Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/17023
Title: Áreas (DES) protegidas do nordeste Brasileiro: as vulnerabilidades, ameaças e riscos no refúgio de vida Silvestres Matas do Sistema Gurjaú/ PE - Brasil.
Other Titles: Protected (DES) areas of northeastern Brazil: vulnerabilities, threats and risks in the wildlife refuge Silvestres Mata do Sistema Gurjaú / PE - Brazil.
???metadata.dc.creator???: SOUZA, Tatiana Santana de.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: BARBOSA, Marx Prestes.
???metadata.dc.contributor.referee1???: LIMA, Vera Lúcia Antunes de.
???metadata.dc.contributor.referee2???: SELVA, Vanice Santiago.
???metadata.dc.contributor.referee3???: MORAES NETO, João Miguel de.
???metadata.dc.contributor.referee4???: FERNANDES, Maria de Fátima.
Keywords: Áreas Protegidas;Conservação Ambiental;Governança Pública;Estado Capitalista Neoliberal;Protected Areas;Environmental Conservation;Public Governance;Neoliberal Capitalist State
Issue Date: 14-Jun-2018
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: SOUZA, Tatiana Santana de. Áreas (DES) protegidas do nordeste Brasileiro: as vulnerabilidades, ameaças e riscos no refúgio de vida Silvestres Matas do Sistema Gurjaú/ PE - Brasil. 111f. 2018. (Tese de Doutorado em Recursos Naturais), Programa de Pós-graduação em Recursos Naturais, Centro de Tecnologias e Recursos Naturais, Universidade Federal de Campina Grande – Paraíba – Brasil, 2018.
???metadata.dc.description.resumo???: As áreas protegidas são criadas e geridas com o objetivo de garantir a conservação da natureza. No cenário do Estado de Pernambuco, o ecossistema Mata Atlântica recebe reconhecimento internacional como área prioritária para as ações de conservação, pela sua grande riqueza natural e elevada biodiversidade. Estas áreas naturais tem o enorme desafio de compatibilizar interesses divergentes face a fortes ameaças e condições de vulnerabilidade social, política e econômica. Este trabalho objetivou analisar as ameaças, vulnerabilidades e riscos da criação e gestão de áreas protegidas no contexto do capitalismo neoliberal; no âmbito do Refúgio de Vida Silvestre Matas do Sistema Gurjaú (RVS – Gurjaú)/PE – Brasil. Uma pesquisa exploratória e descritiva foi realizada, adotando-se os procedimentos metodológicos (leitura de documentos e bibliografias). Na coleta dos dados foi utilizada a pesquisa de campo com observação sistemática, entrevista não estruturada focalizada e reuniões projetivas, além da participação em reuniões de conselhos gestores. Para análise e discussão dos resultados, foi utilizada uma abordagem qualitativa com enfoque interdisciplinar através da triangulação de métodos. Como resultado, observa-se que as unidades de conservação de Pernambuco estão fragilizadas em sua capacidade de governabilidade e governança e em risco de degradação do ambiente natural, social e cultural, diante das ameaças e vulnerabilidades identificadas que corroboram para a instabilidade nas ações de conservação ambiental. Portanto, o fortalecimento da governança é indispensável ao processo de elaboração e implementação das políticas para esses espaços naturais construídas em simbiose com os diversos atores envolvidos com a temática, em meio a intensas e variadas ameaças e vulnerabilidades inerentes a esse processo antagônico e dialético de construção da sustentabilidade.
Abstract: Protected areas are created and managed with the aim of ensuring the conservation of nature. In the state of Pernambuco, the Atlantic Forest ecosystem receives international recognition as a priority area for conservation actions, due to its great natural wealth and high biodiversity. These natural areas have the enormous challenge of reconciling divergent interests in the face of strong threats and conditions of social, political and economic vulnerability. This work aimed to analyze the threats, vulnerabilities and risks of the creation and management of protected areas in the context of neoliberal capitalism; within the scope of the Gurjaú System Wildlife Refuge (RVS - Gurjaú) / PE - Brazil. An exploratory and descriptive research was carried out, adopting the methodological procedures (reading of documents and bibliographies). In order to collect data, we used field research with systematic observation, focused non-structured interview and projective meetings, as well as participation in meetings of management councils. For the analysis and discussion of the results, a qualitative approach with an interdisciplinary approach was used through the triangulation of methods. As a result, it is observed that Pernambuco's protected areas are fragile in their capacity for governance and governance and at risk of degradation of the natural, social and cultural environment, given the identified threats and vulnerabilities that corroborate the instability in conservation actions environmental. Therefore, the strengthening of governance is indispensable to the process of elaboration and implementation of the policies for these natural spaces built in symbiosis with the various actors involved with the theme, amidst the intense and varied threats and vulnerabilities inherent to this antagonistic and dialectical process of construction of sustainability.
Keywords: Áreas Protegidas
Conservação Ambiental
Governança Pública
Estado Capitalista Neoliberal
Protected Areas
Environmental Conservation
Public Governance
Neoliberal Capitalist State
???metadata.dc.subject.cnpq???: Recursos Naturais
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/17023
Appears in Collections:Doutorado em Engenharia e Gestão de Recursos Naturais.

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TATIANA SANTANA DE SOUZA - TESE PPGRN 2018.pdfTatiana Santana de Souza - TESE PPGRN 2018.6.9 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.