Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/1690
Title: A evolução das rendas e atividades não agrícolas na Paraíba dos anos 90.
Other Titles: The evolution of incomes and non agricultural activities in Paraíba in the 1990s.
???metadata.dc.creator???: LIMA, João Ricardo Ferreira de.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: SILVA, Aldenor Gomes da.
???metadata.dc.contributor.referee1???: VERAS, Edmilson Correia.
???metadata.dc.contributor.referee2???: SANTOS, Robério Ferreira dos.
Keywords: Evolução das Rendas - Paraíba;Atividades Não Agrícolas;Evolução das Ocupações - Paraíba;Famílias Rurais - Rendas;Rendas Não Agrícolas - Paraíba;Famílias Rurais Pluriativas;Rural Paraibano;Economia Rural;Economia Regional;Novo Rural;Plurian Rural Households
Issue Date: Apr-2002
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: LIMA, João Ricardo Ferreira de. A evolução das rendas e atividades não Agrícolas na Paraíba dos anos 90. 2002. 101f. (Dissertação de Mestrado em Economia Rural e Regional), Programa de Pós-graduação em Economia Rural e Regional, Centro de Humanidades, Universidade Federal de Campina Grande - Paraíba - Brasil, 2002.
???metadata.dc.description.resumo???: O problema central deste trabalho é entender a evolução das ocupações e das rendas das famílias rurais paraibanas nos anos 90. O objetivo é identificar a importância das atividades e das rendas não-agrícolas, além das transferências públicas/privadas para a melhoria e/ou manutenção das famílias nas áreas rurais. Para isto, analisamos a evolução das famílias rurais agrícolas, das famílias rurais não-agrícolas e das famílias rurais pluriativas nos anos 90, divididas entre empregadores, conta-própria, assalariados e não-ocupados. Estudamos também o comportamento dos rendimentos obtidos (pós plano Real) e a proporção de cada um no total. Comparamos ainda os rendimentos das famílias rurais agrícolas, pluriativas e não-agrícolas, de acordo com o estrato de área dos estabelecimentos. A metodologia utilizada foi uma pesquisa bibliográfica baseada em trabalhos produzidos dentro do projeto RURBANO e a análise das informações dos microdados das PNAD (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio) do EBGE, relativas ao rural paraibano nos anos 90. A exemplo do que ficou demonstrado na situação nacional e regional, na Paraíba também se constata um crescimento das chamadas ORNA (ocupações rurais não-agricolas), do aumento no número das famílias pluriativas e não-agrícolas residentes em áreas rurais, além de uma grande disparidade entre as rendas obtidas pelas famílias exclusivamente agrícolas daquelas não-agrícolas e pluriativas, principalmente nos anos secos. As famílias pluriativas dependem menos das transferências públicas e privadas, comparando com as famílias agrícolas. Constatamos que no período pós plano Real, as rendas agrícolas apresentam um movimento de forte queda e as rendas não-agrícolas possuem um movimento inverso, sempre crescendo a cada ano. Finalmente, independente do estrato de área dos estabelecimentos e a situação da família (empregadora com até 2 empregados permanentes ou conta-própria), as rendas das famílias do tipo agrícolas são menores que as das famílias pluriativas. Apesar da pluriatividade num estado pobre como a Paraíba decorrer em sua maior parte de estratégias familiares que procuram alternativas de renda para poderem sobreviver e manter o estabelecimento rural, isto não significa que o estado não possua condições de repensar o desenvolvimento das áreas rurais, reorganizando a base de sustentação de milhares de pequenos agricultores queóioje sobrevivem da agricultura de subsistência, com base em atividades agrícolas que possuam nichos de mercado e também em atividades não-agrícolas, como ecoturismo, chácaras de lazer e serviços públicos essenciais que existem nas áreas urbanas.
Abstract: The central problem of this work is to understand the evolution of occupations and the paraibanas household incomes in the nineties. The objective is to identify the importance of activities and the non-agricultural incomes, besides the transfers public/private for the improvement and/or maintenance of the families in rural áreas. For this, we analyzed the evolution of the agricultural household, the non-agricultural household and pluriactive household in the nineties, divided among employers, billown, salaried and unemployed. We also studied the behavior of the obtained revenues (post plan Real) and the proportion of each one in total. We still compared the revenues of agricultural household, pluriactive and non-agricultural, in agreement with the establishments stratum of area. The used methodology was a bibliographical research based on works produced inside the project RURBANO and analysis through the data generated by PNAD (Brazilian National Household Surveys) of IBGE, relative to the rural paraibano in the nineties. To example of what was demonstrated in national and regional situation, in Paraíba a growth of the ORNA (non-agricultural rural occupations) is also verified, like that increase in the number of pluriactive household and nonagricultural residents in rural áreas, besides a great disparity among the incomes obtained exclusively by the agricultural househould of those non-agricultural ones and pluriactive, mainly in the dryness years. The pluriactive household depend less on the public and private transfers, comparing with the agricultural. We verified that in the period post plan Real, the agricultural incomes present a movement of strong fali and the non-agricultural incomes possess an inverse movement, always growing every year. Finally, independem of the establishments stratum of area and the family situation (employer with until 2 employees permanent or bill-own), the incomes agricultural household type are smaller than pluriactive. In spite of the pluriactivity in a poor state like Paraíba to elapse in your largest part of household strategies that seek alternatives of income to survive and maintain the rural establishment, this doesn't mean that the state d^esn't possess conditions of rethinking the rural development, reorganizing the economics base of thousands small farmers that today survive of the subsistence agriculture, investing (for example) in agricultural activities that possess market niches and also in non-agricultural activities, as eco-tourism, leisure small farms and essential public services that exist in the urban áreas.
Keywords: Evolução das Rendas - Paraíba
Atividades Não Agrícolas
Evolução das Ocupações - Paraíba
Famílias Rurais - Rendas
Rendas Não Agrícolas - Paraíba
Famílias Rurais Pluriativas
Rural Paraibano
Economia Rural
Economia Regional
Novo Rural
Plurian Rural Households
???metadata.dc.subject.cnpq???: Economia.
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/1690
Appears in Collections:Mestrado em Economia Rural e Regional.

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
JOÃO RICARDO FERREIRA DE LIMA - DISSERTAÇÃO PPGERR 2002..pdfJoão Ricardo Ferreira de Lima - Dissertação PPGERR 2002.3.86 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.