Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/17027
Title: Comunidade fitoplanctônica de dois reservatórios eutrofizados do semiárido Paraiba.
Other Titles: Phytoplankton community of two eutrophic reservoirs in the semi-arid region of Paraiba.
???metadata.dc.creator???: LIMA, Suzana Marinho Souto.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: CEBALLOS, Beatriz Susana Ovruski de.
???metadata.dc.contributor.referee1???: DINIZ, Célia Regina.
???metadata.dc.contributor.referee2???: RODRIGUES, Andréia Carla Lima.
???metadata.dc.contributor.referee3???: KONIG, Annemarie.
???metadata.dc.contributor.referee4???: DANTAS NETO, José.
Keywords: Cianobactérias;Estratégias Adaptativas;Semiárido;Cyanobacteria;Adaptive Strategies;Semiarid
Issue Date: 17-Dec-2012
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: LIMA, Suzana Marinho Souto. Comunidade fitoplanctônica de dois reservatórios eutrofizados do semiárido Paraibano. 116f. 2012. (Tese de Doutorado em Recursos Naturais), Programa de Pós-graduação em Recursos Naturais, Centro de Tecnologias e Recursos Naturais, Universidade Federal de Campina Grande – Paraíba – Brasil, 2012.
???metadata.dc.description.resumo???: A variação espacial e temporal e as estratégias adaptativas da comunidade fitoplanctônica foram analisadas em função do cenário físico e químico e dos volumes de água acumulados nos momentos de amostragem em dois reservatórios eutrofizados do Nordeste semiárido paraibano. Foram coletadas mensalmente, no período de janeiro de 2008 a julho de 2009, amostras de água nos reservatórios Cacimba da Várzea (município de Cacimba de Dentro, Curimataú) e Várzea Grande (município de Picuí, sub-bacia do Seridó Oriental) em três estações de coleta, sendo: E1- entrada de tributários, E2 - Próximo aos tanques de piscicultura e E3 - Zona de barragem, em três profundidades (subsuperfície, 50% e 0% de incidência de luz). As variáveis estudadas foram: transparência de Secchi, coeficiente de atenuação da luz (K), temperatura, pH, oxigênio dissolvido, condutividade elétrica, nitrogênio total inorgânico, fósforo reativo solúvel, fósforo total, relação NID/PSR e Indice do Estado Trófico (IET). A concentração de clorofila a, foi avaliada como indicadora indireta da biomassa de fitoplâncton caracterizada a comunidade fitoplanctônica (qualitativa e quantitivamente), determinada sua densidade e convertida em biomassa. As estratégias adaptativas foram verificadas a partir dos traços funcionais de cada espécie. A presença de microcistinas LR foi determinada por cromatografia líquida de alta eficiência (HPLC). Os dois reservatórios estão situados em bacias hidrográficas próximas embora com diferentes valores pluviométricos e características limnológicas semelhantes: temperaturas médias da água de 26,3 a 27,3°C, elevado pH (próximos a 8), baixa transparência, (extremos de até 0,2 metros) e elevadas concentrações de nutrientes, que favorecem o desenvolvimento das cianobactérias as quais dominaram os reservatórios ao longo do período de estudo. Em Cacimba da Várzea a biomassa fitoplactônica teve concentrações máximas em biovolume de 10,15 mm3.L, 10 vezes menores que em Várzea Grande (128,56 mm3.L) associados aos eventos de transbordamento durante as chuvas (período de inverno) enquanto as concentrações máximas de fósforo total foram de 1.269,17 μg.L em Cacimba da Várzea e de 1.170,83 μg.L em Várzea Grande. Foram identificados 19 grupos funcionais: 10 em Várzea Grande (C, H1, J, Lo, Mp, P, S1, Sn, W2, X1) e 9 em Cacimba da Várzea (C, J, Lo, P, S1, Sn, W2, X1), com predomínio de S1 e Sn nos dois reservatórios, sobressaindo-se na época de estiagem ou verão, quando havia menores volumes de água acumulada. Os traços morfo-funcionais do fitoplâncton revelaram predominância de espécies com máxima dimensão linear - MDL (maiores que 50μm) e volume celular entre 103 e 104 μm3 R-estrategistas, atributos que traduzem condições de eutrofia do corpo aquático. Os resultados evidenciam que os grupos funcionias são ferramentas eficientes no monitoramento de ecossistemas aquáticos no semiárido ao expressar suas condições físicas, químicas, biológicas e hidráulicas. As concentrações de Microcistina LR detectadas nos reservatórios foram de 11,54 μg.L, em Cacimba da Várzea e média de 5,03 μg.L em Várzea Grande. São valores elevados que exigem a aplicação das diretrizes da Portaria 2914/2011, de controle semanal dos teores de cianotoxinas no manancial na zona de captação, assim como na água tratada na saída da ETA, antes da distribuição. O valor máximo permitido de microcistina na água de beber é de 1 μg.L. Os resultados mostram que o monitoramento de corpos aquáticos destinados para usos múltiplos e em especial para consumo humano encontra, na idenficaçao dos grupos funcionais, um excelente instrumento de avaliação dos níveis de eutrofizaçao e orienta para a possível presença de cianotoxinas nessas águas. Pela importância social e econômica de ambos os reservatórios estudados, sua caracterização como ambientes eutróficos (pela composição dos grupos fitoplanctônicos predominantes confirmados pelos teores de N e P e o IET) é útil aos gestores dos recursos hídricos estaduais para a adoção de medidas preventivas ou de retardo da eutrofização.
Abstract: The spatial and temporal variation and adaptive strategies of phytoplankton were analyzed as a function of chemical and physical settings and the volume of water accumulated at the moment of the samplings in two eutrophic reservoirs in the semiarid region of northeastern Paraiba. Samples of water were collected monthly from January 2008 to July 2009, in the Cacimba da Várzea (Cacimba de Dentro municipality, Curimataú) and Várzea Grande (Picuí municipality, Eastern Seridó sub basin) reservoirs at three collection stations: E1- entrada de tributários, E2 - Next to fishponds and E3-dam zone, and at three depths (sub-surface, 50% and 0% incidence of light). The variables studied were: Sechhi transparency, attenuation coefficient of light (K), temperature, pH, dissolved oxygen, electrical conductivity, total inorganic nitrogen, reactive soluble phosphorus, total phosphorous, compared NID / PSR, Trophic State Index (ETI). The concentration of chlorophyll a was evaluated, as an indirect indicator of phytoplankton biomass and the phytoplankton community was characterized (qualitatively and quantitatively), its density was determined and converted into biomass. The adaptive strategies were verified from the functional traits of each species. The presence of microcystin LR was determined by high performance liquid chromatography (HPLC). The two reservoirs are located in close basins although with different precipitation values and with similar limnological characteristics: mean temperatures of the water from 26.3 to 27.3°C, high pH (near 8), low transparency (extremes of 0.2 meters) and high concentrations of nutrients, which favor the development of cyanobacteria that dominated reservoirs throughout the study period. In Cacimba da Várzea biomass fitoplactônica had a maximum concentration of biovolume at 10.15 mm3.L which were 10 times smaller than in Várzea Grande (128.56 mm3.L) associated with overflow events during the rains (the winter period), while peak concentrations of total phosphorus were 1269.17 μg.L in Cacimba da Várzea and 1170.83 μg.L in Várzea Grande. 19 functional groups were identified: 10 in Várzea Grande (C, H1, J, Lo, Mp, P, S1, Sn, W2, X1) and 9 in Cacimba da Várzea (C, J, Lo, P, S1, Sn, W2, X1), with predominance of S1 and Sn in the two reservoirs, standing out in the dry season or summer when there were smaller volumes of water accumulated in the reservoirs. The morpho-functional traits of phytoplankton revealed the predominance of species with maximum linear dimension - MDL (greater than 50μm) and cell volume between 103 and 104 μm3 R-strategists, attributes that translate eutrophic conditions in the ecosystem. The results show that the functional groups are efficient tools in monitoring aquatic ecosystems in semiarid to express physical, chemical, biological and hydraulic conditions. The Microcystin LR concentrations detected in the reservoirs were 11.54 μg.L in Cacimba da Várzea and an average of 5.03 μg.L in Várzea Grande. High values are what require applying the guidelines of Ordinance 2914/2011, the weekly control of the cyanotoxins levels in the spring catchment area as well as in the treated water at the ETA outlet before distribution. The maximum value of microcystin allowed in drinking water is 1 μg.L. The results show that monitoring bodies of water intended for multiple uses and especially for human consumption shows functional groups identification as an excellent tool for assessing levels of eutrophication and guides to the possible presence of cyanotoxins in these waters. Given the social and economic importance of both reservoirs studied its characterization as eutrophic environments (the composition of the dominant phytoplankton groups confirmed by the contents of N and P and the EIT) is useful tostate managers of water resources for the adoption of prevention methods or the delay of eutrophication.
Keywords: Cianobactérias
Estratégias Adaptativas
Semiárido
Cyanobacteria
Adaptive Strategies
Semiarid
???metadata.dc.subject.cnpq???: Recursos Naturais
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/17027
Appears in Collections:Doutorado em Engenharia e Gestão de Recursos Naturais.

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
SUZANA MARINHO SOUTO LIMA - TESE PPGRN 2012.pdfSusana Marinho Souto Lima - TESE PPGRN 2012.2.95 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.