose em pequenos ruminantes é uma doença que pode causar perdas econômicas devido a ocorrência de abortamentos, natimortalidade e diminuição da produção de leite. Este trabalho teve como objetivos determinar a prevalência de propriedades de caprinos leiteiros positivas e de animais soropositivos para leptospirose no semiárido paraibano, bem como identificar fatores de risco associados à prevalência de propriedades positivas. A amostragem foi delineada para a determinação da prevalência de propriedades positivas (focos) e de animais soropositivos para a infecção por Leptospira spp. No total, foram colhidas amostras de sangue de 975 animais procedentes de 110 propriedades leiteiras localizadas no Munícipio de Monteiro, microrregião do Cariri Ocidental, Estado da Paraíba. Para o diagnóstico da infecção por Leptospira spp., foi utilizado o teste de soroaglutinação microscópica (SAM), utilizando como antígenos 24 sorovares. Uma propriedade foi considerada foco quando apresentou pelo menos um animal soropositivo. As prevalências de propriedades positivas e de animais soropositivos foram de 43,6% (IC 95% = 34,2% - 53,4%) e de 8,7% (IC 95% = 5,7% - 12,9%), respectivamente. Nos animais, os sorovares mais frequentes foram Autumnalis (1,74%; IC 95% = 0,97% – 3,09%), Sentot (1,71%; IC 95% = 0,82% – 3,52%) e Whitcomb (1,39%; IC 95% = 0,65% – 2,93%), e nas propriedades, os sorovares Autumnalis (10,9%; IC 95% = 5,8% – 18,3%), Whitcomb (8,2%; IC 95% = 3,8% – 15,0%) e Sentot e Patoc (7,3%; IC 95% = 3,2% – 13,8%) foram os mais frequentes. Presença de roedores (OR = 2,78, P = 0,015) foi identificada como fator de risco. Também houve associação entre o histórico de infertilidade (OR = 14,74, P = 0,015) e a prevalência de rebanhos positivos. Sugere-se que a infecção está distribuída em caprinos da região, e um programa de controle de roedores deve ser incluído nas práticas de manejo dos rebanhos com o intuito de reduzir a transmissão do agente e, consequentemente, reduzir a prevalência de rebanhos positivos e ocorrência de problemas reprodutivos, tais como infertilidade.
Abstract: Leptospirosis in small ruminants is a disease that can causes economic losses due to occurrence of abortions, stillbirths and decreased milk production. This work aimed to determine the prevalence of positive dairy goat herds and seropositive animals for leptospirosis in semiarid region of Paraíba State. Sampling was designed to determine the prevalence of positive herds (foci) and seropositive animals for leptospirosis. A total of 975 serum samples were collected from goats from 110 dairy herds in the Monteiro, Cariri Ocidental microregion of the Paraiba State. For the serological diagnosis of leptospirosis the microscopic agglutination test (MAT) was carried out usind 24 Leptospiraspp. serovars as antigens. A herd was considered positive when presented at least one seropositive animal. The prevalence of positive herds and seropositive animals were 43.6% (95% CI = 34.2% - 53.4%) and 8.7% (95% CI = 58.7% - 12.9%), respectively. The most frequent serovars in animals were Autumnalis (1.74%; 95% CI = 0.97% – 3.09%), Sentot (1.71%; 95% CI = 0.82% - 3.52%) and Whitcomb (1.39%; 95% CI = 0.65% – 2.93%), and by herd, serovars Autumnalis (10.9%; 95% CI = 5.8% – 18.3%), Whitcomb (8.2%; 95% CI = 3.8% – 15.0%) and Sentot and Patoc (7.3%; 95% CI = 3.2% – 13.8%) were the most frequent. Presence of rodents (OR = 2.78; P = 0.015) was identified as a risk factor. There was also association between history of infertility (OR = 14.74; P = 0.015) and prevalence of positive flocks. It is suggested that leptospirosis is spread in goats in the region, and that a program of rodent control should be included in the flock management practices aiming to reduce transmission of the agent and then to reduce prevalence of positive flocks and occurrence of reproductive disorders such as impaired fertility.
Keywords: Leptospirose em caprinos
Caprinos leiteiros - leptospirose
Epidemiologia animal
Semiárido Paraibano - Caprinos
Pequenos ruminantes
Natimortalidade - ruminantes
Infecção por Leptospira spp.
Bare-bones - ruminants
Dairy goats - leptospirosis
Animal Epidemiology
???metadata.dc.subject.cnpq???: Medicina Veterinária.
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/1653
Appears in Collections:Doutorado em Ciência e Saúde Animal (Patos)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
SEVERINO SILVANO DOS SANTOS HIGINO - TESE PPGMV 2012..pdfSeverino Silvano dos Santos Higino - Tese PPGMV 2012.891.49 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.