Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/1774
Title: O empreendedorismo comunitário na promoção do desenvolvimento local: a experiência de extensão universitária do Programa de Estudos e Ações para o Semiárido (PEASA).
Other Titles: Community entrepreneurship in promoting local development: The experience of university extension of the Program of Studies and Actions for the Semi-Arid (PEASA).
???metadata.dc.creator???: BARROS, Adriano de Sousa.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: CUNHA, Luis Henrique Hermínio.
???metadata.dc.contributor.referee1???: GOMES, Ramonildes Alves
???metadata.dc.contributor.referee2???: FERNANDES, Macionila.
Keywords: Empreendedorismo Comunitário;Desenvolvimento Local;Extensão Universitária;Programa de Estudos e Ações para o Semiárido - PEASA;Combate à Seca;Convivência com o Semiárido;Modernização do Semiárido;Desenvolvimento do Semiárido;Nordeste Rural Semiárido;Sistemas Produtivos Locais - SPL;Planejamento Ambiental;Desenvolvimento Sustentável;Environmental Planning;University Extension;Combating Drought;Living with the Semiarid
Issue Date: Sep-2006
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: BARROS, Adriano de Sousa. O empreendedorismo comunitário na promoção do desenvolvimento local: a experiência de extensão universitária do Programa de Estudos e Ações para o Semiárido (PEASA). 2006. 138f. (Dissertação de Mestrado em Ciências Sociais) - Programa de Pós-graduação em Ciências Sociais, Centro de Humanidades, Universidade Federal de Campina Grande - Paraíba - Brasil, 2006.
???metadata.dc.description.resumo???: O Nordeste rural semi-árido tem passado durante as últimas décadas por diversos modos de pensar e fazer seu desenvolvimento e, consequentemente, sua modernização. Depois do amplo investimento em infra-estrutura na perspectiva do "combate à seca", acompanhado pelo plano de industrialização regional tido como a melhor solução para o problema do desenvolvimento da região, surge, na década de 1990, a perspectiva do desenvolvimento local e da "convivência com o semi-árido". Apesar de novo, esse olhar diferenciado sobre as dificuldades sócio-econômicas da região, aqui destacando sua porção semi-árida, trazem também em seu arcabouço um projeto de modernização, na medida em que propõe uma mudança de comportamento que afeta as estruturas sociais e produtivas locais. O Programa de Estudos e Ações para o Semi-Árido (PEASA) surge, em 1994, em meio a esse processo de mudança, propondo uma intervenção que altere o rumo do desenvolvimento de algumas localidades do semi-árido paraibano. Seu modelo de intervenção, atrelado à perspectiva dos Sistemas Produtivos Locais (SPL's), propõe por meio do agribusiness a criação de empreendimentos comunitários em forma de agroindústrias, nas quais os produtos de vocação local receberiam um tratamento logístico dentro de um amplo processo de racionalização da produção. O presente trabalho investigou esse modelo de intervenção, focando na construção de sua metodologia dentro da perspectiva de promoção do desenvolvimento local, buscando perceber também que perspectiva de modernização é construída a partir nas ações desse programa de extensão universitária. Nossa pesquisa utilizou-se de dados colhidos junto ao programa e seus colaboradores técnicos, na investigação documental (relatório de atividades, projetos defomento, artigos técnicos dentre outros); e no acompanhamento de uma de suas experiências de intervenção, o projeto de implantação da Agroindústria de Beneficiamento da Fibra de Sisal para Produção de Artesanato na Comunidade Cuiuiú, Barra de Santa Rosa - PB. O modelo de intervenção identificado como empreendedorismo comunitário mostra-se ineficiente na promoção do desenvolvimento local, chocando-se com o próprio sistema produtivo local de tradição camponesa e de organização familiar. O foco do modelo na racionalização das estruturas produtiva e social acaba por desconsiderar a questão ambiental, limitando o projeto de desenvolvimento às questões de cunho econômico.
Abstract: During the last decades, the rural semi-arid northeast has gone through various forms of tliinking and making its development and, consequently, its modernization. After the wide investment in infra-structure aiming the "combat to the drought", accompanied by the regional industrialization plan, considered the best solution to the development problem in the region, in the 90's the perspective of local development and the living with the semi-arid carne to be. Despite being new, tliis differed look upon the social-economic difficulties of the region, hereby standing out its semi-arid portion, brings in its base a project of modernization, as it proposes a change of behavior which affects the local social and productive structures. The Program of Studies and Actions for the Semi-Arid (PEASA) appears, in 1994, in the middle of tliis changing process, proposing an intervention which alters the path of the development of some localization of the semiarid of Paraíba. Its intervention model, linked to the perspectives of Local Productive Systems (SPS's), proposes as means of agribusiness, the creation of communitarian undertaking in the shape of agro industries, in which the local vocation products would receive logistic treatment within a wide process of rationalization of the production. The present paper investigated this model of intervention, focusing on the construction of its methodology within the perspective of promotion of local development, seeking to realize, also, that the perspective of modernization is built from the actions of this program of university extension. Our research used date collected along with the program and its technical collaborators, in the documental investigation (activity report, foment projects, technical articles among others); and in the accompanying of one of its experiences of intervention, the implantation project of the agro industry of Benefiting of Sisal Fiber for production of handcraft material in the county of Cuiuiú, Barra de Santa Rosa - PB. The intervention model identified as communitarian undertaking lies ineffective in the promotion of local development, shocking against the own local productive system of camping tradition and familiar organization. The focus of the model in the rationalization of productive and social structures ends up not considering the environmental question, limiting the project to development to economic nature questions.
Keywords: Empreendedorismo Comunitário
Desenvolvimento Local
Extensão Universitária
Programa de Estudos e Ações para o Semiárido - PEASA
Combate à Seca
Convivência com o Semiárido
Modernização do Semiárido
Desenvolvimento do Semiárido
Nordeste Rural Semiárido
Sistemas Produtivos Locais - SPL
Planejamento Ambiental
Desenvolvimento Sustentável
Environmental Planning
University Extension
Combating Drought
Living with the Semiarid
???metadata.dc.subject.cnpq???: Ciências Sociais.
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/1774
Appears in Collections:Mestrado em Ciências Sociais.

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ADRIANO DE SOUSA BARROS - DISSERTAÇÃO PPGCS 2006..pdfAdriano de Sousa Barros - Dissertação PPGCS 2006.18.04 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.