Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/16694
Title: Filmes nanocompósitos de poli(butileno adipato co-tereftalato)/ argila organofílica.
Other Titles: Nanocomposite films of poly (butylene adipate co-terephthalate) / Organophilic clay.
???metadata.dc.creator???: FALCÃO, Gabriella Amorim Muniz.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: CARVALHO, Laura Hecker de.
???metadata.dc.contributor.advisor-co1???: BARDI, Marcelo Augusto Gonçalves.
???metadata.dc.contributor.referee1???: CANEDO, Eduardo Luis.
???metadata.dc.contributor.referee2???: SOUZA, Dayanne Diniz de.
Keywords: PBAT;Organofílica;Permeabilidade;Envelhecimento;Biopolímeros;Organofílica Clay;Permeability;Aging
Issue Date: 21-Jul-2017
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: FALCÃO, G. A. M. Filmes nanocompósitos de poli(butileno adipato co-tereftalato)/ argila organofílica. 2017. 100 f. Dissertação (Mestrado em Ciência e Engenharia de Materiais) – Programa de Pós-Graduação em Ciência e Engenharia de Materiais, Centro de Ciências e Tecnologia, Universidade Federal de Campina Grande - Paraíba - Brasil, 2017.
???metadata.dc.description.resumo???: O descarte inadequado dos polímeros é o responsável pelo seu acúmulo indiscriminado na natureza, gerando grandes impactos ambientais, uma vez que a degradação dos polímeros provenientes de fontes não renováveis é lenta. Uma alternativa viável para minimizar essa problemática é a substituição total ou parcial dos polímeros sintéticos (derivados do petróleo e que apresentam elevada resistência à degradação) por polímeros biodegradáveis. O Poli (butileno adipato-co- tereftalato) (PBAT) é considerado um dos polímeros mais promissores para a produção de embalagens de filmes biodegradáveis. O presente estudo trata da produção, caracterização e propriedades de filmes nanocompósitos de matriz biodegradável (PBAT) e uma argila organofílica (C20A). O efeito do envelhecimento acelerado (por exposição à radiação UV e Temperatura), na permeabilidade, biodegradação, propriedades mecânicas e na variação colorimétrica dos sistemas desenvolvidos foi avaliado. Nanocompósitos contendo 1,3 e 5% de argila foram processados em um misturador interno de laboratório e as curvas de reometria do toque foram analisadas. As composições obtidas foram granuladas e extrusadas na forma de filmes planos, que foram caracterizados por DRX,DSC,FTIR e MEV. As propriedades mecânicas em tração e a permeabilidade a gases (O2 e CO2) desses filmes em função do teor de carga e do tempo de exposição à radiação UV a 58°C foram determinadas. Os resultados mostram que a adição de pequenas quantidades da argila organofílica ao PBAT não aumentou a degradação da matriz polimérica durante o processamento, nem afetou sua cristalização. A incorporação da argila namatriz polimérica diminuiu a permeabilidade aos gases de oxigênio e dióxido de carbono dos filmes produzidos. A biodegradação, cor, permeabilidade e propriedades mecânicas dos filmes foram significativamente afetadas pelo envelhecimento acelerado (UV/T) e dependem do tempo de envelhecimento e teor de argila dos sistemas.
Abstract: The improper disposal of polymers is responsible for their indiscriminate accumulation in nature, generating major environmental impacts, as polymers from non-renewable sources takes a long time to degrade. A viable alternative to minimize this problem is the total or partial substitution of synthetic polymers (petroleum derivatives highly resistant to degradation) by biodegradable polymers. Poly (butylene terephthalate-co-adipate) (PBAT) is considered to be one of the most promising polymers for the production of biodegradable film packaging. The present study deals with the production, characterization and properties of nanocomposite films of a biodegradable matrix (PBAT) and an organoclay (C20A). The effect of accelerated aging (by exposure to UV radiation and Temperature) on permeability, biodegradation, mechanical properties and colorimetry of the systems developed was ascertained. Nanocomposites containing 1.3 and 5% of clay were processed in a laboratory internal mixer and torque rheometry curves were analyzed. The compositions obtained were pelletized and extruded as flat films, which were characterized by XRD, DSC, FTIR and SEM. Tensile properties and gas permeability(O2 and CO2) of these films as a function of filler content and exposure times to UV radiation at 58oC were determined. Results show that the addition of small amounts of organoclay to PBAT did not increase the degradation of polymeric matrix during processing, nor affected its crystallization. Clay incorporation to the polymer matrix led to decreases in permeability to oxygen and carbon dioxide gases of the films manufactured. Biodegradation, colour, permeability and mechanical properties of the films were strongly affected by accelerated aging (UV/T) and depended on aging time and clay content of the systems.
Keywords: PBAT
Organofílica
Permeabilidade
Envelhecimento
Biopolímeros
Organofílica Clay
Permeability
Aging
???metadata.dc.subject.cnpq???: Ciência e Engenharia de Materiais.
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/16694
Appears in Collections:Mestrado em Ciência e Engenharia de Materiais.

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
GABRIELLA AMORIM MUNIZ FALCÃO - DISSERTAÇÃO (PPG-CEMat) 2017.pdf4.48 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.