Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/16690
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creator.IDLUCENA, B. M.pt_BR
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/8807157799193541pt_BR
dc.contributor.advisor1FOOK, Marcus Vinícius Lia.-
dc.contributor.advisor1IDFOOK, M. V. Lpt_BR
dc.contributor.advisor1IDFook, Marcus Vinícius Liapt_BR
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/4149843752530120pt_BR
dc.contributor.referee1CARDOSO, Márcio José Batista.-
dc.contributor.referee2FERREIRA, Andréa Granalda.-
dc.contributor.referee3NEVES, Gelmires de Araújo.-
dc.description.resumoA substituição dos polímeros sintéticos, por polímeros naturais, biodegradáveis, atóxicos e biocompatíveis, a exemplo da quitosana, pode resultar na obtenção de um produto que atenue a resposta imunológica, além de não haver a necessidade de reintervenções cirúrgicas. Ainda nesse contexto, já se sabe que o uso dos biomateriais têm se mostrado muito relevante no sentido de suprir a necessidade de regeneração, possibilitando o reparo e crescimento dos tecidos nas áreas afetadas por lesões ou doenças. Dentro da atividade médica podem-se destacar algumas intervenções como: o manejo das vias aéreas, o tratamento das doenças estenosantes do esôfago e as cirurgias arteriais. Desta forma, o presente trabalho possui como objetivo desenvolver dispositivos tubulares de quitosana para utilização como biomateriais e comparar com tubos comercial não biodegradáveis utilizados na área médica. Os tubos foram obtidos utilizando o método de dip-coating com a coagulação da quitosana em solução de hidróxido de sódio, e foram caracterizados por Microscopia Óptica (MO); Espectroscopia na Região de Infravermelho com Transformada de Fourier (FTIR); Ensaio Mecânico de Tração; Molhabilidade por Medida de Ângulo de Contato; Grau de Intumescimento (GI); Ensaio de Biodegradação in vitro e Citotoxicidade. Por meio da técnica de MO foi possível observar uniformidade nas paredes do tubo de quitosana obtido. Com a técnica de FTIR verificou-se que ocorreu interação entre a quitosana e o plastificante utilizado e que o tubo comercial estudado é de polidimetilsiloxano. O ensaio mecânico de tração demonstrou que o módulo elástico dos tubos comerciais foi superior ao dos tubos obtidos nesta pesquisa. Os resultados de Molhabilidade por ângulo de contato sugeriram que o tubo de quitosana apresenta um perfil hidrofílico, enquanto o tubo comercial é hidrofóbico e por esta razão o Grau de Intumescimento foi maior nostubos de quitosana. Quanto ao ensaio de Biodegradação, observou-se que as amostras em lisozima apresentaram uma maior perda de massa. O ensaio de Citotoxicidade confirmou a biocompatibilidade do material. Baseado nos resultados pode-se concluir que é possível obter tubos biodegradáveis de quitosana para serem aplicados como biomaterial.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentCentro de Ciências e Tecnologia - CCTpt_BR
dc.publisher.programPÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA E ENGENHARIA DE MATERIAISpt_BR
dc.publisher.initialsUFCGpt_BR
dc.subject.cnpqCiência e Engenharia de Materiais.pt_BR
dc.subject.cnpqMedicinapt_BR
dc.titleDesenvolvimento de tubos de quitosana para uso como prótese traqueobrônquica.pt_BR
dc.date.issued2017-12-14-
dc.description.abstractThe substitution of synthetic polymers by natural, biodegradable, non-toxic and biocompatible polymers, such as chitosan, may result in the production of a product that attenuates the immune response, is biodegradable, bioabsorbable and serves the purpose it has been proposed. the need for surgical reintervention. Also in this context, it is already known that the use of biomaterials have been very relevant in the sense of supplying the need for regeneration, repair and growth of the tissues in the areas affected by injuries or diseases. Within the medical activity can be highlighted some interventions such as: management of the airways, treatment of stenotic diseases of the esophagus and arterial surgeries. Thus, the present work aims to develop tubular chitosan devices for use as biomaterials and to compare with non-biodegradable commercial tubes used in the medical area. The tubes were obtained using the dip-coating method with the coagulation of chitosan in sodium hydroxide solution and were characterized by Optical Microscopy (MO); Spectroscopy in the Infrared Region with Fourier Transform (FTIR); Mechanical Traction Test; Wettability by Contact Angle Measurement; Degree of Swelling (GI); In vitro Biodegradation and Cytotoxicity Assay. By means of the MO technique it was possible to observe uniformity in the walls of the obtained chitosan tube. With the FTIR technique it was verified that interaction occurred between the chitosan and the plasticiser used and that the commercial tube studied is polydimethylsiloxane. The mechanical tensile test demonstrated that the elastic modulus of the commercial tubes is superior to the tubes obtained in this research. The results of Wettability by contact angle suggested that the chitosan tube presents a hydrophilic profile, while the commercial tube is hydrophobic and for this reason the degree of swelling was higher in the chitosan tubes. As for the Biodegradation test, it was observed that the samples in lysozyme presented a greater loss of mass. The Cytotoxicity assay confirmed the biocompatibility of the material. Based on the results it can be concluded that it is possible to obtain biodegradable chitosan tubes to be applied as biomaterial.pt_BR
dc.identifier.urihttp://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/16690-
dc.date.accessioned2020-12-15T20:26:08Z-
dc.date.available2020-12-02-
dc.date.available2020-12-15T20:26:08Z-
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.subjectQuitosanapt_BR
dc.subjectPolímeros Biodegradáveispt_BR
dc.subjectAplicações Médicaspt_BR
dc.subjectSistema Respiratóriopt_BR
dc.subjectSistema Digestóriopt_BR
dc.subjectMecânica Ventilatóriapt_BR
dc.subjectChitosanpt_BR
dc.subjectBiomaterialspt_BR
dc.subjectMedical Applicationspt_BR
dc.subjectRespiratory Systempt_BR
dc.subjectDigestive Systempt_BR
dc.subjectMecânica Ventilatóriapt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.creatorLUCENA, Breno de Medeiros.-
dc.publisherUniversidade Federal de Campina Grandept_BR
dc.languageporpt_BR
dc.title.alternativeDevelopment of chitosan tubes for use as a tracheobronchial prosthesis.pt_BR
dc.identifier.citationLUCENA, B. M. Desenvolvimento de tubos de quitosana para uso como prótese traqueobrônquica. 2017. 62 f. Dissertação (Mestrado em Ciência e Engenharia de Materiais) – Programa de Pós-Graduação em Ciência e Engenharia de Materiais, Centro de Ciências e Tecnologia, Universidade Federal de Campina Grande - Paraíba - Brasil, 2017.pt_BR
Appears in Collections:Mestrado em Ciência e Engenharia de Materiais.

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
BRENO DE MEDEIROS LUCENA -DISSERTAÇÃO (PPG-CEMat) 2017.pdf2.08 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.